Fanzine “A Conquista do Oeste” – Maio/Novembro 2001 – Página 16 – As Outras Editoras de “Comic-books” de “Western”

As outras editoras de “Comic-Books” de “Western

Fanzine “A Conquista do Oeste” - Página 16Evidentemente que não seriam só a Fawcett e a Dell/Gold Key a publicar “comic-books” dedicados ao tema que versa este Fanzine. Houve outras e disso falaremos a seguir, mais uma vez sucintamente. Os “cow-boys” norte-americanos começaram a ser conhecidos desde finais do Século XIX, quando os “Pulp Magazines” passaram a incluir nas suas páginas esse tema, dramatizando-o.

O primeiro filme popular de “cow-boys” seria “The Great Train Robbery“. Também os primeiros “comic-books” inteiramente dedicados ao “western“, seriam “Western Picture Stories” (Fev. 37) e “Star Ranger” (Fev. 37). Depois seguir-se-ão os “Western Action Thriller” (Abr. 37) e “Cowboy Comics” (Jul. 38), mas todos eles teriam uma vida curta, já que acabariam antes do final da década. O primeiro “comic-book” de sucesso seria “Red Ryder Comics” (Set. 40), que apareceria com episódios desta personagem de Fred Harman, já publicados nos jornais.

Comic-BooksDepois aparecerão os já indicados em artigo anterior, da Fawcett e da Dell.

Embora de uma forma muito moderada, a Marvel viria igualmente a publicar alguns, muito poucos “comic-books” sobre o “western“, isto considerando o número elevado de revistas que esta editora sempre lançou mensalmente. Assim, em Março de 1948 temos a personagem “Two-Gun Kid“, “Kid Colt Outlaw” iniciado em Agosto de 1948 e só terminando em Abril de 1979. Outras edições seriam “Annie Oakley“, “Blaze Carson“, “Tex Morgan“, “Tex Taylor“, “Ringo Kid“, “Rawhide Kid” (Março de 1955 a Maio de 1979) – algumas das capas desta duas última séries eram da autoria de Joe Maneely, um jovem artista promissor, que morreria prematuramente aos 32 anos, numa queda do comboio — “Blake Rider“, “Arizona Kid” (Março de 1951), “Western Outlaw” (Fevereiro de 1954), “Wyatt Earp” (Novembro de 1955) e “Western Gunfighters” (Junho de 1956), etc..

Silver Kid WesternMas outras editoras resolveram ocupar-se do tema também, para as suas edições: “The Texas” (1948) da St. John Publishing, “Buffalo Bill Picture Stories” (1949) da Smith Publications, “Kid Cowboy” (1953) de St. John Publishing, “Blazing Western” (Janeiro de 1954) da Timor Publications e “Silver Kid Western” (Outubro de 1954) da Key Publications.

A DC Comics também publica algum material do género, a destacar: “Western Comics” (Janeiro de 1948), “All American Western” (Novembro de 1948) de Krigstein, “Tomahawk” (Setembro-Outubro de 1950), (esta personagem da autoria de Fred Ray, já tinha aparecido anteriormente em outra revista), “All Star Western” (de Abril de 1951 a Abril de 1952) de Alex Toth e, mais tarde, quando os leitores interessados eram menos, “Bat Lash” (Outubro de 1968), “All Star Western” de novo, (Agosto Acção nos Comic-Booksde 1970), com desenhos de Carmine Infantino, “Weird Western Tales” (Junho de 1972) e “Jonah Hex” (Setembro de 1979), um dos “heróis” de maior sucesso nesta década. Ainda de 1948 a 1954, a popularidade do “western“ era de tal modo, que o romance, crime e ficção-científica, acabariam enquadrados em títulos duvidosos: “Romance Trail” (Julho de 1949) de Alex Toth, “Western Love” (Julho de 1949) de Jack Kirby, “Cowgirl Romances” (Janeiro de 1950), “Western Crime Busters” (Setembro de 1950) e “Space Western” (Outubro de 1952). Os próprios índios acabam por ser igualmente escolhidos para aparecerem em revistas próprias: “Indian Braves” (Março de 1951), “Indian Warriors” (Junho de 1951) e “Indian Chief” (Julho de 1951).

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, e/ou imprimí-las, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.