EXCLUSIVO: As histórias dos Superalmanaque Tex #4 e #5 a publicar em 2022 pela Mythos Editora

Superalmanaque Tex é uma série relativamente recente da Mythos Editora que se estreou em Dezembro de 2019 com uma periodicidade anual, mas que devido ao sucesso de vendas passará a ser a partir deste ano bianual. Trata-se de uma colecção que intercala uma aventura longa de cerca de 500 páginas com uma colectânea de um grande autor.

A edição de estreia do Superalmanaque Tex, trouxe o título EM NOME DA LEI, uma extensa aventura escrita por  G. L. Bonelli e desenhada por Erio Nicolò, que para além de ser uma das maiores histórias de Tex (mais de meio milhar de pranchas, inclusive aquando da publicação original, a história prolongou-se por cinco números do título mensal do Ranger) é também uma das histórias mais apreciadas pelos fãs.

Superalmanaque Tex #1

Por sua vez o Superalmanaque Tex número 2 foi publicado em Dezembro de 2020 e trouxe então uma colectânea de um dos mais afamados e apreciados desenhadores de Tex: Giovanni Ticci.
Vingança de índia, O massacre de Goldena e Assalto ao trem.
Pela primeira vez num único volume, algumas das primeiras histórias de um dos maiores intérpretes de Tex, Giovanni Ticci. Os trabalhos iniciais do mestre que influenciou mais de uma dezena de desenhadores do Ranger em três histórias escritas por Gianluigi Bonelli, nas quais encontramos as suas inspirações nos clássicos americanos da era de ouro, as homenagens a Galep e o seu amor sem fim pela aventura. Três histórias de Fronteira, três histórias de vingança, de tenacidade, de caçada humana, de espírito de revanche. A alma do oeste em seu mais resplandecente esplendor.

Superalmanaque Tex #2

Por sua vez o Superalmanaque Tex número 3 foi publicado em Dezembro do ano passado, tendo sido uma edição verdadeiramente épica que teve 516 páginas… com uma história de 504 páginas do trio Nizzi/FuscoCivitelli: “O Homem do Chicote” (no original italiano “L’ uomo con la frusta“; Tex 365 a 369) e com a particularidade de ter tido uma capa inédita da autoria de Claudio Villa que desse modo se estreou como capista nesta série da Mythos Editora.

Superalmanaque Tex #3

Para este ano a Mythos Editora vai-nos brindar então com dois números de Superalmanque Tex, o número 4, com publicação prevista para Abril, será composto por duas histórias, a primeira escrita por G. L. Bonelli e a segunda por Claudio Nizzi, mas ambas desenhadas pelo consagrado e amado Fernando Fusco, respectivamente “Os Encapuzados” (Tex italiano 217 a 219) e “A Volta do Carniceiro” (Tex italiano 279 a 281), totalizando 480 páginas.

OS ENCAPUZADOS
Texto:  G. L. Bonelli * Desenhos: F. Fusco
Em Nogales, um comerciante sem escrúpulos usa um bando de facínoras encapuzados para aterrorizar os rancheiros da região e obrigá-los a vender as suas terras por um preço vil. Chamados para intervir, Tex e Carson compram uma fazenda incendiada pelos fora-da-lei com o objectivo de atrair e prender o especulador.

A VOLTA DO CARNICEIRO
Texto:  Claudio Nizzi * Desenhos: F. Fusco
Paul Balder, vulgo El Carnicero, um bandido perigoso, conseguiu escapar milagrosamente da morte em seu primeiro encontro com Tex. Agora, ele prepara a sua vingança contra os quatro parceiros. O primeiro passo para isso é reaproximar-se do seu antigo sócio, Strasberg, que trabalha num banco.

Por sua vez o Superalmanaque Tex número 5, com lançamento previsto para Setembro deste ano trará apenas uma história, uma longa história, a mais longa de toda a saga do Ranger: “Retorno a Pilares” (Tex italiano 387 a 392); 584 páginas escritas por Sergio Bonelli nas “vestes” de Guido Nolitta e desenhadas por Guglielmo Letteri.

RETORNO A PILARES
Texto:  Guido Nolitta * Desenhos: G. Letteri

De volta de El Paso, Tex passa por Pilares, cidade mexicana onde mora o seu grande amigo El Morisco e onde o seu filho Kit espera-o. Mas uma grave notícia aguarda-o: a casa de Morisco foi incendiada e Kit foi sequestrado por misteriosos homens-onça. Seguindo as poucas pistas que encontram, Tex e Morisco avançam pelo deserto e vão encontrando rastos dos brutais assassinatos cometidos pelos homens-onça. Na cidade de Casas Grandes, após uma feroz batalha com um grupo de soldados mexicanos, eles são presos e só a chegada de um inesperado amigo de Tex pode salvá-lo do pelotão de fuzilamento. Mas a maior angústia de Tex é não saber onde o filho está…

(Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas)

5 Comentários

  1. Grandes Histórias! E Retorno a Pilares para mim, é uma das melhores da saga texiana, no excelente formato italiano.

  2. Poxa! A arte do Fusco é maravilhosa! E Retorno a Pilares é muito aguardado nesta coleção.

    • Obrigado, pard José Carlos! Estava ansioso pra saber quais seriam as histórias. Superalmanaque Tex é a melhor coleção já feita de Tex em minha opinião. Uma dica ao seu Dorival e a Mythos: deveria ser lançada apenas em formato italiano. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.