Texone “Patagonia”: Encontro com os seus autores, em Bergamo

Cartaz do evento “Arcadia oltre le nuvole”

Decorreu no passado sábado, dia 18 de Julho, na cidade de Bergamo (Itália), na Livraria Arcadia, um interessante encontro-convívio com os autores do Decorreu no passado sábado, dia 18 de Julho, na cidade de Bergamo (Itália), na Livraria Arcadia, um interessante encontro-convívio com os autores do recente Tex Gigante “Patagonia” (álbum que vê Tex e Kit Willer na Argentina, para tentarem evitar um extermínio), encontro esse que contou com a presença também do nosso correspondente italiano Omar Bacis, que para além das habituais fotografias, nos brinda com as suas palavras (traduzidas por José Carlos Francisco) relativamente ao evento.

Por Omar Bacis (Texto e fotos)

Mauro Boselli e Pasquale FrisendaNão obstante o encontro com os autores do Texone “Patagonia”, realizado na Livraria Arcadia, em Bergamo, estar programado para as 16 horas, pus-me à estrada (de Brescia) às 14.30 em companhia do meu amigo Fabio, que me acompanhou, mesmo tendo eu lhe explicado que facilmente se deveria aborrecer não sendo ele um apaixonado pela banda desenhada.
Chegados a Bergamo sem dificuldades de maior, fomos estacionar e rumamos de imediato à livraria que estava ainda praticamente vazia quando entramos.

Mauro BoselliLentamente, porém, começaram a chegar amigos dos fóruns em que participo, acompanhados de Pasquale Frisenda. Às 16.10 chega por sua vez  Mauro Boselli que após as saudações da praxe, dá início ao encontro, propriamente dito.
Mauro explicou como nasceu a história roteirizada por si e nascida de uma ideia de Sergio Bonelli, explicou as anedotas, truques e os bastidores, que na minha opinião são pormenores divertidos e interessantes de saber por um leitor que se interesse por estas coisas.

Boselli autografando o Texone PatagoniaO discurso foi se tornando cada vez mais acirrado com o público enchendo Boselli de perguntas,  sobretudo referentes ao universo Texiano em geral, mas também com uma ou outra referente a Zagor. Naturalmente Mauro respondia a todos os nossos quesitos, sempre disponível e afável.
Quando o discurso por sua vez entrava nos detalhes técnicos do desenho, tomava a palavra, Pasquale Frisenda, artista que eu via e ouvia pela primeira vez, explicando como se chegou a esta edição, que considero ser uma pequena obra-prima da banda desenhada: o Tex Gigante intitulado “Patagonia”!

Pasquale Frisenda desenhando Tex WillerPasquale Frisenda desenhando Kit Carson
.

Omar Bacis e o Kit Carson desenhado por FrisendaFalamos também de histórias pensadas, mas jamais produzidas, Tex Gigantes futuros e desenhadores que poderiam desenhar Tex. Em poucas palavras, foi a enésima jornada dedicada a esta grande paixão que temos por comum: TEX e a banda desenhada em geral!

Até à próxima aventura, pards!!!

(Para aproveitar a extensão completa das fotos acima, clique nas mesmas)

2 Comentários

  1. Pasquale Frisenda tem que entrar imediatamente para o time oficial de desenhistas de Tex! É um artista de primeira linha do qual a Sergio Bonelli não pode abrir mão de jeito nenhum. Estou impaciente para poder ler esse Texone e mais ainda para ver Frisenda estreando na série normal, futuramente.

  2. Felipe, Frisenda já é oficialmente desenhador de Tex, inclusive está a desenhar já uma nova história do Ranger, esta para a série regular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.