Póster Tex Nuova Ristampa 108

Póster Tex Nuova Ristampa 108

Em mais uma ilustração de Claudio Villa, vemos numa saleta de um saloon de Água Fria, um Tex Willer determinado a prender e entregar à justiça o juiz Hangman Maddox, também conhecido como juiz enforcador, mas este numa última tentativa para se salvar, dispara traiçoeiramente contra o Ranger, obrigando Tex a abatê-lo…

Desenho INÉDITO no Brasil e inspirado na história “Caccia all’uomo” de Guido Nolitta e Fernando Fusco (Tex italiano #183 a #185).
(Para aproveitar a extensão completa do póster, clique no mesmo)

Texto de José Carlos Francisco

5 Comentários

  1. Trata-se de uma desenho realmente muito belo. Tão belo quanto a história para que foi desenhado. Será que esse póster vai ser a capa da Edição Histórica que vai republicar a aventura “Caçada humana”?

  2. Sem dúvida, que é mais um belo desenho de Claudio Villa caro pard Felipe Souza. Quanto a poder ser a capa do Tex Edição Histórica que trará a história “Caçada Humana”, é uma hipótese a considerar, aliás, a capa sairá de um dos últimos 4 pósteres que publicamos aqui no blogue, os das edições 105, 106, 107 e 108 que podem ser vistos acessando http://texwillerblog.com/wordpress/?cat=17 😉

  3. Às vezes, eu fico a pensar: Só para a história Caçada Humana foram feitos 4 belos desenhos e só um vai poder ser uma capa. Quantos belos desenhos de Villa não acabam sendo desperdiçados? Por isso, acho que a Mythos devia usar alguns desses pósteres de Villa em Tex Coleção, com suas histórias correspondentes.

  4. Realmente muitos destes desenhos do Claudio Villa acabam sendo desperdiçados, mas a Mythos está a usar a estratégia de usá-los também em Grandes Clássicos de Tex, o que na minha opinião dá um novo brilho a essa colecção e por vezes também os usa em Tex Ouro, Tex Férias, Almanaque Tex e até nas Mini-Séries de modo a que nós pards brasileiros e portugueses póssamos ter acesso a um maior número destas “capas”. Já em Tex Coleção, acredito que a Mythos não usará estas capas do Villa, seguindo antes a originalidade italiana…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *