Tex contra Mefisto: A saga infinita, numa nova colecção

A partir de 8 de Maio, na Itália, terá início una nova colecção, de cinco volumes mensais, que repropõe integralmente a história dos confrontos entre o Ranger e o seu mais acérrimo inimigo!
.

Se é verdade que a grandeza de um herói se vê pela grandeza do seu pior inimigo, a longa e interminável luta de Tex Willer contra Mefisto assume necessariamente os contornos de uma luta entre titãs. Uma batalha que foi renovada várias vezes, no decurso dos mais de 60 anos de vida editorial do Ranger bonelliano, e que através de uma série de cinco volumes, a Mondadori reproporá integralmente a partir do próximo dia 8 de Maio, numa colecção que estará à venda nos quiosques e nas livrarias italianas. “Tex contra Mefisto“, este o título da iniciativa, vai estrear com um pequeno presente para os leitores: uma bela e apropriada caixa de papelão para armazenar ordenadamente os cinco tomos.

O primeiro destes volumes será “La gola della morte” (cuja capa, da autoria de Claudio Villa, podemos ver acima) e narra as primeiras escaramuças entre os dois eternos inimigos, originalmente ocorridas nos números 3 e 4 da colecção italiana de Tex e nos sucessivos números 39 e 40. Quando o destino os reúne pela primeira vez, Tex é ainda um fora-da-lei, alistado, pelo seu valor, no serviço secreto dos Rangers; “um rapaz inteligente”, forçado a participar contra a sua vontade, na guerra que inflama a fronteira entre o Texas e o México. Uma dupla de espiões, em suma, prontos a matar se necessário fosse para continuar a fazer o seu jogo duplo.

Após este encontro, com Lily, mas sobretudo com Steve Dickart, Tex e os leitores não terão mais notícias. Até que um dia, na página 56 da edição italiana nº 39, Mefisto faz-se novamente de vivo: tornou-se um verdadeiro mágico, e as artes sobrenaturais de que teve conhecimento servirão para vingar-se do Ranger que o tinha derrotado e humilhado alguns anos antes.

Todas estas histórias, numa das mais emocionantes séries de desafios já vividas por uma personagem e o seu principal inimigo em toda a história da banda desenhada mundial, numa verdadeira luta entre o Bem e o Mal, será então revivida no âmbito de cinco volumes propostos mensalmente pela editora Mondadori na série SuperMito (cujas capas, todas da autoria de Claudio Villa, mostramos a ilustrar este texto), volumes esses a preto e branco e que trazem então todas as oito aventuras que viram o célebre Ranger dar luta ao seu acérrimo inimigo e ao igualmente traiçoeiro filho Yama, num ciclo de histórias popularíssimas e estritamente interligadas entre si, publicadas pela primeira vez de forma contínua e em rigorosa ordem cronológica a um preço de 9,90 Euros por volume.


.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

15 Comentários

  1. Excelente notícia Amigo Zeca, as capas são belissimas e tenho certeza que as edições são de uma qualidade impecável e o brinde só vem a engrandecer ainda mais a coleção.
    Espero que a Mythos reprograme seus lançamentos para 2013 e acrescente esta coleção nos lançamentos.

    • Pard Ricardo, como diz o texto (… cinco volumes propostos mensalmente pela editora Mondadori na série SuperMito, volumes esses a preto e branco e que trazem então todas as oito aventuras que viram o célebre Ranger dar luta ao seu acérrimo inimigo e ao igualmente traiçoeiro filho Yama…) será a preto e branco 😉

      E quanto ao regresso de Mefisto e Yama, já tem data marcada como já mostramos aqui no blogue do Tex… será a próxima história que Civitelli desenhará, o que só deve acontecer no próximo ano, após finalizar a actual história a publicar no Color Tex.

  2. A saga de Mefisto e Yama representou mais um diferencial de qualidade nas aventuras do Tex, com aqueles incriveis roteiros do velho Bonelli e recentemente do Nizzi, espero que esses exemplares sejam publicados no Brasil.
    Quanto ao Tex em cores ou preto em branco, acredito que a maioria dos colecionadores optem pelas cores, no entanto, aqueles mais antigos ainda gostariam de Tex em preto e branco.

  3. Quem dera tivessemos essa serie com caixa personalizada e tudo o mais aqui no Brasil… MYTHOS EDITORA abre o olho aí…

  4. Nossa que bacana.
    Tomara que chegue por essas bandas.
    Eu conheço a saga de Mefisto, tenho os quadrinhos, mas não tenho as edições do Yama, mas já li.

  5. Ò meu amigo Zeca, é verdade o que eu li aqui no blog ou entendi errado e tô viajando na maionese, Yama e Mefisto já tem previsão de voltar a atazanar a vida do Tex e seus pards para o ano que vem (2013) e ainda por cima do melhor desenhista do ranger?
    Um abraço.

  6. Ó meu amigo Zeca, você é um cara de sorte mesmo, mas com toda certeza um merecedor de tudo que tem em relação ao nosso Tex, eu tenho orgulho de ser seu amigo se assim você me der a honra da sua amizade é claro e muito obrigado por sempre tirar prontamente as nossas dúvidas.
    Um abraço e fique com DEUS!

  7. É verdade, pard Zenilto, Yama (e provavelmente Mefisto) retornará a atazanar Tex, mas não veremos essa história já em 2013, pois 2013 é quando se prevê que Civitelli conclua a história que está a desenhar para o Color Tex. Somente depois de concluir essa história é que Civitelli começará a desenhar a história com o retorno de Yama e por isso provavelmente só em 2015 (tudo depende do número de páginas da aventura) é poderemos ver a dita história…

    Mas já agora a propósito do post, esta semana recebi o 1º volume desta nova colecção italiana que traz todas as histórias de Tex contra Mefisto. Ei-lo:

    José Carlos Francisco e Mefisto

  8. Uma belíssima ideia reeditar, mum ciclo integral, os fantásticos duelos de Tex contra Mefisto! E as capas de Claudio Villa dão um valor acrescentado à colecção. Pena que não seja a cores…

  9. Estou esperando um novo reencontro entre Tex Willer e seu maior inimigo, o velho Mefisto e seu filhote Yama. Vai ser sensacional. Histórias de Tex em que envolve o sobrenatural, principalmente contra Mefisto, é simplesmente fantástico. Gosto desde criança.
    (Eliseu. V. Pena) Esperantinópolis.

  10. Ainda hoje nunca consegui entender por que Tex sempre conseguiu derrotar Mefisto. Mefisto sempre teve poderes ultra-humanos, e ainda não me convenci até hoje de que Mefisto não pode matar à distância.
    De qualquer forma, a força mental é a maior força que o ser humano possui. E Tex tem força mental de sobra, além de muita inteligência e coragem. E Mefisto não contava com essa força mental sobre-humana de Tex. Mas mesmo assim ainda acho estranho Tex vencer Mefisto apenas com as forças materiais de que dispõe e sua coragem e astúcia.
    Mas todas as aventuras com Mefisto são excelentes. Tex e seus pards sempre têm que dar o melhor de si pra não caírem nas garras do velho bruxo maligno.
    Também gosto muito das aventuras com Yama, mas Yama não é nem 10 por cento do que é o seu pai, Mefisto.
    Alguns leitores não suportam essas aventuras com Mefisto, porque elas saem totalmente do faroeste clássico. No entanto, a maior parte dos fãs de Tex, eu inclusive, sempre gostamos do velho feiticeiro. Além de as aventuras terem muito mais ação, elas encerram um apanhado muito rico de informações sobre a cultura de diversos povos.
    Mesmo achando um tanto sem nexo Tex poder derrotar Mefisto, eu admiro mais ainda a bravura do ranger e seus pards quando eles o derrotam.
    Mefisto é o inimigo nº 1 indiscutível de Tex! Além de ser o mais perigoso, é o que mais caiu no gosto de todos os fãs do maior justiceiro do oeste de todos os tempos, apesar de Mefisto ter muito pouco a ver com o Velho Oeste!
    Acho difícil que Mefisto venha novamente a aparecer. Pra mim, a bola da vez agora está com Yama! Yama não é tão poderoso como o pai, mas pode ser ajudado por ele, o que dá no mesmo! Acho que Yama ainda é uma grande ameaça para Tex e seus parceiros! O tempo dirá!

  11. Estamos em 2015 e continuo esperando que a Mythos, lance mais uma nova história entre o nosso Ranger, contra o diabólico Mefisto. Tomara que seja ainda nesse primeiro semestre/2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *