Tex Willer saúda a cidade de Beja

Por José Carlos Francisco

Fabio CivitelliComemoram-se em 2010 os vinte e cinco anos de carreira de Fabio Civitelli, o consagrado desenhador italiano, natural de Lucignano, na província de Arezzo, Toscana, onde nasceu em 9 de Abril de 1955, a desenhar Tex Willer, a lendária personagem criada em 1948 pela mítica dupla Giovanni Luigi Bonelli (texto) e Aurelio Galleppini (desenho) e que ainda hoje é um ícone de vendas dos fumetti (assim se denomina naquelas paragens a banda desenhada) e a efeméride proporciona o regresso do artista italiano pela terceira vez ao nosso país, para participar desta vez na exposição organizada em sua homenagem pelo VI Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja.

Como forma de agradecimento, Fabio Civitelli desenhou uma vez mais Tex em Portugal, mais precisamente em Beja, depois de já o ter feito em Moura, aquando do Salão MouraBD2007 onde se via o Ranger cavalgando de arma na mão, com a Torre do Relógio no Castelo de Moura ao fundo. Desta vez, Fabio Civitelli elegeu a Torre de Menagem do Castelo de Beja, obra que se deve ao Rei D. Dinis, que a mandou edificar em 1310 e que é considerada como sendo um dos melhores exemplos de arquitectura medieval, tendo aproximadamente, 40 metros de altura e uma escadaria de acesso que possui 198 degraus e que para além de ser considerada a mais alta da Península Ibérica, tem ainda a particularidade de ter sido toda construída em mármore, como pano de fundo para a saudação de Tex à cidade de Beja.

 Desenho este que  o blogue português do Tex divulga para o mundo, mas sobretudo para os apaixonados Texianos portugueses em mais um inédito e exclusivo mundial. Ao lado deste magnífico desenho do autor italiano, mostramos para efeito de eventual comparação, uma fotografia da Torre de Menagem do Castelo de Beja…

Tex em BejaTorre de Menagem do Castelo de Beja

.
(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

9 Comentários

  1. Conheço muito bem a torre! Aliás, já tive o privilégio de a subir há uns anos atrás!

    Vê-se bem ao longe na planície alentejana!

    Quanto ao desenho de Civitelli nem vale a pena comentar! É o meu desenhador favorito! Eu que gosto de desenhos limpos, ricos de detalhes e quase fotográficos!

    Lá nos encontraremos! Espero voltar a subir à torre!

  2. Uma delícia, realmente. Movimento, leveza, detalhes, contrastes… e ainda por cima contextualizado!!! O cavalo é tão majestoso quanto a torre. O mestre é 10!!!!!
    Mais do que justa a homenagem bonelliana às suas “penas de prata” texianas. Os texianos lusófonos também devemos prestigiá-lo nesta efeméride. Vamos lá, amigos!

  3. Estou sem palavras quanto ao desenho fenomenal do MEU/Nosso AMIGO FABIO quanto à genialidade/semelhança que está o desenho.
    Espero poder ir e ver todos a nossa Irmandade de TEX em Beja.
    Ciao per tutti

  4. Que belo desenho. Civitelli é um grande mestre das hqs e sempre nos brinda com belas artes, como essa. Parabéns e obrigado por nos presentearem com essa linda obra.

  5. Realmente um belíssimo desenho, o que não é nenhuma surpresa para nós, Civitelli sem dúvida é um dos melhores desenhistas de TEX.

  6. Fabuloso desenho do grande Mestre Civitelli! Obrigado por ter dedicado mais este desenho a uma cidade portuguesa. Em Maio lá estarei. Um abraço. Orlando Santos Silva

  7. Mas báh, que beleza de desenho tchê!!! Eu sou aprecidor dos desenhos de “Prédios Históricos”. E, este da torre do Castelo de Beja, é de “encher os olhos da bugrada”!! Oi-ga-le-tê, barbaridade seu!!! Hí,hí,hí!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.