Vídeo: 75 Anos com Tex – Exposição em Trapani

O Palácio Cavarretta em Trapani acolhe até ao dia 26 de Maio, uma mostra dedicada aos 75 anos de Tex. A exposição é realizada com páginas e desenhos originais provenientes de uma colecção privada e pode ser visitada gratuitamente.

Trapani hospeda, uma extraordinária  exposição em homenagem ao lendário Ranger Tex Willer, celebrando os seus 75 anos de épicas aventuras em banda desenhada (e não só). A mostra tem lugar no Palazzo Cavarretta, sede da Câmara Municipal de Trapani, e está aberta ao público, com entrada gratuita, até ao dia 26 de Maio.

A inauguração dos 75 anos com Tex, contou com a presença do curador Matteo Belfiore que disponibilizou o seu acervo particular, ocorreu no sábado, dia 4 deste mês de Maio pelas 18 horas,  oferecendo aos visitantes a oportunidade de mergulhar no universo do Ranger.

A exposição no Palácio Cavarretta apresenta uma selecção de desenhos, ilustrações, capas e páginas originais que narram a evolução de Tex ao longo dos anos. «Desde 1948 Tex é o personagem mais famoso e icónico da cultura popular do nosso país. Não creio que exista uma casa na Itália onde nunca tenha entrado uma revista de Tex ou um único italiano que não saiba de quem estamos falando. Esta exposição não quer apenas mostrar o personagem no sentido estrito que todos conhecem, mas sim  admirar este herói através da Arte que o representa, a Arte com A maiúsculo”, afirma o curador Matteo Belfiore.

.

Os dois esboços iniciais, o lápis, a tinta da china e as cores originais de Maurizio Dotti para Tex Willer #66

Mauro Boselli exibe orgulhosamente a edição nº 66 de Tex Willer

No passado dia 18 de Abril, a Sergio Bonelli Editore publicou a edição número 66 de Tex Willer (a série dedicada ao jovem Tex e que traz as aventuras de Tex quando ele ainda era um fora-da-lei!), intitulada “Ultimo atto” que contém a terceira parte de uma trilogia escrita por Mauro Boselli e desenhada por Marco Ghion, história que tem a (grande) particularidade de fazer a ligação com a primeiríssima edição da actual  colecção principal de Tex, inaugurada em Outubro de 1958.

Topler e Welles recrutaram três outros cúmplices para o bando. Agora, para os homens da revivida Mão Vermelha, Tex é um fantasma! Mas um fantasma que dispara! E que os irá perturbar quando tentarem roubar uma preciosa carga de ouro…

A capa deste sexagésimo sexto número, tal como as sessenta e cinco anteriores e as que se seguirão nesta  colecção, é da autoria do conceituado desenhador Maurizio Dotti, capa essa que divulgamos hoje aqui no blogue do Tex acompanhada dos dois esboços iniciais, assim como da arte a lápis, da arte finalizada a tinta da china e da capa original pintada igualmente por Maurizio Dotti, devido à gentil cortesia do próprio Dotti:

Primeiro esboço para a capa de Tex Willer #66, da autoria de Maurizio Dotti

Segundo esboço para a capa de Tex Willer #66, da autoria de Maurizio Dotti

Arte a lápis para a capa de Tex Willer #66, da autoria de Maurizio Dotti

Arte final a tinta da china da capa de Tex Willer #66, da autoria de Maurizio Dotti

Ilustração para a capa de Tex Willer #66, com as cores originais de Maurizio Dotti

Capa de Tex Willer #66 – “Ultimo atto”

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

Alfonso Font, consagrado desenhador espanhol de Tex, estará presente no Maia BD, de 24 a 26 de Maio

ALFONSO FONT autor espanhol, nascido em Barcelona em 1946 e um dos mais destacados autores de Tex, a série de western italiana que é extraordinariamente popular no nosso país, será a estrela maior que abrilhantará o Maia BD 2024, segunda edição deste evento a realizar no norte de Portugal, nos dias  24 a 26 de Maio.

Nos próximos dias 24, 25 e 26 de Maio, o melhor da banda desenhada vai chegar à Maia. A 2.ª edição do Maia BD, uma iniciativa da Câmara Municipal da Maia com produção da cooperativa editorial A Seita, vai trazer ao Fórum da Maia um conjunto de actividades que irão tornar a banda desenhada o centro das atenções. O evento vai dar palco a alguns dos autores e artistas nacionais e internacionais mais reputados da actualidade, onde não faltarão lançamentos de novidades editoriais, representativos dos mais variados estilos e sensibilidades da BD. Para além de reunir autores, artistas e editores em mesas redondas e sessões de autógrafos, o festival desenvolverá uma programação ligada à BD com exposições, cinema de animação, ilustração, cosplay, workshops e feira do livro. De entrada gratuita e aberto a todos os públicos e idades, junta-te ao Maia BD nesta celebração da banda desenhada.

Alfonso Font vem novamente a Portugal (Font esteve presente no Amadora BD 2019), desta vez a convite da editora Arte de Autor que vai editar, em versão integral, a sua obra Jon Rohner (inicialmente Jann Polynesia), uma história sobre as andanças de um marinheiro aventureiro do final do século XIX, inspiradas em histórias de autores como Jack London e Robert Louis Stevenson, numa mistura de ficção com realidade, em histórias exóticas no Pacifico Sul.

Alfonso Font

Alfonso Font, integrado no Maia BD, será alvo de uma excepcional exposição, que decorrerá de 24 de Maio a 16 de Junho, que mostrará a sua faceta de grande autor da Nona Arte, de Jon Rohner a Tex e que poderá ser desfrutada por todos os visitantes.

Relativamente ao programa oficial, no que a Alfonso Font diz respeito, destacamos:

SÁBADO, 25 MAIO
15h00 – 17h00 | Exterior
Sessão de autógrafos com Alfonso Font

DOMINGO, 26 MAIO
15h00 – 15h30 | Pequeno Auditório
Lançamento do livro Jon Rohner – Edição Integral, (Ed. Arte de Autor) com o autor, Alfonso Font, apresentado por João Miguel Lameiras, e a editora Vanda Rodrigues.
17h00 – 19h00 | Exterior

Sessão de autógrafos com Alfonso Font

Exposição
Fórum da Maia
24 Maio a 16 de Junho
ALFONSO FONT, OS CAMINHOS DA AVENTURA DE JON ROHNER A TEX
Um dos últimos grandes mestres da BD europeia de aventuras em atividade, Alfonso Font tem uma vasta obra, pouco publicada em Portugal. Com destaque natural para a série de culto Jon Rohner, esta exposição cobre a sua carreira de mais de 50 anos, desde Histórias Negras até às aventuras de Tex, o famoso cowboy que Font continua a desenhar para a editora Bonelli.

A prova gráfica, a capa e cinco páginas de Le Grandi Storie Bonelli #12: Tex – La Mano del Morto

Le Grandi Storie Bonelli #12: Tex – La Mano del Morto
Argumento: Mauro Boselli
Roteiro: Mauro Boselli
Desenhos: Alfonso Font
Capa: Claudio Villa
Lançamento: 1 de Junho de 2024

James Butler Hickok, mais conhecido por Wild Bill Hickok foi uma das lendas do velho oeste americano. Lutou no exército da União durante a Guerra Civil e, depois desta, ganhou fama como jogador profissional e fora da lei. Envolveu-se em vários duelos épicos, rapidamente explorados pela imprensa sensacionalista da época, acabando por morrer durante um jogo de póquer num saloon em Deadwood, no Dakota.
Reza a lenda que, não encontrando vago o seu lugar habitual, Hickok acabou por sentar-se de costas para a porta, sendo baleado por Jack McCall. Na altura, dispunha de um par de ases, um par de oitos e uma dama, conjunto de cartas este que ficou para sempre conhecido como a “Mão do Morto”. E é desta forma que Boselli inicia esta aventura, certamente uma das melhores de sempre da série.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)