A ÚLTIMA (nº 120) Capa de Tex Ouro

Tex Ouro, a série (mythosiana) de Tex iniciada em 2002 (com a história ‘Cheyenne Club‘) com periodicidade bimestral e que republica histórias completas da fase dourada do Ranger mais famoso do Oeste, com roteiros de G. L. Bonelli, C.Nizzi e Sergio Bonelli e com desenhos de Fusco, Galep, Monti, Ticci, Letteri, Villa e outros, chega ao fim em Novembro de 2022, após 120 números com capa e lombada dourada que deram o tom peculiar nesta série de republicações.

Capa de Tex Ouro nº 120 – ‘Nas Garras do Tigre’ (ilustração de capa da autoria de Claudio Villa)

E uma série de ouro teria de encerrar com uma história de ouro: “Nas Garras do Tigre“, aventura que decorre no ambiente clássico de uma grande cidade como São Francisco, aqui se juntando o ambiente sempre misterioso da sua Chinatown, palcos onde o Tigre Negro consegue mais uma vez estender o seu controlo tentacular. Tex e Carson, após uma massacrante viagem de comboio, mas que não inibiu o velho resmungão de vir sempre a dormir, “mas só com um olho”, vão em ajuda do seu velho amigo Tom Devlin, que não tem tido êxito na sua luta contra uma onda de recentes crimes.

Esboço de Andrea Venturi para a 2ª tira da página 197 da aventura ‘Nas Garras do Tigre’

O Tigre Negro começa a estender o seu poder às casas de jogo, não com o intuito da riqueza, mas com o firme objetivo da vingança contra “os cães brancos que lhe usurparam o poder”. E para isso vai utilizar uma arma mais dissimulada para atingir os seus fins, o ópio. Inundar a cidade e propagar esta droga entre os brancos, debilitando os seus cérebros e com isso a sua vontade própria, conduzindo-os à ruína. É o regresso deste inimigo em toda a sua plenitude, com toda a força, com todo o poder, com toda a sua loucura.

Tex Ouro nº 120 – ‘Nas Garras do Tigre’

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima clique nas mesmas)

2 Comentários

  1. Gosto muito dessa série, infelizmente será cancelada, mas se continuasse com certeza não iria muito além, hoje em dia formatinho, papel jornal a R$ 35,90, o valor está bem salgado.

  2. Essa coleção poderia ter continuidade no formato italiano e papel de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *