Tex e seus pards esculpidos em areia

Por José Carlos Francisco

Capa Tex 500 esculpida em areiaTex e seus pards foram esculpidos na areia, num concurso de esculturas em areia dedicadas ao  The  American Wild West (Oeste Selvagem Americano), por Kevin Crawford, um americano residente na cidade de Perth na Austrália, num concurso realizado no Verão de 2007, na bela cidade italiana de Jesolo, integrada na região do Veneto, província de Veneza e que contou com a participação de escultores do mundo inteiro.

Conforme podemos ver nas imagens que ilustram este texto (para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas), o consagrado artista americano homenageou o famoso Ranger criado por G. L. Bonelli e Aurelio Galleppini esculpindo na areia a já mítica capa da edição nº 500, da autoria de Claudio Villa e que foi publicada na Itália em Junho de 2002, capa essa onde comparecem os 4 pards!

Tex e seus pards esculpidos em areia
Kevin CrawfortA areia é hoje em dia cada vez mais utilizada, um pouco por todo o mundo, como matéria-prima artística, utilizada em eventos promocionais ou sociais, em ocupação de tempos livres, bem como em festivais e animação variada.

As esculturas em areia, obras que desafiam o carácter efémero, em que o suporte se esvai com os elementos, assumem-se apesar disso, como excelente meio de comunicação, não só pela espectacularidade do produto artístico final, como pelo próprio processo de criação e de construção, como podemos ver em outro trabalho realizado por Kevin Crawfort e integrado no mesmo concurso, mas tendo nesta obra a colaboração da escultora profissional Karen Fralich, natural do Canadá, intitulado “A febre do Ouro“, onde os artistas esculpiram magnificamente uma mina de ouro californiana, outra verdadeira obra de arte. Ou deveremos dizer obra de engenharia e de arquitectura?

Mina de Ouro em areia

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.