Billy The Kid & Outras Histórias nº 15

Por José Carlos Francisco

A revista brasileira Bill The Kid & Outras Histórias atingiu recentemente a edição  nº 15, consolidando-se cada vez mais na história da produção brasileira por atingir tantos números, ainda por cima tendo o selo de uma editora alternativa, a Opção 2 do editor Arthur Filho, e por reunir tantos grandes nomes da banda desenhada brasileira, aliás a edição nº15 é um marco histórico, pois nunca uma revista independente de faroeste chegou tão longe no Brasil!

Recorde-se que esta colecção nasceu no ano de 2005, quando movido por uma antiga paixão pelos westerns, e vendo que nas bancas de jornais Tex Willer, o herói da Casa Bonelli, era o único título disponível para atender a uma legião de fãs de bang-bang, Arthur Filho decide publicar a revista Billy The Kid & Outras Histórias.

Com uma magnífica capa da autoria de E. Thomaz, mais conhecido por Elthz, este número traz a aventura “Cidade Tranquila“, da autoria de Arthur Filho e desenhada pelo próprio Elthz, num estilo que lembra bastante o consagrado desenhador italiano Ivo Millazzo. A história mostra a transição do xerifado de uma “pacata” cidade do Velho Oeste. Teremos também uma história onde Arthur filho escreve e desenha, com uma arte que aos poucos vai lembrando o mestre Shimamoto, uma aventura que narra mais uma emboscada sofrida pelo mítico Billy The Kid.

Neste número temos também a participação de Sandro Marcelo dando continuidade à saga dos Irmãos Sanders na história intitulada “Os Pawnees Atacam” onde o agora solitário Jake Sanders após abandonar os seus irmãos em Glenwood resolve ajudar um grupo de trabalhadores de um rancho em construção a enfrentar um grupo de índios enquanto que em Glenwood os seus irmãos resolvem interrogar o pérfido Walt Grimes de uma maneira nada convencional. Teo Pinheiro abrilhanta essa aventura com a sua primorosa arte final!

Lancelott, o autor do catálogo dos Super-Heróis brasileiros brinda-nos por sua vez com uma belíssima arte de Billy The Kid. Arthur Filho apresenta ainda neste número uma nova história narrando o tiroteio entre os irmãos Earp e Clanton em O.K. Curral e o duelo entre Doc Holliday e Johnny Ringo. Temos também a participação de Wilson Renato na escrita e Elthz no desenho numa balada chamada “Ringo“!

Mas Arthur Filho abrilhanta ainda este número 15 de Billy The Kid & Outras Histórias com a história “Honra” onde mais uma vez é o autor único desta aventura onde poderemos ver um comovente drama e uma dura realidade de um Velho Oeste sem heróis. Para finalizar este já histórico número traz três belíssimas ilustrações da autoria de Saidenberg, Adauto Silva e Elthz, valorizando ainda mais esta edição que não pode deixar de ser adquirida por todo e qualquer fã de banda desenhada.

Quem desejar adquirir este número (tem o tamanho 21 x 15 cm, 38 páginas e miolo em papel reciclado) cujo custo é de 7 Reais (moeda brasileira) assim como números anteriores deve fazer os pedidos através do e-mail do próprio editor: arthur.goju@bol.com.br

5 Comentários

  1. Meu amigo, são 60 e tantos anos de história (de Tex) contra 6 ou 7 (de The Billy The Kid e Outras Histórias).
    Mas vamos concordar que o nosso Tex é imbatível, mesmo quando comparado às grandes editoras!
    Abraço!

  2. Concordo com o Luan, além da Casa Bonelli ter os melhores roteiristas e desenhinhas que se pode encontrar.

  3. Acho interessante esse trabalho independente, no entanto não vamos comparar com Tex que é o maior faroeste do mundo. O grande problema de lançar revistas de faroeste novas, é que o colecionador que lê Tex sabe a diferença gritante do trabalho da Bonelli com qualquer personagem do mundo em faroeste, ainda mais nos dias atuais.

  4. Tomara que “The Billy The kid e outras Histórias” cresça e quem sabe um dia os italianos estarão lendo o western brasuca.
    Sinceramente, é isso que falta no Brasil iniciativas concretas de editoras independentes. Numa dessas pode surgir algum fenômeno editorial, ou algo assim. Quem não arrisca com medo do fracasso também não tem chance com o sucesso.

    Abraço a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.