Vídeo: Memórias texianas narradas por Claudio Nizzi na primeira pessoa

Por José Carlos Francisco

Na terça-feira, 5 de Março de 2013 pelas 18 horas, em Bergamo, na Livraria IBS situada nos números 78/80 da Rua XX Settembre decorreu a apresentação do livro “Tex secondo Nizzi” (“Tex segundo Nizzi“), um volume onde Claudio Nizzi percorre toda a sua excepcional carreira de argumentista de banda desenhada em geral e de Tex em particular, mas também de Nick Raider e Leo Pulp, personagens as quais Nizzi foi o seu criador.

Claudio Nizzi em Bergamo durante a apresentação do livro dedicado à sua carreira de argumentista de banda desenhada em geral e de Tex em particular

Claudio Nizzi é seguramente um dos mais importantes e prolíficos argumentista de banda desenhada em Itália. Em cinco décadas de actividade foi um dos pilares de revistas como “Il Vittorioso” e “Il Giornalino” e escreveu mais de uma centena de histórias de Tex, tornando-se o indiscutível herdeiro do mítico Gian Luigi Bonelli.

Claudio Nizzi em Bergamo discorrendo sobre Tex Willer

Quando começou a escrever as histórias de Tex, Nizzi, tinha já uma experiência de mais de vinte anos como autor de textos de banda desenhada, mas mesmo assim fez uma operação de releitura completa e sistemática do Tex de G. L. Bonelli, estudando as temáticas e a linguagem, de modo a tentar imitar ao máximo possível o estilo de Gian Luigi Bonelli, conforme se pode ouvir de viva voz nos dois vídeos que se seguem (e que podemos disponibilizar graças à preciosa ajuda de Rodrigo Bratz) e onde Claudio Nizzi também aborda a presença das mulheres na saga do Ranger e onde nos fala do próprio patriarca da banda desenhada italiana para além de também se ficar a conhecer um pouco mais deste livro imprescindível na colecção de todo e qualquer fã de Tex!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.