9 Comentários

  1. Caro Zeca tai uma coisa que não entendo se a obra toda foi feito pelo Civitelli porque é que foram por uma capa do Villa, na minha opinião deveria ter se aproveitado a capa tambem do Civitelli, que por sinal ficou muito bonita acho que a obra ficaria mais completa, mas fazer o quê?
    Um grande abraço amigo.

  2. Subscrevo inteiramente, acho que a capa desta edição especial deveria ter sido feita por Civitelli, independentemente de ser melhor ou pior que a de Villa
    Mário João Marques

  3. De facto este magnífico desenho de Fabio Civitelli era merecedor de ser eleito para capa desta edição comemorativa dos 60 anos, só que na minha opinião, a SBE não deve ter querido abrir um precendente, até porque não abriu antes, como por exemplo aquando do Tex 500 (400 no Brasil) onde a capa também foi como sempre, do Claudio Villa e não do Giovanni Ticci!

  4. Amigos.
    Gosto muito do Civitelli, mas esta índia está exageradamente com as feições de uma Mulher Branca.
    Concordo com a liberdade criativa de qualquer artista, mas essa eu estou achando um pouco de mais.
    Está parecendo uma mulher branca fantasiada de índia.
    Abraços.
    AMoreira.

  5. Essa capa está melhor do que a que foi escolhida. No entanto, a SBE parece não querer abrir exceção, já que o capista da série é o VILLA.

  6. Caro pard Florisvaldo, a capa não foi mudada, já que é sempre o Claudio Villa que realiza as capas de Tex, só que o Civitelli para além da história, resolveu fazer um desenho que representasse de certo modo a capa, daí este belo desenho, mas em momento algum foi sequer cogitado pela SBE que seria a capa desta mítica edição dos 60 anos, porque esse exclusivo pertence ao Claudio Villa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.