Portugal recebeu uma vez mais o editor Dorival Vitor Lopes

Por José Carlos Francisco e Carlos Moreira (texto e fotos) e Orlando Santos Silva (fotos)

Orlando Santos Silva, Dorival Vitor Lopes e Pedro Bouça no aeroporto de Lisboa

Neste início de mês de Novembro, Portugal comprovou novamente que faz cada vez mais parte activa do Real Mundo Texiano, isto porque depois de em Setembro termos tido o prazer de receber o consagradíssimo desenhador de Tex, Fabio Civitelli, estrela maior do 17º Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu e de em Outubro termos tido a honra de recepcionar o mítico tradutor brasileiro de Tex, o Paulo Guanaes, foi agora a vez de Portugal ter o privilégio de ter o editor brasileiro Dorival Vitor Lopes, que durante 10 dias teve umas curtas férias no nosso país, concedendo o privilégio de se encontrar e conviver, como sempre faz anualmente quando visita Portugal, com inúmeros fãs e coleccionadores portugueses do Ranger criado em 1948 por G. L. Bonelli.

Dorival Vitor Lopes chegou ao aeroporto de Lisboa no dia 3 deste mês, bem cedo pois o sol ainda nem tinha nascido e à sua espera tinha o texiano José Eduardo Monteiro que se deslocara ao aeroporto para recepcionar o nosso editor, assim como para receber logo o tão aguardado pacote contendo as mais recentes revistas da Mythos, já que o editor brasileiro se tinha disponibilizado para trazer edições da Mythos para os seus habituais leitores portugueses evitando assim que estes tivessem que pagar os elevadíssimos portes postais.

Orlando Santos Silva e Dorival Vitor Lopes no Miradouro da Graça

Mais tarde chegaram ao aeroporto Orlando Santos Silva e Pedro Bouça e ambos não perderam a oportunidade de registar para a posteridade esse momento, como se pode comprovar numa das inúmeras fotos que publicamos a ilustrar este texto. Sempre com Tex e restantes personagens Bonelli como pano de fundo, a conversa entre todos prosseguiu animada até que foi decidido dar um passeio pela capital portuguesa antes de rumar para o Quartel General de Tex em Portugal, a casa de José Carlos Francisco, residência onde se alojaria o nosso prezado editor durante os dias de permanência em Portugal, como aliás sempre faz quando se desloca ao nosso pequeno, mas belíssimo país à beira-mar plantado.

Dorival Vitor Lopes e José Carlos Francisco numa famosa BiblioTEX

Como o José Eduardo Monteiro teve que abandonar o aeroporto mais cedo para ir dar aulas e o Pedro Bouça tinha que ir trabalhar, foi o Orlando Santos Silva o guia de Dorival Vitor Lopes em Lisboa e obviamente que uma paragem nos famosos pastéis de Belém, uma das mais populares especialidades da doçaria portuguesa, era algo obrigatório ao que se seguiu uma visita ao miradouro da Graça, um popular mirante inserido na colina de Santo André, próximo da colina do Castelo, onde a vista sobre Lisboa pode ser apreciada à sombra de pinheiros mansos e onde se pode desfrutar de uma das mais belas vistas da cidade que tem a honra de ser a capital de Portugal, cujo panorama de telhados e prédios é simplesmente espectacular, sendo por isso um local popular e dos mais carismáticos de Lisboa.

Dorival Vitor Lopes e José Carlos Francisco no QG de Tex em Portugal.

Depois das despedidas, porque também o Orlando Santos Silva, um jovem e conceituado advogado de Lisboa, que considera que o sentimento de justiça de Tex está sempre bem presente nas suas aventuras, mas que por vezes exagera um bocado, principalmente nos métodos que utiliza para tirar informações das pessoas, leia-se vilões… e compreende-se que um advogado veja sob este prisma, mas reconheçamos que se não fosse assim, muitas confissões não seriam obtidas pelo nosso Ranger, tinha que ir trabalhar, Dorival Vitor Lopes pegou no carro alugado e rumou até à localidade da Malaposta, onde já o aguardava José Carlos Francisco e toda a restante família, que teriam então o prazer de ter uma vez mais por vários dias como hóspede, a mais alta individualidade Texiana do Brasil.

Dorival Vitor Lopes confirmando a próxima edição especial de Tex com o selo da Mythos no Brasil: O Color Tex

Durante os dias em que Dorival Vitor Lopes ficou alojado no QG de Tex em Portugal, obviamente que Tex foi sempre tema de conversa com José Carlos Francisco e entre outros assuntos ficamos a saber que 2012 será com toda a certeza mais um grande ano no que a Tex diz respeito, pois a Mythos Editora pretende publicar algumas edições especiais que a concretizar-se irão fazer furor no Brasil assim como em Portugal, podendo também haver grandes novidades numa das habituais séries de Tex. Para já não podemos dar mais informações porque faltam ultimar alguns pequenos pormenores e o segredo é a alma do negócio, mas prometemos dar essas novidades assim que a Mythos Editora na pessoa do seu editor Dorival Vitor Lopes nos der luz verde para tal.

A estadia do editor de Tex na habitação de José Carlos Francisco, proprietário de uma das maiores colecções de Tex a nível mundial, também se revelou uma óptima oportunidade para seleccionar entre as diversas edições especiais dedicadas a Tex na Itália, as duas eventuais imagens da autoria de Claudio Villa e Fabio Civitelli que serão publicadas como brinde da centenária edição de Tex Coleção nº 300 e num formato ainda maior do que inicialmente estava previsto, para gáudio de todos os que tiverem a oportunidade de adquirir esses dois pósters quando comprarem então, em finais de Janeiro de 2012, o Tex Coleção nº 300.

Convívio Texiano de Lisboa em 11-11-2011 com Arte de Adauto Silva

Convívio Texiano à mesa

Esta nova visita do editor Dorival a Portugal também deu azo a um novo Convívio Texiano realizado em Portugal, desta vez em Lisboa e no dia 11 do 11 de 2011, convívio esse que ficou recordado para a posteridade numa belíssima arte do consagrado desenhador brasileiro Adauto Silva, autor de um belo Tex Ticciano como podemos ver em algumas das imagens que também ilustram este texto. A esse encontro organizado pelo pard Carlos Moreira compareceram os pards Mário João Marques, Orlando Santos Silva, Pedro Pereira, Pedro Bouça, José Manuel Cristóvão e ainda vários familiares dos mesmos, possibilitando assim que numa mesa bem texiana se juntassem três gerações, como atestam as palavras de Carlos Moreira:

Carlos Moreira, Mário João Marques e Orlando Santos Silva no Convívio Texiano de Lisboa

Boa disposição imperou no Convívio Texiano de Lisboa

José Manuel Cristóvão e os seus pais, o senhor Cristóvão e a senhora Lurdes

Dia 11/11/11, data que não se esquece facilmente, não por ser dia de São Martinho ou formar uma capicua, mas por se ter realizado mais um Convívio Texiano, desta feita em Lisboa e aproveitando a presença do nosso querido amigo e editor de TEX no Brasil, Dorival V. Lopes em Portugal. Assim o restaurante SERVEJARIA no Parque das Nações foi o local de encontro, onde como não podia deixar de ser o repasto foi bife com dois dedos de altura sepultado por uma montanha de batatinhas fritas para a maioria dos presentes, já que houve quem tivesse optado pelo bacalhau.

Dorival Vitor Lopes e o autógrafo desejado por um seu admirador

Como não podia deixar de ser, o tema principal de conversa foi o nosso Ranger, e suas mais recentes publicações quer no Brasil , Portugal ou Itália, já que alguns dos presentes recebem também publicações Italianas. É claro que foi sentida a falta de muitos amigos Texianos, que por questões laborais ou familiares não puderam estar presentes, pelo menos presencialmente, já que durante o jantar recebi diversos telefonemas a cumprimentar todos os presentes. E como quando se está num ambiente de grande amizade e cordialidade o tempo passa a voar, chegou a hora de um até breve e regressar a nossas casas… inclusive assim o fez Dorival Vitor Lopes que a estas horas já deverá estar na sua casa em São Paulo com as baterias carregadas para continuar a labuta diária em prol de Tex Willer e dos Texianos do Brasil e Portugal!

Texianos portugueses presentes no Convívio de Lisboa realizado em 11 de Novembro de 2011 com a presença do editor Dorival Vitor Lopes

Texianos portugueses e familiares presentes no Convívio de Lisboa realizado em 11 de Novembro de 2011 com a presença do editor Dorival

Autógrafos e dedicatórias dos Texianos que compareceram ao Convívio Texiano de Lisboa

(Para aproveitar a extensão completa das fotografias acima, clique nas mesmas)

9 Comentários

  1. Um jantar fabuloso, num ambiente de grande amizade! E um forte abraço ao nosso querido editor Dorival e esposa, pela disponibilidade e simpatia constantes e a atenção aos fãs texianos

  2. Obrigado, Zeca, por tão gentil e (imerecido) destaque. É sempre um prazer enorme conviver com os amigos portugueses, de quem gosto e admiro cada vez mais por não medirem esforços para agradar os visitantes e principalmente este simples e felizardo editor de Tex.
    Agradeço imenso a você e à Fátima por ter me recebido mais uma vez em sua morada, onde realmente me sinto em casa.

    Amo-os todos.

  3. Por muita pena minha não pude ir. Mas fico feliz por todos os presentes. Parabéns por mais um convívio 🙂

  4. Gostaria de aproveitar a menção ao nome de Carlos Moreira, organizador do evento em torno de Dorival, para dizer que o Carlos foi o responsável por um dos momentos que mais me emocionaram na recente viagem a Lisboa e Paris, quando deixou na Portaria do hotel Ibis Saldanha, desenhos de Tex (ele já me havia dito ao telefone que também desenhava) e duas flâmulas do XVII Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu, com foto de Civitelli a ilustrá-las. Eu disse duas, com certeza uma delas para minha esposa Luciana, demonstrando todo o cavalheirismo de Carlos Moreira e sua consideração por Tex e por aqueles que que, de alguma forma, colaboram para que esse longevo herói proporcione a alegria de muitos fãs.

  5. Infelizmente, desta vez não me foi possível estar presente em mais um admirável convívio de texianos que, como as fotos documentam, foi tal como sempre muito animado. Os organizadores estão de parabéns e só espero que para o próximo encontro possa também estar presente. Parabéns pela iniciativa (ah, Grande Carlos, sempre na crista da onda!) e pela vinda sempre apreciada do Editor mais querido dos amantes de Tex, o grande Dorival. Um abraço.

  6. Que bacana, como o Zeca havia dito que aguardava o Dorival estes dias, e como férias são férias, mantive as ideias contidas, e seguimos Pard Zeca, com três indicativos, para aquela Homenagem ao Sergio Bonelli, com a de Portugal – que disse estarem preparando -, teremos 04 em língua portuguesa, se tudo der certo!!
    Que bom saber que novidades virão neste 2012 por parte da Mythos, espero que siga nosso TEC (tenho o 12 em mãos já, quero o 13, Dorival!!) venha a seguir em bancas (300 páginas, seria o correto!) e que lancem os TEX Gigantes em Cores, que com certeza adicionarei ao que compro de TEX, o colorido Mythos.
    Dorival, de uma olhada no que é proposto no tópico:
    Homenagem ao Sérgio Bonelli
    http://www.texbr.com/forum/viewtopic.php?t=4085
    Pards, participem da Enquete e sugiram ideias, fiquem a vontade!!

  7. O serão/jantar de 11/11/2011 foi muito agradável!

    Boa comida, ambiente descontraído, pessoas simpáticas…

    5 estrelas!

  8. Imagens que dão muita alegria aos colecionadores desse personagem espetacular da banda desenhada, gerenciado e divulgado por grandes especialistas como Zeca e Dorival.
    2012 vai ser o ano do Tex e da Bonelli no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.