Depois de Enrique Breccia também Paolo Eleuteri Serpieri está a desenhar Tex

Por José Carlos Francisco

Depois de já termos anunciado há cerca de dois anos que Enrique Breccia, filho do lendário desenhador argentino Alberto Breccia, está a desenhar um Tex Gigante (escrito por Tito Faraci após uma ideia de Sergio Bonelli e com o título provisório “I letti di lava“), hoje apresentamos uma vinheta, ainda a lápis, de Tex e Kit Carson da autoria de Enrique Breccia e uma vídeo-entrevista com Mauro Marcheselli, onde o director editorial da Sergio Bonelli Editore nos fala um pouco mais dessa iniciativa que parece estar destinada a ser publicada já em 2014 e não um ano mais tarde como era indicado ao princípio, devido a Claudio Villa continuar bastante atrasado com os desenhos do seu Tex Gigante.

Tex e Carson, vinheta a lápis de Enrique Breccia

Mas o grande destaque deste post é dar a notícia de que mais um monstro sagrado da banda desenhada italiana está a desenhar uma história de Tex, um nome tão consagrado e que dispensa apresentações que Mauro Boselli, actual responsável por Tex, dará liberdade (quase) total.

Trata-se de Paolo Eleuteri Serpieri que, devido ao seu estatuto, terá liberdade total para ser não somente o desenhador, mas também o argumentista e roteirista da história que parece estar destinada à nova série colorida de Tex contendo histórias curtas e se assim for Serpieri será também o responsável pela cor.

Paolo Eleuteri Serpieri regressa assim às suas origens, já que começou a sua carreira a desenhar westerns embora tenha sido devido às formas generosas da sua heroína Druuna que deve a merecida fama.

Desenho de Paolo Eleuteri Serpieri dedicado a Tex

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

15 Comentários

  1. Caramba! Sabe o que seria ainda mais irado além de saber que Serpieri vai desenhar Tex? Ver como seria Lilyth no traço dele (hehehe)!!!

  2. Adorei o desenho de Serpieri, o Tex ficou com cara de “mauzão” (adoooro)

    Hey, Eduarthmaul, espero ver o mesmo, seria perfeito poder apreciar um desenho feito assim: Lilyth e Tex!!! Teria ela também traços fortes, desenhado por Serpieri (???)

  3. Paolo Eleuteri Serpieri, além da bela Druuna, também é famoso por seus westerns. Talvez o talentoso mestre desenhe apenas uma história curta do Ranger mais temido do Oeste, embora eu preferisse que fosse uma história completa de “Color Tex“, mas, como diz o ditado, melhor o pouco do que nada. 😉

  4. Caramba! Fazia tempo que não aparecia “do nada” um mito assim na série texiana! Bacana demais.

  5. Sim, seria fenomenal ver Serpieri desenhar Lilyth com as generosas (para não dizer lascivas) formas de Druuna e de outras heroínas que criou. Mas a Bonelli dar-lhe-ia liberdade para isso? Em caso afirmativo (mas desde já não acredito), seria um passo gigantesco para o futuro de Tex, já que o seu passado tomaria também outro aspecto…

  6. Depois de Serpieri, fica faltando uma aventura de Tex com o fantástico Manara, outro super desenhador italiano. Seus quadros de batalhas são fantásticos, como se pode ver no álbum Verão Índio.

  7. Concordo perfeitamente com o Jorge Magalhães. De qualquer modo, Breccia, Serpieri… acho que nunca mais vou conseguir acabar a matéria no BDjornal sobre “Os Desenhadores de Tex“…

  8. Serpieri, simplesmente o melhor de todos.
    O problema de um Tex desenhado por ele é que depois dele, pode ser que ninguém mais aceite outro desenhista para Tex.
    Fabuloso !!!!

  9. Não sei não, A. Moreira. Temo que alguns texianos mais conservadores critiquem os múltiplos traços do Serpieri, que pra mim é um desenhista incomparável. Mas o pessoal das antigas vai criticar.
    O pior vem depois: Milo Manara, com toda a sua carga de erotismo também está a desenhar Tex. O que os mais antigos vão dizer?
    Eu sou um leitor sempre aberto a novas ideias mas compro pouco Tex, até porquê aqui não chega. O grosso dos leitores vai reclamar. Ou não?

  10. Peraí… “destinada à nova série colorida de Tex contendo histórias curtas“. “Curtas”! É isso mesmo?
    Ah não! Curta? De quantas páginas estamos falando?
    Não acredito que serão menos de 100. Não seria justo!
    Tex tem por tradição histórias de fôlego.
    Quero 100 páginas de Tex pintadas pelo Serpieri! Em narrativa única!
    Eu quero! Eu mereço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.