Prossegue, em 2015, a aventura de Tex na Holanda, com José Ortiz e Bruno Brindisi

Por José Carlos Francisco

Após um regresso em 2014, depois de quase 33 anos de ausência de Tex na Holanda, em grande estilo, que incluiu a participação do próprio Fabio Civitelli no Festival de Breda, em Outubro, e com uma história de somente 129 revistas publicadas naquele país, Tex Willer promete uma contínua presença no ano que vem (além das revistas da série normal mencionadas, Tex esteve de volta aos Países Baixos brevemente entre 2002 e 2004 com a publicação do álbum gigante desenhado por Joe Kubert, em 4 volumes, hoje já totalmente esgotados), já que depois das edições gigantes contendo histórias desenhadas por Colin Wilson e Fabio Civitelli, em 2015 teremos mais duas edições gigantes de Tex na língua holandesa.

Fabio Civitelli na Holanda para o lançamento do seu Tex Gigante

A iniciativa é uma vez mais do fã holandês Erik van Helvoort, através da sua própria editora, a Uitgeverij Hum. Com a devida autorização da Editora Bonelli e contratos já assinados, Erik trará, em 2015, Tex Willer e seus pards de volta com duas histórias completas: O Grande Roubo, com desenhos do falecido José Ortiz e enredo de Claudio Nizzi; e Os Predadores do Deserto, da dupla Nizzi/Brindisi, havendo a possibilidade do próprio Bruno Brindisi comparecer ao lançamento, em Outubro de 2015, do seu Texone holandês para deleite dos seus fãs holandeses.

Capa holandesa do Tex Gigante desenhado por Bruno Brindisi

Uma particularidade do Tex Gigante holandês desenhado por José Ortiz é o facto da capa ser exclusiva e da autoria de um famoso artista holandês Fred de Heij, capa essa que o blogue do Tex dá já a conhecer de seguida:

Capa holandesa, da autoria de Fred de Heij, para o Tex Gigante desenhado por José Ortiz

As revistas poderão vir a ser adquiridas directamente com a editora (www.uitgeverijhum.nl; www.texwiller.nl) ou directo com o editor Erik (erik@texwiller.nl), mas também em livrarias especializadas em banda desenhada da Holanda e da Bélgica.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Um comentário

  1. A capa de “Treinroof!” (“O Grande Roubo“) está muito bonita. Entretanto, eu publicaria com a original do mestre José Ortiz Moya.
    Parabéns ao Erik van Helvoort!
    Saudações texianas da Amazônia para a Holanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.