SECRET ORIGINS: TEX CLASSIC 38

Por Saverio Ceri [1]

Depois de um par de posts moderados, desta vez a capa e os álbuns reimpressos no trigésimo oitavo Tex Classic oferecem-nos várias ideias para reconstituir, através de imagens, a história editorial de Tex.
Vamos prosseguir em ordem. A capa que estamos a abordar neste post é a que se vê abaixo:

Tex Classic #38 – Avventura nell’Utah

Como costuma acontecer, a redacção foi em busca de uma imagem pouco conhecida entre as capas da série quinzenal Tex Albo d’Oro, que nos Anos Cinquenta do século passado repropôs pela primeira vez as aventuras do personagem em três tiras por página. A imagem escolhida desta vez é a da capa do número 15 da segunda série, de Maio de 1955.

Albo d’Oro Tex #15 – Nuova Serie

Este volume reimprimiu o episódio Duello a Cristal City, o vigésimo primeiro da quinta série de tiras, de Novembro de 1952, cuja capa Galep se inspirou para a do álbum de ouro. Os leitores deste Tex Classic puderam apreciar essa aventura no mês anterior no número 36 desta coleção colorida…. então por que só agora ela aparece na capa?

Collana del Tex #21 – Duello a Cristal Citty

Só podemos especular. Neste trigésimo oitavo volume da mais recente série do Ranger encontramos as tiras 31 a 36 da quinta série de Janeiro/Fevereiro de 1953, repropostas em Julho de 1955 nos números 19 e 20 da série quinzenal em formato “grande”. As duas capas em questão provavelmente não foram escolhidas por conterem elementos bem conhecidos dos leitores de Tex, que ficaram famosos ao longo dos anos pela sua reutilização nas séries de maior sucesso.
Tomemos como exemplo a primeira das duas capas elegíveis, a do número 19:

Albo d’Oro Tex #19 – Nuova Serie

O fundo da capa vem directamente de uma das vinhetas internas: a que se pode ver de seguida:

A vinheta que serviu de inspiração a Galep

A vinheta espelhada fornece o cenário perfeito para a aventura de Tex no Utah, como pode ser visto nesta sobreposição de imagens:

Os leitores fiéis de Tex certamente terão reconhecido imediatamente que o Tex, com a arma na mão em primeiro plano, é o que aparece na capa do número 10 da série mensal actual.

Tex #10 – Il tranello

Protagonista à parte, trata-se essencialmente de uma capa completamente diferente: a maior diferença é que foram eliminados os cowboys ocupados a marcar o gado, evidentemente considerados de pouco impacto. Em seu lugar encontramos o ameaçador panfleto voador com a mão “interista” (a propósito da cor), enquanto Tex não só empunha a arma, mas também dispara. Nas reimpressões subsequentes dos Anos Oitenta e Noventa do século passado, a mão do panfleto tornou-se curiosamente “milanista”.

Tutto Tex #10 – Il tranello

Tex Nuova Ristampa #10 – Il tranello

A capa do Albo d’oro sucessivo, o eventual segundo candidato para o Albo d’oro de que falamos desta vez, tem uma génese semelhante, mas com uma variante curiosa. A imagem pareceria originar-se das capas das edições em tiras, precisamente destas:

Tex #4 (Serie California) – Il segreto della miniera

Tex #51 (Serie Bianca) – Il segreto della miniera

Trata-se do número quatro da décima quarta série datada de Dezembro de 1956, reproposta na 51ª raccoltina de Março de 1959. Se se prestar atenção nas datas, compreende-se que na realidade essas duas capas foram lançadas depois do Albo d’oro, então é a imagem que se vê abaixo que inspirou as acima, e não o contrário.
À parte a posição espelhada do protagonista, a maior diferença é que Tex na versão original, apesar de ter duas pistolas fumegantes em vez de uma, atira para desarmar e não para matar.

Albo d’Oro Tex #20 – Nuova Serie

Após uma inspeção mais detalhada, porém, no mercado americano em Agosto de 1951, a Avon Periodicals publicava o segundo número da primeira série de Kit Carson, que tinha esta capa, desenhada por Everett Raymond Kinstler:

Kit Carson #2

Ao inverter a imagem do Albo d’Oro descobrimos como as posições do Carson norte-americano e do Tex italiano são semelhantes, além disso o adversário bigodudo que enfrenta o herói também coincide. Por sua vez, esta capa parece ser inspirada na primeira capa de 1947 da revista Fifteen Western Tales da Fictioneers, Inc.

Fifteen Western Tales

A verdadeira origem desta capa texiana é “dupla” e deve, portanto, ser procurada do lado de lá do Oceano. Abaixo vê-se o paralelo das três imagens datadas respectivamente de 1947, 1951 e 1955:

No Verão de 1961, para criar a capa do 16º Tex da série actual, foi reutilizado precisamente o ranger da capa do vigésimo Albo d’Oro. A arma que dispara neste caso também é uma só, mas, como se pode verificar pelo título, o protagonista da imagem não é o fumo das armas, mas o fogo, que devasta a aldeia atrás do protagonista. Tanto a aldeia quanto as pernas de Tex, não desenhadas na encarnação anterior da capa, vieram do pincel de Franco Bignotti.

Tex #16 – Il fuoco!

Por ocasião da reimpressão em Tutto Tex em 1987, Galleppini redesenhou a aldeia em chamas e as pernas de Tex, recuperando inteiramente a imagem. Na última versão da capa, a de Tex Nuova Ristampa de 1997, há apenas pequenas alterações na coloração.

Tutto Tex #16 – Il fuoco!

Tex Nuova Ristampa #16 – Il fuoco!

Saverio Ceri

Encontre todas as outras origens das capas de Tex Classic na rubrica Secret Origins: Tex Classic

[1] Material apresentado no blogue Dime Web em 01/08/2018; Tradução e adaptação (com a devida autorização): José Carlos Francisco.
Copyright: © 2018 Saverio Ceri

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *