Júlio Schneider, Tizziana Giorgini (míticos tradutores de Tex) e demais sócios com a revista nº 3 do Clube Tex Portugal

Por José Carlos Francisco

A Revista do Clube Tex Portugal #3 continua a sua epopeia junto dos Sócios do Clube e desta vez os ecos chegam dos dois lados do Atlântico, nomeadamente por causa dos míticos tradutores brasileiros de Tex, país onde o Ranger é editado na língua portuguesa através da Mythos Editora, no presente.

Júlio Schneider e a revista nº 3 do Clube Tex Portugal

E também do Brasil os elogios à Revista são imensos, elogios esses vindos do próprio staff de tradutores do Ranger, o carismático Júlio Schneider do staff actual (a par de Paulo Guanaes), mas também do passado, como é o caso da mítica tradutora Tizziana Giorgini Crudeli. Tradutora oficial, por um período de cerca de 10 anos, de Tex (e Zagor) na década de 8o do século passado, nos velhos tempos das Editoras Vecchi e Globo, faz parte da história viva do Ranger no Brasil, tendo inclusive traduzido algumas das mais épicas histórias de Tex, como se pode constatar nas fichas técnicas das edições nº 111 e 112 de Tex, mais precisamente “Ao Sul de Nogales” e “El Muerto“, duas das mais memoráveis e apreciadas aventuras do Ranger.

Tizziana Giorgini e a leitura da revista nº 3 do Clube Tex Portugal

Mas de Espanha e ainda relacionado ao tema “tradutores de Tex“, recebemos também uma bela fotografia do nosso prezado consócio Sebastián Pérez Retorta, marido da tradutora Tizziana Giorgini Crudeli que não quis também deixar de nos enviar também uma prova para a posteridade da prazerosa leitura que este terceiro número da revista portuguesa lhe proporcionou.

Sebastián Pérez Retorta e a prazerosa leitura da revista nº 3 do Clube Tex Portugal

Mas a revista nº 3 do Clube Tex Portugal passados dois meses após o seu lançamento continua a ser recebida pelos sócios do clube que para além de importantes comentários relativamente a esta terceira edição com o selo do Clube Tex Portugal também enviam orgulhosamente belas fotografias com a revista nas suas mãos, como são os casos dos associados Rogério Oliveira, Adriano Rodrigues Rainho (que exibe igualmente as revistas nº 1 e 2) e Renato Alves da Silva como se comprova pelas imagens que ilustram este texto.

Rogério Oliveira exibe orgulhosamente as três primeiras revistas do Clube Tex Portugal

Adriano Rodrigues Rainho exibindo as duas versões da revista nº 3 do Clube Tex Portugal

Adriano Rodrigues Rainho com as revistas do Clube Português

E a  propósito da Revista  do Clube Tex Portugal #3, Renato Alves da Silva afirma: “Recebi o terceiro número da Revista Clube Tex Portugal, uma edição capaz de nos deixar sem palavras em relação à qualidade da mesma, a começar pela capa do artista Luca Vannini que pode ser descrita em uma única palavra “S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L”, uma verdadeira obra-prima digna de moldura e os editores acertaram em cheio em não “poluir” com textos desnecessários, optando por diminuir o logo da revista a fim de que a arte fosse apreciada em toda a sua plenitude. Novamente o conteúdo está irretocável, fazendo com que quase não se notasse a diminuição do número de páginas, que espero retorne ao mesmo patamar do número anterior, com destaques especiais para as homenagens aos desenhadores Fernando Fusco e José Ortiz, que nos deixaram recentemente e as estreias do João Miguel Lameiras, do editor de Tex no Brasil Dorival Vitor Lopes e do Jesus Nabor Ferreira do blogue Zona Franca Comics, mas tudo isso é fruto do esforço e dedicação de todos que produzem a revista Clube Tex Portugal. Parabéns a todos!!!!!“.

Renato Alves da Silva e a alegria de possuir a revista nº 3 do Clube Tex Portugal

Para fazer parte do Clube Tex Portugal – cujos estatutos podem ser consultados em http://texwillerblog.com/?page_id=47999e usufruir de todos os brindes e regalias, entre os quais se inclui a revista do Clube, é necessário pagar uma jóia de inscrição de € 5,00 e uma quota mensal de € 2,00 (€ 2,50 para sócios não residentes em Portugal).

(Para aproveitar a extensão completa das fotografias acima, clique nas mesmas)

Um comentário

  1. Realmente fiquei encantado pela qualidade das revistas do Clube Tex Portugal, com uma excelente qualidade gráfica, ótimas entrevistas e assuntos interessantes para nós que adoramos Tex Willer e seus Pards. Parabéns!! Eu fiquei bem bonito na foto, rsss!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *