Homenagem de Sandro Scascitelli a Jean Giraud

Por Afrânio Braga, criador do blogue Blueberry, Uma Lenda do Oeste: https://blueberrybr.blogspot.com

Homenagem de Sandro Scascitelli a Jean Giraud

Sandro Scascitelli

Sandro Scascitelli nasceu em Anagni, a 60 quilómetros de Roma, Itália, em 6 de Agosto de 1947. Depois de haver frequentado o Istituto Statale d’Arte e o Istituto di Stato per la Cinematografia e la Televisione, ele iniciou a operar no campo do desenho animado, colaborando, como animador, em trabalhos televisivos e cinematográficos.

Em 1974, ele inicia a desenhar histórias para o Cartoonstudio de Roma dirigido por Felmang – “Intrepido”, “Albo dell’Intrepido”, “Lanciostory”, “Skorpio”, etc.

De 1976 a 1987, Scascitelli participa, sob a direcção artística de Vittorio Cossio, da realização em história de banda desenhada de “Storia di Roma e delle Antiche Civiltà Mediterranee”.

De 1979 a 1987, ele desenha, para a editora Eura Editoriale, cerca de 50 histórias publicadas nas revistas “Lanciostory” e “Skorpio”.

Auto-retrato de Sandro Scascitelli

Em 1986, Sandro Scascitelli completa, textos e desenhos, o volume, publicado pela editora Edizioni Iter, “Veggio in Alagna” no qual descreve o famoso episódio do ultraje ao papa Bonifácio VIII. De 1988 a 1995, para a editora Comic Art, dirigida por Rinaldo Traini, realiza, textos e desenhos, a série “Briganti”, publicada na prestigiosa revista “L’Eternauta”.

Em 1994, para a editora Mondadori-DeAgostini o mestre italiano desenhou, na série “I Grandi Miti Greci”, idealizada por Luciano De Crescenzo, dois volumes – “Apollo e Dafne” e “Il Cavallo di Troia” – sob a direcção artística de Massimo Rotundo.

Sempre para a editora Edizioni Iter, em 1998, publicou o volume “Briganti, il brigantaggio nel primo ottocento in Ciociaria” – colectânea de alguns episódios da série idealizada para a editora Comic Art.

Desde 2011, ele faz parte do staff dos desenhadores de “Tex” da editora Sergio Bonelli Editore, até hoje realizou cinco histórias das quais quatro já publicadas – “Color Tex” nº 4 “Un covo di belve”, o “Almanacco del West” 2015 “Scure Nera”, “Color Tex” nº 13 “Piombo e Oro” e “Color Tex” nº 17 “Gli amanti del Rio Grande” e uma ainda inédita.

A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud
Blueberry © Jean-Michel Charlier / Jean Giraud – Dargaud Éditeur

Agradecimentos a Sandro Scascitelli pela homenagem para o blogue.
Afrânio Braga

* Artigo publicado no blogue Blueberry em 16 de Agosto de 2020

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.