Exposição “60 anos de Tex”, um dos pontos altos da 19ª edição do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora (FIBDA)

60 anos de TexDe 24 de Outubro a 9 de Novembro, integrada na 19ª edição do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora (FIBDA) , cujo tema central é “Tecnologia e Ficção Científica”, ocorrerá uma Exposição sobre a personagem emblemática da BD italiana de aventuras, Tex Willer, da Editora Bonelli, mais precisamente uma Exposição dedicada aos 60 anos de tão mítica personagem, exposição que contará com cerca de quatro dezenas de pranchas ORIGINAIS que dizem respeito a toda a produção de 2008 (muitas delas serão inclusive mostradas pela primeira vez em todo o mundo), com destaque para a história comemorativa dos 60 anos, desenhada por Fabio Civitelli e com argumento de Claudio Nizzi!

É a segunda vez (a primeira foi no MOURABD2007) e pelo segundo ano consecutivo, que TEX WILLER tem uma grande exposição em Portugal, facto de grande realce, inclusive porque Portugal é um país onde Tex não é publicado, embora receba as edições brasileiras desde 1971 e que mostra bem o interesse, empenho e carinho dos Texianos portugueses pelo mítico Ranger e mostra sobretudo a importância que a Sergio Bonelli Editore concede a Portugal, ao colaborar numa Exposição de tão alta importância, como são os “60 Anos de TEX“.

Em breve daremos mais informações a respeito desta Exposição de Tex, que decerto ficará gravada a letras de ouro no historial do Festival da Amadora, assim como na própria história de Tex Willer no nosso país!

Falando agora do Festival em si:

A 19ª edição do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora (FIBDA) abre as portas no dia 24 de Outubro. A Banda Desenhada transforma a Cidade da Amadora na capital portuguesa da BD e no ponto de encontro internacional da banda desenhada em Portugal.

Este ano, o núcleo central do Festival localiza-se, novamente, no Fórum Luís de Camões, na Brandoa. Situa-se a cerca de 5 minutos (de viatura) do CC Colombo e servido por diversas carreiras da LT oriundas da Amadora, Colégio Militar e Benfica.

O tema central da edição 2008 do FIBDA é “Tecnologia e Ficção Científica”. No FIBDA deste ano, realce, para as seguintes mostras: uma grande exposição subordinada ao tema central, com exposição de pranchas de autores estrangeiros e nacionais, como Kevin O’Neill, Juan Gimenez, Pat Mills e outros; uma exposição dedicada à série Star Wars; uma exposição de Liberatore e uma outra que assinala os 60 anos do Tex; e uma mostra de Luís Henriques, autor do desenho original dos diversos materiais gráficos.

O FIBDA descentraliza, novamente, exposições por outros equipamentos: Galeria Municipal Artur Bual, Casa Roque Gameiro, Recreios da Amadora e Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem. Este ano, mais dois locais podem ser visitados: Escola Superior de Teatro e Cinema e Núcleo Museológico do MFA, no Regimento de Engenharia 1, na Pontinha. São duas exposições paralelas que integram a programação do FIBDA.

O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora confirma-se, uma vez mais, como o mais consagrado do género em Portugal e um dos mais conceituados a nível internacional.

A presença de autores, exposições, concursos, área comercial, lançamento de novos álbuns, Prémios Nacionais de Banda Desenhada, sessões de autógrafos, debates… faz do FIBDA uma grande Festa da BD!

O “mundo dos quadradinhos” está na Amadora.

DATA

O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora 2008 decorre entre 24 de Outubro e 9 de Novembro.

INAUGURAÇÃO

dia 24 de Out

18.00 horas – Recepção na Galeria Municipal Artur Bual – Inauguração da exposição

21.30 horas – Inauguração do núcleo central do FIBDA – Fórum Luís de Camões

dia 25 de Out

16.00 horas – Casa Roque Gameiro – Inauguração das exposições

17.30 horas – Recreios da Amadora – Inauguração da exposição

19.00 horas – CNBDI

Visita à exposição

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
O horário de funcionamento do 19º Festival Internacional de Banda Desenhada, no núcleo central, será o seguinte:

de 25 de Out a 9 de Nov

dom. a 5ª feira e feriado – das 10h às 20h

6ª feira e sáb. – das 10h às 23h

ACESSO AO FESTIVAL
Na edição de 2008 o acesso às exposições no núcleo central terá as seguintes modalidades:

Escolas da cidade da Amadora e organizações de carácter de solidariedade social

Acesso gratuito

Escolas exteriores à cidade da Amadora

Acesso mediante bilhete no valor de 5,00 euros por turma

Profissionais da comunicação social, editores, autores e outros profissionais de BD devidamente creditados junto do comissariado

Acesso gratuito mediante confirmação ou inscrição na base de dados do Festival – com direito a cartão de livre acesso

Público em geral e maiores de 12 anos

Acesso mediante aquisição de bilhete no valor de 3,00 euros

Público menor de 12 anos

[se acompanhado(s) por adulto]

Acesso gratuito

Estudantes + cartão-jovem +           + pensionistas + seniores (+65)

Acesso mediante aquisição de bilhete com desconto no valor de 2,00 euros

Munícipes da Amadora +

Grupos de funcionários – mínimo de 3 – de outras empresas, lojas e instituições instaladas na Amadora

Acesso mediante aquisição de bilhete no valor de 2,00 euros e:

a) Apresentação de Bilhete de Identidade;

b) Apresentação de cartão ou credencial da entidade;

“Amigos da BD” – Bilhete de Entrada Permanente

Acesso mediante inscrição na base de dados do FIBD’A e aquisição de bilhete no valor de 10,00 euros

Visitantes mascarados da sua personagem favorita de BD, desde que se identifiquem à entrada por razões de segurança.

Acesso gratuito mediante inscrição na base dados do Festival

Cartaz da 19ª edição do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora (FIBDA)Relativamente às exposições patentes na Galeria Municipal Artur Bual, Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem, Recreios da Amadora e Casa Roque Gameiro, o acesso é gratuito.

ENTREGA DE PRÉMIOS
A cerimónia de entrega de prémios realiza-se no dia 1 de Novembro, pelas 18.30 horas, nos Recreios da Amadora. Na ocasião, serão entregues os prémios referentes aos Concursos de Ilustração, BD e Cartoon e Prémios Nacionais de Banda Desenhada.

ANIMAÇÃO
À semelhança das edições anteriores, o FIBDA programou um conjunto de actividades: ateliers de cinema de animação e de cores, hora do conto e outras animações, diferenciadas consoante as idades.

No que se refere a espectáculos musicais, podemos informar que o recinto do Festival vai ser palco de um concerto dos Space Boys (inauguração).

O Comissariado está, ainda, a preparar uma programação de filmes de animação, com a parceria da Casa da Animação, para exibição no auditório do Festival.

PROGRAMA DE EXPOSIÇÕES

O tema central da edição deste ano do Festival é “Tecnologia e Ficção Científica”.

Para a edição deste ano, o FIBDA apresenta as seguintes exposições:

FÓRUM LUÍS DE CAMÕES – Núcleo Central

Piso 0 (Astroporto)

– Tema Central – Tecnologia e Ficção Científica:

Apresentação em 5 núcleos. Pretende-se que a exposição apresente a evolução na própria BD (técnicas gráficas e narrativas e o tratamento do tema). Assim, em cada uma das 4 primeiras categorias (a, b, c e d) a exposição evidenciará dois exemplos: um clássico e um mais moderno.

a) Personagens:

a.1) Flash Gordon

Autor: Alex Raymond

a.2) Valérian

Autores: Pierre Christin e Jean Claude Mézières

b) Desenhadores:

b.1) Esteban Maroto

b.2) Leo

c) Argumentistas:

c.1) Hector German Oesterheld (Argentina, 1919-1977)

Autores: Alberto Breccia, Oswal e Solano Lopez

c.2) Alejandro Jodorowsky (Chile, 1929)

Autores: Juan Gimenez, Das Pastoras, Zoran Janjetou

d) Publicações:

d.1) Métal Hurlant (revista francesa de BD de terror e ficção científica criada em 1974 pelo colectivo “Les Humanoïdes Associés”)

Autores: Moebius, Druillet

d.2) 2000 AD (revista britânica de BD de ficção científica publicada desde 1977 até ao presente)

Autores: Pat Mills, Kevin O’Neill, Ian Gibson

e) Tecnologia e Ficção Científica na BD portuguesa

e.1) Jayme Cortez: Os Dois Amigos na Cidade dos Monstros Marinhos, Uma Espantosa Aventura, Os Seis Terríveis  – histórias publicadas n’O MOSQUITO

Fernando Bento: Adaptações de clássicos de Júlio Verne  – publicadas no DIABRETE

Vitor Péon: O Segredo do oceano;

António Barata: Pânico no Ar  – publicada no SENHOR DOUTOR

José Garcês: O Império Enlutado –  publicada n’O MOSQUITO

Monteiro Neves: Baroon  – publicado n’O MOSQUITO

Nuno San Payo: O Mistério de Castel-Diablo  – publicado no CAMARADA

Júlio Resende e Jorge Brandeiro: Viagem à Estratosfera  – publicado no PAPAGAIO

Jorge Brandeiro: Uma aventura no Planeta Zúrius

e.2)

Fernando Relvas: Rosa-Delta-Sem-Saída  – publicada no TINTIN

Vitor Mesquita: Eternus 9; Trilogia com Tejo ao Fundo; Sindroma de Babel  + inéditos

Augusto Mota e Nelson Dias: Wanya – Escala em Orongo

Zé Paulo e outros autores da Visão

Luís Louro: Eden 2.0

Luís Diferr: Os Deuses de Altaír

José Ruy: A Ilha do Futuro

– Prémios Nacionais de BD 2007:

Melhor Álbum Português/Argumento e Desenho

Tratado de Umbografia, de Luís Henriques e JC Fernandes

Melhor Álbum Estrangeiro

Alguns meses em Amélie, de Jean-Claude Denis

Melhor Álbum de Tiras Humorísticas

Há vida em Markl 2: Opus, de Nuno Markl

Melhor Álbum Português em Língua Estrangeira

Merci Patron, de Rui Lacas

Clássicos da 9ª arte

A trágica comédia ou cómica tragédia de Mr. Punch, de Neil Gaiman e Dave McKean

Melhor Fanzine

Venham + 5, colectivo da Bedeteca de Beja

– 19º Concurso de BD

Exposição dos trabalhos concorrentes e dos vencedores dos dois escalões etários

60 anos de TexPiso -1 (Nave Cósmica)

– Colectiva de BD de Ficção Científica da China:

Autores: Yu Lu e Hong Lee

– Liberatore: RankXerox vs Lucy

– Star Wars

Em parceria com o Star Wars Clube de Portugal

– Retrospectiva de Tara McPherson

Em parceria com a editora KingPin of Comics

– Cyril Pedrosa

Em parceria com o Institut Franco-Portugais

– Blake & Mortimer

Autores: Yves Sente e André Juillard

60 Anos de TEX

– Homenagem a João Abel Manta

Autores: banda desenhada, ilustradores, cartoonistas e caricaturistas

Exposição que esteve patente no CNBDI, em parceria com a Humorgrafe e Pedra no Charco

– Espaço Infantil

Espaço dedicado aos mais novos com exposições de Carla Pott (vencedora do Prémio Nacional de BD para o Melhor Álbum de Ilustração Infantil 2007); Emmanuel Guibert e Mathieu Sapin (Sardine de l’Espace) e Exposição STOP TBC/Luís Figo

– BD e Voz

Em parceria com a Amnistia Internacional

– BD e Música

Exposição das pranchas dos primeiros 3 livros/discos desta colecção: BDFado (com desenhos de Nuno saraiva); BD Rock-Pop Português (com desenhos de Alex Gozblau) e BD Música Clássica (com desenhos de Jorge Mateus)

Em parceria com a Tugaland, Edições Multimédia

– Zblu Cops

Exposição que explica, através de painéis e multimedia, como se passa de uma banda desenhada para um videojogo

Em parceria com a Biodroid Entertainment

– Amnistia Internacional em BD

– João Mascarenhas

Exposição de O Menino Triste

Além do Fórum Luís de Camões, as exposições do FIBDA são descentralizadas por outros espaços da Amadora:

GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL

Zero Figura – Homenagem a José Garcês

CASA ROQUE GAMEIRO

Cristina Valadas: Prémio Nacional de Ilustração Infantil da DGLB com o livro “O Rapaz que sabia acordar a Primavera”, com texto de Luísa Dacosta (Edições ASA)

RECREIOS DA AMADORA

Concurso de Cartoon

Carlos Laranjeira, Ricardo Galvão e Louis Hellman

CNBDI

Como se desenham os sonhos – História da Amadora em BD, Homenagem a José Ruy

Exposições paralelas

ESCOLA SUPERIOR DE TEATRO E CINEMA

– Desenhar a Música, de José Garcês (de 28 de Outubro a 9 de Novembro)

NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO MFA – REGIMENTO DE ENGENHARIA 1, PONTINHA

– BD’s de Abril, colectiva (até Abril de 2009)

3 Comentários

  1. Excelente novidade! Logo na grande exposição da Amadora!
    Eu aqui a 2 passos prometo que não vou faltar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.