Mauro Boselli SUPERA Gianluigi Bonelli

Por Saverio Ceri

* MAURO BOSELLI SUPERA GIANLUIGI BONELLI: Com o Maxi Tex que acaba de chegar aos quiosques italianos (#27, “I tre Bill“), Mauro Boselli pode, com o máximo de probabilidade, ser considerado o escritor mais produtivo de todos os tempos na editora Bonelli.
* Com as páginas contidas no mais recente Maxi, de facto, Boselli ultrapassa as 45.000 páginas publicadas, elevando o seu score pessoal para precisas 45.105 páginas!

Ilustração para a capa de Maxi Tex #27, com as cores originais de Claudio Villa

Usamos o termo “probabilidade”, porque de toda a história da editora contabilizamos, com total certeza, até à data de hoje, cerca de 740.000 páginas, podendo faltar à contabilidade, segundo uma estimativa bastante precisa, apenas cerca de 6.000 (ou seja menos de 1%); destas, na melhor das hipóteses, cerca de 3.000 poderiam vir a ser atribuídas ao Bonelli pai. Se somássemos estas três mil páginas, ainda “virtuais” às 41.098, já atribuídas sem sombra de dúvidas a Gianluigi Bonelli, chegaríamos a pouco mais de 44.000 páginas publicadas pelo mítico G.L. para a editora da família, mas nunca a 45.000. Por isso podemos estar seguros a 100% que Mauro Boselli é o argumentista mais publicado nos oitenta anos de história da Sergio Bonelli Editore.

G.L. Bonelli (à esquerda) e Mauro Boselli (à direita) no selvagem Oeste

Entre outras coisas, esta histórica ultrapassagem dá-se com um registo simbólico que une Bonelli a Boselli; que une os anos Cinquenta do século passado aos nossos dias; com um incrível cross-over entre personagens criados pelo próprio Bonelli pai naquela época pioneira (Os três Bill), e o seu personagem de maior sucesso (Tex). Uma zelosa homenagem da parte de Boselli ao criador de dezenas de personagens que contribuíram para a fortuna da editora Bonelli.

O primeiro álbum de Os Três Bill de G.L. Bonelli é datado de 1952 – Capa de Benvenuti

Parabéns a Mauro Boselli por esta incrível façanha, fruto de mais de trinta anos de carreira.

Saverio Ceri

Material apresentado no blogue Dime Web em 12/10/2020; Tradução e adaptação (com a devida autorização): José Carlos Francisco.
Copyright: © 2020, Saverio Ceri

2 Comentários

    • Por vezes um título especulativo é bom para gerar audiências, pard Antônio Marcos Matias. Os leitores ficam mais interessados em ler todo o artigo. 😉
      Mas concordo consigo, G. L. Bonelli é insuperável, embora de facto ele tenha sido ultrapassado por Mauro Boselli no quesito de páginas escritas, “apenas” nesse onde a matemática não engana 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.