Pranchas originais de Tex, da autoria de Fabio CIVITELLI, expostas no Festival Internacional de BD de Beja

Por José Carlos Francisco (texto e fotos)

Exposição Fabio CivitelliEstá patente em Beja, integrada na VI Edição do Festival Internacional de Banda Desenhada dessa cidade alentejana, até ao dia 13 de Junho uma exposição com originais de Tex Willer da autoria de Fabio Civitelli, que assinala um quarto de século deste artista italiano de 55 anos, a desenhar aventuras de Tex.

Ler uma história de Tex, é uma aventura maravilhosa,  mas poder apreciar os originais, é uma aventura muito maior. É uma daquelas coisas que nos ficará na memória para toda a vida. Quem ainda vier a Beja para ver as pranchas originais expostas no Festival, inclusive a famosa primeira página realizada pelo desenhador aretino  poderá constatar isso mesmo. Até porque hoje a BD tem o estatuto de Arte – a 9ª – e os seus originais podem valer milhares de euros. Além disso, através da visão e apreciação ao pormenor dos originais, apercebe-se que entre a prancha desenhada pelo autor e a página que será impressa, por vezes há algumas mudanças, umas mais subtis, outras menos.

A primeira página de Civitelli, desenhada há 25 anos atrásPara aguçar ainda mais a curiosidade e o desejo de se deslocarem a Beja, deixamo-vos com algumas fotografias da exposição dedicada a Fabio Civitelli e ao Ranger, até porque todos aqueles que visitaram este festival no fim de semana inaugural não lhe ficaram indiferente, pois para além dos originais expostos, a exposição também conta com a inclusão de diversos livros e revistas relacionados a Tex e alguns dos bonecos que representam as personagens mais significativas do mundo de Tex.

Fabio Civitelli ao lado da sua primeira página original de TexPor isso a todos os amantes da 9ª arte em geral e do Tex em particular e àqueles que têm curiosidade em conhecer um pouco mais do mundo de Tex Willer, o blogue do Tex convida-os a irem passear até Beja,  nos  próximos tempos, aproveitando inclusive os dois feriados, duvidando que se venham a arrepender.

(Para aproveitar a extensão completa das fotos, clique nas mesmas)

Originais de Fabio Civitelli - Foto 1Originais de Fabio Civitelli - Foto 2
.

Originais de Fabio Civitelli - Foto 3Originais de Fabio Civitelli - Foto 4
.

Originais de Fabio Civitelli - Foto 5Bonecos do Mundo do Tex
.

Originais de Fabio Civitelli - Foto 6Bibliografia Texiana
.

Originais de Fabio Civitelli - Foto 7Originais de Fabio Civitelli - Foto 8
.

Fabio Civitelli e a sua exposiçãoJorge Monteiro, José Carlos, Carlos Moreira e Mário João Marques, na exposição
.

Tex e Dinamite

Um comentário

  1. Realmente uma exposição muito bem conseguida. Pranchas fenomenais. Só para ver aquela em que os quatro pards caminham na rua, com o sol por trás, projectando uma sombra alongada, já vale a pena a deslocação a Beja 🙂
    E o resto do material só vem abrilhantar ainda mais, uma pequena mostra da bibliografia de Tex super interessante e as pequenas estátuas que ao vivo ainda são ainda mais bonitas e perfeitas do que aparentam nas fotografias.
    No seguimento da opinião expressa pelo José Carlos, realmente um trunfo do festival e um (entre tantos) dos motivos forte para uma visita a Beja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.