Fim de semana TEXiano

Por José Carlos Francisco

Carlos Moreira e José Carlos FranciscoNeste fim de semana de 13 e 14 de Setembro de 2008, na localidade portuguesa chamada MALAPOSTA, cujo nome provém de “Antiga diligência do correio; Carruagem para transporte de pessoas e correio”,  um  meio  de transporte que Tex e seus  pards usaram  e continuam usando em algumas aventuras, realizou-se mais um encontro Texiano entre dois fervorosos fãs do nosso herói com a participação das respectivas famílias.

Teresa e Carlos na MalapostaMas voltando à localidade onde resido, ela era a principal estação ou muda de cavalos na ligação da cidade de Lisboa para a cidade do Porto e vice versa. Temos aqui um dos restaurantes mais famosos de Portugal que tem nas suas salas confortáveis, paredes repletas de azulejos, onde se conta a história das viagens em carruagens puxadas por cavalos. Há ainda um carro da malaposta e outros que remontam a meados do século XX, bem como arreios, selas e objectos afins. A origem da Malaposta encontra-se aí. Era terra de paragem obrigatória nas ligações entre o Norte e o Sul para os viajantes restaurarem as forças e as bestas (com vossa licença) serem rendidas.

Teresa, José Carlos e Carlos Moreira na MalapostaFalando agora do encontro texiano, mais propriamente dito, Carlos Moreira, um Texiano  do  Cacém  que profissionalmente trabalha em artes gráficas onde é responsável pelos armazéns de matéria-prima e que prevê um futuro  risonho  para  o Ranger, porque com o staff que trabalha actualmente, assim como com os novos desenhadores que se vão integrando e demonstrando o seu valor, TEX continuará vivo por muitos e longos anos, veio acompanhado de sua esposa, a simpática Teresa.

Durante a estadia do clã Moreira na Malaposta, falamos do nosso Águia da Noite, assim como de muitas novidades sobre Tex, sobretudo da edição especial dos 60 anos de Tex, acabada  de ser publicada na Itália e que o Carlos Moreira devido à sua recente visita à Sergio Bonelli Editore, já é um dos privilegiados a ter essa edição, e que foi o portador também de uma edição oferecida por Davide Bonelli a este pard português que escreve este texto, edição que irá deliciar a quase totalidade dos leitores de Tex que tiverem a felicidade de a ler, inclusive na versão brasileira, que será publicada pela Mythos Editora, ainda este mês.

Carlos Moreira na BiblioTEX de José Carlos FranciscoTex sempre presente

Puzzle Tex 60 anos

Também recebi de presente do pard Carlos Moreira, um puzzle baseado na capa da edição comemorativa dos  60  anos  de Tex e ainda alguns marcadores de páginas, plastificados e com  o Ranger a cavalgar, onde se pode ver de um lado a assinalação dos 60 anos em português  e  na  outra face,  a  mesma efeméride,  mas no idioma italiano. Publicamente, agradeço ao Carlos, por estes maravilhosos presentes que embelezam e engrandecem ainda mais a minha BiblioTEX!

Carlos Moreira, Camilo Prieto e José Carlos FranciscoMas este fim de semana trouxe mais um momento especial, já que aproveitando o facto de estar de passagem por Portugal, o jovem Texiano francês (filho de pais espanhóis) Camilo Prieto, veio visitar a bela e histórica cidade de Coimbra, também chamada de “Cidade dos estudantes” ou “Lusa-Atenas”, principalmente por ter uma das mais antigas e prestigiadas universidades da Europa e fez questão de me conhecer pessoalmente, pelo que na companhia do Carlos Moreira e nossas esposas, lá fomos até Coimbra conhecer este jovem leitor do Ranger, que se encantou com o personagem, devido à paixão do pai, já que este também era um leitor e fã de Águia da Noite, paixão que hoje em dia passou de pai para filho apesar do cancelamento das aventuras de Tex em França, pelo que Camilo Prieto, que ambiciona ter todas as histórias de Tex, independentemente da colecção e da língua (obviamente só edições de Espanha, França, Itália ou Brasil, idiomas que domina) continua a comprar edições de Tex, mas publicadas na Itália ou no Brasil.

Os 3 pardsCarlos Moreira e Camilo Prieto

Camilo Prieto e José Carlos FranciscoO encontro ocorreu na Estação Ferroviária de Coimbra e durou cerca de uma hora que passou num ápice, mas deu para falarmos  do  nosso Tex,  de trocarmos alguns presentes (eu recebi de presente, a única edição francesa de Tex que foi publicada a cores em França, se exceptuarmos os 4 álbuns coloridos por Joe Kubert, edição raríssima e que agradeço ao pard Camilo) e de vários projectos deste pard como  por  exemplo  o nascimento para breve do blogue francês de Tex!

Foi um fim de semana fantástico onde a amizade predominou e que só foi possível devido ao nosso herói de papel e que provou uma vez mais que o lado humano é a melhor parte nesta “aventura texiana” na nossa óptica, pois conhecemos pessoalmente fãs de Tex de vários países, como sejam brasileiros, portugueses, espanhóis, italianos e agora este pard francês, pessoas maravilhosas do universo Texiano como nós, que se tornaram grandes Amigos.

Camilo PrietoEdições especiais de Tex - francesa e italiana

Edição francesa coloridaEdição francesa

E se não fosse Tex, e os seus criadores G. L. Bonelli e A. Galleppini nunca conheceríamos estas pessoas encantadoras… São factos fabulosos, e que devem ser lembrados e falados com muito carinho,  principalmente  quando nos encontramos face a face com estes Amigos.

(Para aproveitar a extensão completa  das  imagens,  clique nas mesmas)

4 Comentários

  1. Foi um grande encontro ! Obrigado para vocês por me fazer o favor de acolher-me em Coimbra.
    Agora estou a trabalhar com a versão francesa do blog de Tex. Muito trabalho ! 😉
    Espero que voltemos a ver-nos caros amigos !

  2. Olá caro pard e Amigo Camilo,
    Realmente foi um encontro maravilhoso e eu é que agradeço o facto de teres vindo a Coimbra para nos conhecermos pessoalmente, assim como agradeço o belo e raro presenTEX que me ofereceste e que enriquece ainda mais a minha BiblioTEX!
    Quanto ao blogue francês do Tex, desejo-te muita sorte e sucesso e parabéns pela iniciativa. Pela nossa parte já o estamos a divulgar…
    Um grande abraço e “hasta la vista”!

  3. Olá amigo Camilo,
    Como o José Carlos disse foi um prazer ter estado em Coimbra contigo e assim conhecer mais um grande Texiano,
    Desejo-te muitas felicidades parao blog Francês do Tex.
    Um grande abraço e au revoir mon ami.
    Carlos Moreira

  4. Isto é bem giro, não estive lá mas, ao ler este artigo, é como se estivesse estado convosco, tal a fraternidade. Um abraço. Orlando Santos Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.