“Anadia reafirmou-se como Capital do Tex Portugal” – Jornal de Anadia, 4 de Maio de 2022

Texto da secção Cultura de 04/05/2022

Anadia reafirmou-se como Capital do Tex Portugal

* A 7ª. edição da Mostra Clube Tex Portugal, encheu o Museu do Vinho Bairrada, no passado fim-de-semana. O balanço do evento é positivo e houve muita adesão por parte do público (mais do que esperavam) e aficionados. Roberto Diso, desenhador que estava previsto comparecer, por motivos de saúde, teve de adiar a sua vinda.

A dinâmica deste evento não foi muito diferente dos outros. Foram dias muito intensos, com muitas iniciativas, aulas de desenho, workshops, conferências. A grande novidade foi ter conseguido trazer a Portugal Laura Zuccheri, a primeira mulher a desenhar o Tex“, começa por explicar o presidente do Clube Tex Portugal.

José Carlos Francisco começou a sua paixão pelo Tex muito cedo. Depois dos primeiros números procurou em alfarrabistas, feiras de velharias e em todo o lado, sem desistir, até completar a sua coleção.

É uma paixão desde os 10 anos que foi crescendo e continua a crescer. Quando completei a coleção brasileira, no ano de 2000, contactei a editora brasileira e ficaram admirados por um português ter a coleção completa. O diretor brasileiro convidou-me para ir ao Brasil e acabei por ir“, explica-nos.

Por ser o único colecionador português com a coleção completa fui, mais tarde, também convidado a ir a Itália, onde o Tex é produzido. O sonho foi crescendo e aumentando, até conhecer as pessoas que fazem a banda desenhada.

Daqui cresceu a ideia de tentar proporcionar este sonho também às pessoas de Portugal, trazendo os autores do Tex a Portugal. A partir do ano de 2006 começámos a organizar eventos relacionados com a banda desenhada no nosso país. Eu pensava que havia muito poucos fãs do Tex em Portugal e eles pensavam o mesmo. Afinal somos muitos” conta-nos.

Este grupo de admiradores foi-se fortalecendo e começaram a ser convidados a expor em vários pontos do país. Os convites sucediam-se porque a quantidade de fãs era grande. Em 2014 surgiu a ideia de criarem um clube oficial Tex, inédito no mundo inteiro. No primeiro ano o clube cresceu muito e pensaram fazer uma mostra em Anadia, dado que aqui estão dois dos maiores colecionadores portugueses: José Carlos Francisco e Hernâni Portovedo.

A direção do clube apresentou, na altura, a proposta à Câmara Municipal, que sugeriu o Museu para uma primeira exposição. Nos anos seguintes houve vários Municípios interessados em receber também uma mostra, mas optámos por Anadia, porque o sucesso do primeiro ano foi imenso, com repercussão pelo mundo. Como Anadia também é um ponto central geograficamente, aqui ficou“, explica José Carlos.

O Tex é um personagem de banda desenhada italiano, criado em 1948, publicado desde então sem interrupções. Representa um homem justiceiro e de bem, que pratica o bem e que, de certa forma, influencia os seus seguidores a ser como ele.

Todo o colecionador que conheço vive sob os princípios do Tex. Justiça acima de tudo. É como que o meu irmão mais velho ou o meu espelho. O que ele era, era o que eu tentava ser“, diz-nos José Carlos.

Copyright: © 2022 Jornal de Anadia;

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.