“Vida longa a Tex” foram os votos do Diário do Grande ABC

Texto do Caderno Cultura & Lazer do Diário do Grande ABC (Santo André, , atingindo ainda as cidades de São Bernardo, São Caetano, Mauá, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), 20 de Agosto de 2011.
Luís Felipe Soares

Vida longa a TEX

Cobói da BD ganha mostra em Santo André

.
A paixão de um coleccionador é difícil de ser explicada. Seja qual for o item escolhido para dedicar seu tempo extra, o significado é maior do que apenas simples diversão. Considerado o maior fã do Brasil da personagem em quadradinhos Tex, o andreense Adriano Rodrigues Rainho compartilha o carinho pelo herói com outros leitores antigos e uma nova geração com exposição do Tex 500 Brasil, que abre hoje na Gibiteca de Santo André, localizada na Biblioteca Nair Lacerda.

Quando li pela primeira vez na infância já me apaixonei pela personagem e por toda a história. Até hoje mantenho esse sentimento,” afirma Rainho. “ Essa paixão do Coleccionador enraíza em você e não sai mais”.

A mostra especial celebra a surpreendente marca de 500 edições da BD brasileira do cobói norte-americano criado no fim da década de 1940 pelos italianos Gian Luigi (texto) e Aurelio Galleppini (ilustrações). O volume especial foi lançado em Junho e estará entre o acervo com mais de 3.000 itens, entre revistinhas, pósteres e bonecos coleccionáveis temáticos.

Deixando um pouco de lado o universo das publicações das personagens da Disney – a qual Rainho também é grande fã e coleccionador -, o morador da Vila Humaitá foi um activo comprador das BDs até o inicio dos anos 1980. As obrigações da vida adulta fizeram com que o hobby ficasse esquecido por quase duas décadas. Em 2003, ele começou a reler as histórias e a “febre voltou com tudo.”

Tex não é tão popular quanto os seus companheiros das bancas. Enquanto mirabolantes super-heróis e personagens infantis estão entre os preferidos dos actuais leitores, o justiceiro conta com um público fiel e um pouco mais velho. Suas aventuras no Velho Oeste são típicas do universo western, com brigas entre bandidos e mocinhos montados em cavalos e a presença de tribos de índios locais. Segundo Rainho, “aprendi a gostar de Tex, pois ele sempre procura a justiça sem discriminar ninguém. Temas como a amizade e a honra, entre outros sentimentos, são as diferenças nas revistas. Ele não é apenas um pistoleiro.

O facto da personagem não ser lá muito conhecida, mesmo entre os fãs de quadradinhos, é um dos incentivos para a montagem da atracção. “Se dez ou vinte crianças começarem a ler Tex a partir desta exposição, vou ficar contente demais com o resultado.

VIDA DE COLECCIONADOR

Desde que retomou a sua paixão pelo herói, ele tem dedicado cada vez mais tempo e dinheiro para manter a grandiosa colecção. Mensalmente, ele vai até à banca e gasta cerca de R$ 60 para ampliar o seu acervo de leitura. Sempre é possível encontrar exemplares em alfarrabistas a preços mais em conta, mas o andreense prefere sempre apoiar a revista que é lançada.”O prazer do coleccionador é o garimpo e ir atrás dos itens mais difíceis. Mas também prefiro comprar as novas publicações na banca para não deixar que ele pare de ser publicado e para que o Tex não morra.”afirma.

Os destaques da exposição são algumas estatuetas especiais que Rainho importou directamente da Itália. Algumas delas chegam a custar cerca de R$ 150 cada uma e outras de colecções extremamente limitadas que foram vendidas pelo preço de 400 euros também poderão ser vistas.

A abertura de Tex 500 Brasil contará com actividades diferenciadas. A partir das 13h, narrações de histórias, workshops, exibições de filmes e palestras tomarão conta do gibiteca e do saguão e auditório do Teatro Municipal. Todas as acções são gratuitas e a programação completa de hoje pode ser vista no site da Prefeitura.

Tex 500 Brasil – Exposição. A partir de hoje. Na Gibiteca Municipal – Praça 4ª Centenário. Tel: 4433-0767. 2ª a 6ª das 8h às 17h: Sáb., das 8h às 12h. Grátis. Até 28/10

Copyright: © 2011 Diário do Grande ABC; Luís Felipe Soares
Adaptação: José Carlos Francisco

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.