Tex Willer por Adauto Silva

Adauto Silva, brasileiro, natural do Rio de Janeiro e nascido em 19 de Dezembro de 1956, mora actualmente  em  Jacarépagua,  num bairro vizinho (tenham inveja) do grande mestre Julio Shimamoto. Já trabalhou na  Rio Gráfica Editora (hoje Editora Globo) desenhando capas e ilustrando algumas histórias de personagens famosas como por exemplo Riquinho, Bolota, Recruta Zero, Sítio do Pica-Pau Amarelo e sobretudo Fantasma.

Actualmente trabalha com publicidade, embora nunca tenha perdido a paixão por Tex e inclusive por desenhá-lo, como nos demonstra (acima) com este fantástico original (onde se nota a sua admiração – e influência – por Giovanni Ticci) com que presenteou José Carlos Francisco.

Para conhecer melhor este Mestre brasileiro da Nona Arte, não deixe de ler a entrevista que Adauto Silva concedeu ao nosso blogue do Tex!

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

5 Comentários

  1. Puxa,amigo. nem sei o que dizer… Muito obrigado mesmo pela homenagem. Um grande abraço.

  2. Tex merece a oportunidade de ter uma de suas histórias desenhadas pelo Adauto Silva. Quem não conhece o desenhista brasileiro, certamente, vai pensar que estou exagerando. No entanto, diante do resultado final, mudariam logo de idéia.

    João Guilherme.

  3. Grande Mestre Adauto, eu é que agradeço pela sua bela homenagem ao me presentear com tão belo original e exclusivo desenho do nosso Ranger, aliás, foram dois fantásticos presentes, pois também recebi o seu original a propósito dos 60 anos de Tex, que tinha desenhado para o nosso blogue.

    Quanto ao comentário do trapper João Guilherme, faço minhas as suas palavras, pois também sou da mesma opinião… Tex merecia ser desenhado por este grande Mestre brasileiro da 9ª Arte… e quem sabe se um dia não veremos um Texone assinado por Adauto Silva?

  4. Macacos me mordam!!! Se eu não pensei que este desenho era de algum desenhista italiano. Adauto, se você desenhar alguma história de Tex eu compro duas dela, uma para guardar na minha coleção, e outra para mostrar aos amigos que temos um brasileiro bom de desenho numa revista mundialmente conhecida.
    Lucílio Valério

  5. Olá ! Uma boa tarde a todos. Gostaria de dividir com vocês colegas admiradores de Tex. Quando eu tinha aproximadamente 8, 9 anos, morava na cidade de Altamira no estado Pará. Papai e mamãe viviam se mudando e assim, meus irmãos e eu não parávamos em escola nenhuma. Eu com essa idade não sabia ler. Um dia, vi meu irmão com um gibi do Tex. Adorei aquelas figuras, fiquei encantada e ao mesmo tempo chateada por não saber o que acontecia nas imagens. Foi aí que decidi que aprenderia a ler mesmo sem ir a escola. Meu pai me mostrou o A,B,C… E falou q B+A era igual a BA. Assim eu peguei os gibis do Tex e comecei juntar as letras e assim aprendi a ler. Sou grata ao Tex e a seus criadores por terem feito parte de algo tão importante na minha vida. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *