Tex sem G. Letteri no Jornal de Notícias: 10 de Fevereiro de 2006

Texto da secção Óbitos de 10/02/2006
F. Cleto e Pina

Morreu Letteri desenhador de Tex

Morte de Letteri no JNGuglielmo Letteri, um dos mais apreciados desenhadores de Tex, faleceu aos 80 anos, devido a um enfarte. Nascido em Roma, a 11 de Janeiro de 1926, foi um viajante incansável que, antes de se tornar desenhador de quadradinhos, teve diversas ocupações entre as quais avulta a de músico de jazz, com discos gravados como integrante do Crystal Trio, com Carletto Loffredo e Umberto Cesari.

Na BD teve um percurso semelhante a tantos outros artistas da sua época, publicando os primeiros trabalhos em 1949, na Argentina, nas edições  Abril  e Columbia, ao mesmo tempo que Hugo Pratt e Alberto Ongaro,  por  exemplo. Como eles, passou pela britânica Fleetway, onde ilustrou a série “Love Story Library”, e, após, novo périplo pela América do Sul, em 1963 fixa-se na Itália, como colaborador regular da Sergio Bonelli Editore, para a qual ilustrou mais de uma centena de histórias de Tex, tornando-se um dos autores mais apreciados pelos muitos fãs do emblemático ranger dos fumetti, graças ao seu estilo realista e dinâmico, especialmente rico ao nível do tratamento da figura humana, aos cenários bastante pormenorizados e à forma como utilizava o preto e branco e as sombras.

El Morisco, Tex, Carson e EusébioEntre as muitas histórias que desenhou destaca-se “Oklahoma!” (1991), considerada um dos grandes clássicos de Tex, escrita por Giancarlo Berardi, o criador de Ken Parker, publicada no “Tex #300″ (edição brasileira). “A sangue frio“, publicada em “Tex #401-402″, esteve recentemente nas bancas portuguesas.

Copyright: © 2006 Jornal de Notícias; F. Cleto e Pina

(Para aproveitar a extensão completa das fotos acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.