Nova Colecção Bonelli prepara o encontro de Zagor com Tex

A partir do dia 29 de Setembro a Sergio Bonelli Editore publicará uma nova colecção bimestral intitulada Le grandi storie Bonelli (As grandes histórias Bonelli), que republicará alguns clássicos contemporâneos da editora em volumes integrais.

Le grandi storie Bonelli #1

O primeiro número de Le grandi storie Bonelli – 290 páginas a preto e branco, no clássico formato bonelliano – apresenterá Comancheros, história de Zagor publicada nos anos Noventa do século passado, escrita por Mauro Boselli e desenhada por Stefano Andreucci.

Publicada originariamente nos números 362 a 364 de Zagor, Comancheros vê o Espírito da Machadinha em acção numa mina perdida, na companhia de Chico e de Diggin Bill, contra o cruel filósofo comanchero El Diablo. A capa do novo volume é inédita e foi realizada por Alessandro Piccinelli, actual capista da série mensal de Zagor.

Alessandro Piccinelli exibe a arte original, ainda a lápis da capa de Le grandi storie Bonelli #1

Le grandi storie Bonelli #2

A história faz parte de uma saga ambientada no Texas, cuja continuação – intitulada Fratelli di sangue e desenhada por Carlo Raffaele Marcello – será reapresentada no segundo número de Le grandi storie Bonelli, à venda em finais de Novembro e cuja capa, também da autoria de Alessandro Piccinelli, podemos ver, embora ainda em formato reduzido, aqui ao lado.

Mas para além disso, as duas histórias de estreia desta nova colecção italiana, terão uma sequência inédita em Dezembro num volume especial (Speciale Tex Willer #3), que verá o encontro de Zagor com o jovem Tex proveniente da série Tex Willer, história essa que está já a gerar enorme expectativa nos fãs de Tex e de Zagor e que está a ser desenhada precisamente por Alessandro Piccinelli, conforme podemos constatar nas duas páginas da história desse mítico encontro e que mostramos a finalizar este texto:

Participação especial de Zagor no Especial Tex Willer na arte de Alessandro Piccinelli

O jovem Tex Willer na arte de Alessandro Piccinelli

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

3 Comentários

  1. Encontro de Tex e Zagor?
    Um grande equívoco editorial.
    Será falta de inspiração dos roteiristas ou excesso de modernidade.
    Discordo, mas, vou comprar, não ler e guardar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.