Giovanni TRAPATTONI, treinador campeão pelo Benfica é fã de Tex Willer

Por José Carlos Francisco

O consagrado treinador italiano Giovanni Trapattoni, que orientou a selecção de futebol de Itália no Euro 2004 e foi campeão nacional pelo Sport Lisboa e Benfica, em 2005, é um “velho” leitor e fã de Tex Willer.
.

Giovanni Trapattoni, técnico campeão pelo Benfica, em 2005 é fã de Tex Willer

Giovanni Luciano Giuseppe Trapattoni, nasceu em Cusano Milanino, Itália, a 17 de Março de 1939, tendo sido um popular jogador de futebol e actualmente, apesar dos seus mais de 70 anos, é  um prestigiado treinador, sendo no presente o seleccionador da República da Irlanda (inserida num grupo liderado pela poderosa Alemanha, a República da Irlanda promete lutar com a Suécia e a Áustria por um lugar no play-off de apuramento para o Mundial-2014 a realizar no Brasil).

Trapattoni foi um jogador italiano internacional que jogava à esquerda, normalmente à frente da defesa. Depois de terminar a sua actividade como jogador de futebol, continuou como treinador, e faz parte dos desportistas futebolísticos com mais troféus conquistados como jogador e treinador de futebol.

Giovanni Trapattoni já passou pelos três principais clubes italianos (como jogador ou treinador) – AC Milan, Juventus, Inter Milão – na Itália já treinou também o Cagliari e a Fiorentina tal como a própria selecção italiana durante o Mundial de 2002 e o Campeonato da Europa em 2004.

Livro dedicado a Tex que dá a conhecer Giovanni Trapattoni como conhecedor de Tex Willer

Depois de Marcello Lippi ter sido contratado para o seu lugar de seleccionador nacional da selecção italiana, foi contratado a 5 de Julho de 2004 para treinador do Sport Lisboa e Benfica, clube onde esteve uma época (2004/05), suficiente para ganhar 1 campeonato de Portugal e ser finalista na taça de Portugal. Trapattoni, além de conseguir nessa época algo que o Benfica não conseguia havia mais de uma década (ser campeão), tornou-se também dos únicos três  treinadores (os outros dois são o português José Mourinho e o austríaco Ernst Happel) que já conquistaram campeonatos em 4 países diferentes (Itália, Alemanha, Portugal e Áustria).

Para além de ser actualmente o quarto  treinador no mundo, segundo na Europa, com maior número de troféus internacionais ganhos a nível de clubes (7 troféus em 8 finais) e o único técnico a ter vencido, sempre com a Juventus, todas as competições clubísticas da UEFA (tendo ainda o record de ter ganho três Taças UEFA e 7 scudetti), Giovanni Trapattoni tem uma faceta que surpreenderá certamente muitos apreciadores da banda desenhada em geral e da personagem Tex Willer, isto porque “a velha raposa” do futebol mundial é desde há muito um fervoroso fã e conhecedor de Tex Willer e do seu mundo, como bem atesta a imagem que mostramos de seguida e que foi extraída do livro dedicado a Tex, em 1999, pela série “I classici del fumetto” e que foi publicado pela Biblioteca Universale Rizzoli:

Tex é uma daquelas personagens sadias que estimulam a fantasia do leitor. Não tem a violência gratuita da televisão e de certas BDs. – Giovanni Trapattoni, treinador de futebol

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

2 Comentários

  1. Ha ha ha !!! De Trapattoni é famosa uma sua resposta a um jornalista: “non dire gatto se non l’hai nel sacco” para dizer que um golo não é golo se a bola não entrou na baliza, mas falou “gatto” em lugar de “quattro” como diz a dica original…
    O Trap (na Itàlia chamamo-lo assim) é ótima pessoa, e jogou no meu time, o A.C. Milan.
    Tem outras pessoas famosas na Itália, colecionadores de Tex: uma delas é Sergio Cofferati, que foi presidente de um sindicato italiano e depois sindaco (prefeito) em Bologna, mas tem mais pessoas famosas, fãs do Ranger…

  2. As coisas que o amigo José Carlos vai descobrir! E isto depois do blogue do Tex ter oficialmente encerrado no dia 1 de Abril! Ah Ah Ah.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *