Tex Série Normal: Missão em Great Falls

Tex 131Argumento de Guido Nolitta, desenhos de Ferdinando Fusco e capas de Aurelio Galleppini.
Com o título original Missione a Great Falls , a história foi publicada em Itália nos números 203 a 207 em 1978 e no Brasil, pela Editora Vecchi, nos números 131 a 134.

Roger Goudret, um revolucionário que anda a fomentar a revolta das tribos índias no norte do Canadá contra o domínio inglês, é libertado da prisão onde se encontrava recluso pelo seu primo Big Bear Pierre com a cumplicidade de um sargento do exército britânico. Tex vai ajudar Jim Brandon a caçar este revolucionário pelos territórios francófonos do Canadá, onde a população tem um ódio de morte pelos ingleses, que os considera como invasores.

Arte de Ferdinando Fusco

Ao longo de mais de 300 páginas, Nolitta assina aqui mais uma das suas grandes aventuras, sendo que esta assume de modo mais ou menos indirecto um certo cariz político, tocando na tradicional rivalidade que sempre existiu entre as comunidades britânicas e francófonas no Canadá. Não que a aventura sirva para o autor soltar o seu alerta ou denunciar o que quer que seja. Em bom entendimento, parece-nos sempre que Nolitta, apesar de apresentar a luta dos rebeldes contra o domínio da coroa britânica, acaba por nunca tomar evidente partido por qualquer lado da contenda.

Tex 132Tex 133
.

Aquilo que nos parece sempre mais evidente, apelativo e propriamente denunciado pelo autor é o modo como são feitas e idealizadas algumas revoltas, muitas vezes partindo de premissas ideológicas válidas, mas caindo rapidamente num apelo às massas verdadeiramente demagógico que acaba por desvirtuar aquilo que no início era assumido e julgado como puro, honesto e justo.

tex134_bigNo fundo, este é um argumento bem identificado com a sensibilidade de Nolitta, porque o seu Tex surge muitas vezes manietado pelos acontecimentos e até dependente de acções alheias, não se podendo confundir isso como alguma fraqueza do herói. Veja-se, por exemplo, toda a cena do ranger preso ao poste com Jim Brandon, uma cena que hoje em dia, eventualmente apresentada por outros autores (leia-se Nizzi), provocaria um acérrimo coro de críticas.
Tex surge como um herói mais humano e menos lendário, mais estratega e menos dotado a quem tudo corre bem, um conjunto de limitações, se podemos assim chamar, que o torna mais próximo do leitor.

O Tex Willer de Ferdinando Fusco.
Ferdinando Fusco assina aqui um dos seus primeiros trabalhos, conseguindo um resultado admirável, compondo um Tex ainda muito ticciano, sempre dotado daquele olhar cínico que o autor lhe conferiu desde o início. Aqui o Tex de Fusco ainda não tinha a densidade física daquele que o autor foi desenvolvendo ao longo dos anos e que o assemelham com John Wayne. Este Tex é ainda um ranger jovem, audaz e irreverente, numa palavra, muito clássico.

Texto de Mário João Marques

3 Comentários

  1. Excelente história! Uma das melhores do ranger! E com os desenhos magníficos de F. Fusco, que sempre mostrou competência ímpar em ilustrar o nosso Tex!
    História passada no Canadá, numa terrível guerra dos canadenses de língua francesa contra o Império Britânico! Tex Willer e Jim Brandon se veem nas garras de autênticos psicopatas assassinos, liderados por Big Bear, um bandidão da pior espécie!
    Foi a história em que mais vi Tex “tomar na cara” sem poder fazer nada a respeito! O tal Big Bear é muito inteligente, cruel, e tem um porte físico brutalmente forte, um osso duro até pro nosso ranger, que só conseguiu ganhar a parada após muitas mortificações! O capitão dos casacas-vermelhas, Jim Brandon, também comeu o pão que o Diabo amassou nessa história, como em nenhuma outra!
    As histórias de Guido Nolitta sempre são difíceis do nosso herói ranger deslindar pra chegar ao final! São sempre histórias épicas! Comparo “Missão em Great Falls” com “El Muerto“, na complexidade de Tex conseguir vencer a partida, e na qualidade extrema das duas histórias! E as duas são nolittianas! Salve o grande Guido Nolitta!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *