Portugal – Edições de Junho

Relação das revistas da Mythos Editora, distribuídas em Portugal, pela LOGISTA PUBLICAÇÕES, para o mês de JUNHO de 2009:

TEX 444
A DAMA DO COLORADO

Texto: Mauro Boselli – Desenhos: Alfonso Font

Tex e seu filho caçam sem tréguas o bando comandado pelo sanguinário Deadman Dick, aliado dos guerreiros utes de Bisonte Negro. Ao mesmo tempo, ambos travam contacto com o drama do reverendo Charles Morrow, que procura a sua irmã desaparecida, conhecida apenas como… Colorado Belle.
2,90€

TEX COLEÇÃO 236
JORNADA TRÁGICA

Texto: Guido Nolitta – Desenhos: Fernando Fusco

O jovem criminoso Andy “Cara de Anjo” Wilson é inocente da acusação de homicídio que pesa sobre a sua cabeça? Tex consegue alcançá-lo e pretende levar Andy até a cidade de Springerville, porém, terá que passar antes pelos navajos rebeldes liderados pelo violento Mingo.
2,90€

TEX ANUAL 9
FORTE  SAARA

Texto: Claudio Nizzi – Desenhos: Roberto Diso

A ponte sobre o Rio del Carmen foi derrubada e o comboio em que viajam Tex, Carson, Tigre e Kit despenha no rio. Os quatro parceiros jogam-se do comboio segundos antes do desastre, mas os outros passageiros morrem no choque. A trágica sabotagem é obra de um grupo de soldados da Legião Estrangeira que permanece no México após a retirada das tropas francesas em seguida à derrota do imperador Maximiliano. Os legionários cometem vários saques e actos de banditismo, guiados pelo ambicioso capitão Duchamp. Aliado ao bandido Chavez, com objectivo de enriquecer e galgar o poder, Duchamp pretende tomar a poltrona do governador de Chihuahua: Montales. Caberá a Águia da Noite e seus parceiros arruinar os planos do comandante do Forte Saara e devolver a paz à região.
8,00€

TEX GIGANTE 19
ARIZONA EM CHAMAS

Texto: Claudio Nizzi – Desenhos: Victor De La Fuente

Os impiedosos Voluntários do Arizona, guiados pelo infame Dan Latimer e apoiados pela casta de poderosos de Tucson, querem a todo custo expulsar os apaches de suas terras, e para isso não hesitam em massacrar os peles vermelhas que encontram. Querendo impedir uma guerra indígena que seria desastrosa para índios e brancos, Tex e Carson intervêm e o único meio de obter sucesso é fazer o chefe apache Delgado se encontrar com uma autoridade de Washington, o honesto John Adams, sensível aos problemas indígenas. Mas Adams é morto por aqueles que desejam ver o Arizona habitado apenas por brancos.
O espanhol De La Fuente, apresenta-nos uma aventura feita de traços finos e seguros, mas também rebuscados, o que é aliás uma das características marcantes do seu estilo pessoal. Uma verdadeira obra de arte da arte sequencial.
8,50€

ZAGOR 93
PRESENÇAS OBSCURAS

Texto: Moreno Burattini – Desenhos: Marco Torricelli

Uma noite dramática cai sobre a vila abandonada no pântano do Delta do Mississipi. Diante dos olhos de Zagor e Chico ocorrem incríveis fenómenos de poltergeist que aterrorizam os colonos vindos da Europa. A morte está de tocaia entre as árvores que circundam o povoado. Enquanto o pavor aperta os corações, somente Zagor ousa enfrentar as presenças misteriosas que, dos escuros recônditos onde jazem os mortos, lançam avisos e sinais. O que se esconde no fundo de um poço que mais parece uma passagem para o terror?
2,90€

ZAGOR EXTRA 57
PRESSÁGIOS SINISTROS

Texto: Marcello Toninelli e Ade Capone – Desenhos: Marco Torricelli e Michele Pepe

Morte e desolação reinam em Darkwood! Mas o malvado Diablar recebe um grande poder de um estranho feiticeiro e consegue evocar criaturas monstruosas e pesadelos vivos. Muitos índios tornam-se seus seguidores: ele é o novo Senhor de Darkwood! Para detê-lo, Zagor, ajudado pelo feiticeiro Montag, deverá até mesmo entrar em contacto com os espíritos de seus amigos mortos!
2,90€

ZAGOR ESPECIAL 17
CORRENDO DA MORTE

Texto: Alfredo Castelli – Desenhos: Franco Donatelli

Nesta segunda e última parte da aventura O GRANDE COMPLÔ, brilhantemente roteirizada por Alfredo Castelli (o criador de Martin Mystère), destaca-se um Zagor vigoroso e astuto, o verdadeiro Senhor de Darkwood que nos acostumamos a acompanhar, mas também se vêem muitos elementos típicos das “aventuras cultas”, no estilo daquelas do Detective do Impossível, a começar por vários recordatórios nos quais o roteirista descreve lugares e ambientações, culminando com o momento em que o Tecedor revela que a inspiração para criar sua organização veio da Seita dos Assassinos que havia sido fundada por volta do ano 1.200 pelo persa Hassan Ibn Sabbah, chamado de O Velho da Montanha. Essa organização existiu de verdade, só que cerca de um século antes, e sobre ela existe um sem-número de lendas.
8,00€

MÁGICO VENTO 79
CINCO BALAS DE OURO

Texto: Gianfranco Manfredi * Desenhos: Ivo Milazzo

Cinco ex-soldados do Norte, cada um morto com uma bala de ouro. Ned, Poe e Henry Task são chamados pelo general Sherman para investigar o caso, cuja motivação pode estar ligada a um massacre cometido dez anos antes, durante a sangrenta Guerra de Secessão entre os Estados da União e a Confederação do Sul. Uma investigação particularmente sofrida para Mágico Vento que, junto a fragmentos de uma verdade trágica, redescobrirá eventos de sua vida que ele ignorava completamente.
2,90€

AS AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA 50
UMA MULHER EM PEDAÇOS

Texto: Giancarlo Berardi e Maurizio Mantero * Desenhos: Thomas Campi

O acaso põe Julia no rasto de Marieva Guerrero, uma imigrante clandestina que cultivou a imperdoável ilusão de buscar seu lugar ao sol no “paraíso” do Primeiro Mundo, onde tudo é “negócio” e vitrines luminosas. Não sabia que, neste mundo, ela seria apenas mais uma mercadoria. Marieva é morta e seus órgãos retirados: coração, pulmões, fígado, olhos… E é jogada fora, como um saco vazio. Somente uma grande organização poderia administrar uma operação assim complexa. Uma clínica eficiente e respeitável, na vanguarda científica, com uma equipa médica de primeira linha. Em suma, uma clínica para ricos… Uma clínica onde pessoas como Marieva podem entrar apenas como peças de reposição!
4,00€

CONAN, O BÁRBARO 67

Sangue de SátiroSegunda Parte: – Metade homens, metade animais, os lendários sátiros espreitam as florestas aquilónias. Porém, será que eles vão ajudar Conan e seu Exército de Libertação, ou destruí-los? Roteiro adaptado por Roy Thomas, arte de John Buscema & Tony DeZuniga.

Conan, o Libertador, Partes 1 e 2: – Enquanto as forças insurgentes enfrentam os defensores aquilónios nas imediações de um povoado fronteiriço, Conan percebe que a capital da nação está desguardada e, acompanhado pelo sacerdote e ex-aprendiz de feiticeiro Dexitheus, parte furtivamente rumo ao palácio imperial. O confronto com o Rei Numedides e o demoníaco mago Thulandra Thuu é iminente!

Começa aqui o capítulo final desta fantástica adaptação do romance de L. Sprague De Camp e Lin Carter! Mais uma sensacional obra em quadrinhos de Thomas, Buscema e Zuniga.
3,50€

11 Comentários

  1. Venho colocar uma questão. Vocês já estão a anunciar as revistas de Junho, mas na verdade as de Maio ainda não foram distribuídas. Isso quer dizer que vão distribuir agora as revistas de Maio e de Junho?

    Um abraço, sempre com admiração

    José Eduardo Monteiro

  2. Prezado pard e Amigo José Eduardo Monteiro, fui informado pela Logista que a distribuição de Maio está atrasada, devido a ter estado parada na alfândega, mas que ainda esta semana (salvo algum impedimento de última hora) será distribuída e que para compensar este atraso, a distribuição de Junho iria ocorrer na 3ª ou 4ª semana deste mês, pelo que resolvemos também disponibilizar a lista de lançamentos de Junho.
    Um abraço,
    José Carlos Francisco

  3. Olá Zé Carlos!
    Finalmente temos o Tex Gigante novamente em Portugal, mas onde está o # 18?
    Irá ser distribuído futuramente ou terei que o adquirir por outros canais?
    Um grande abraço, Tó Coelho.

  4. Olá caríssimo Amigo Tó Coelho,
    É verdade, depois de mais de um ano de ausência, cá voltamos a ter o Tex Gigante em Portugal, mas infelizmente o nº 18 já não virá para o nosso país, por escassez de exemplares, pelo que o melhor é mesmo recorrer a outros canais, ou pedir directamente à Mythos, para quem o quiser adquirir.
    Um abraço,
    José Carlos Francisco

  5. Zeca, achas que o Tex Anual vai estar disponível nas bancas? Porque nunca vi um em Lisboa…
    Um abraço

  6. Aproveitando a oportunidade, gostaria muito de saber por que os lançamentos de Portugal são tão atrasados em relação aos daqui do Brasil. Enquanto lá está saindo o Tex 444, aqui já estamos no nº 475, por exemplo.

    Lucas de Assis

  7. Camilo Prieto, grande pard, o Tex Anual poderá ser encontrado em Lisboa, assim que for distribuído. O facto de nunca teres encontrado o Tex Anual à venda, é porque certamente nunca vieste a Portugal numa altura em que o Tex Anual estivesse á venda, até porque em princípio, só sai uma vez por ano

  8. Lucas de Assis, Tex em Portugal está tão atrasado comparativamente com o Brasil, porque há alguns anos atrás, Tex deixou de ser enviado para Portugal, voltando a vir somente dois anos mais tarde e para não sobrecarregar os leitores portugueses, a distribuidora optou por continuar a distribuir somente um número de Tex por mês e assim a distância continua ser sempre de cerca de 3 anos de atraso, mas o importante é que as revistas continuam vindo, pois recordo bem o desespero quando Tex deixou de vir para Portugal…

  9. Olá.
    Afinal, já estão disponíveis, em Portugal, as edições de Maio?
    Esta semana, ainda nada tinha chegado nada os locais onde habitualmente adquiro as edições do TEX, Mágico Vento e Julia Kendall.

    Grato pela atenção.

    RMarques

  10. Olá prezado pard RMarques,
    Segundo as últimas informações da Logista, a distribuição de Maio seria efectuada na pior das hipóteses nesta semana, mas mesmo sabendo que ainda temos o dia de sexta-feira para a semana terminar e pelo que conheço da distribuidora, o melhor é contar somente com as revistas na próxima semana… mas assim que houver algo de verdadeiramente concreto, eu (ou quem vir primeiro as revistas à venda, o que eu agradeceria) dou mais novidades.

  11. Obrigado.
    Vamos ver se, de facto, se as revistas aparecem. Para quem gosta de BD, viver em Portugal pode ser desgastante. Poucas publicações periódicas, que muitas vezes, chegam com atraso aos pontos de venda (vidé o caso da Mythos) e uma política de completo desincentivo à criação e manutenção de um mercado sustentável, para criadores e editores. Como Espanha começa a ser… Enfim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.