Parabéns Tex, sessenta anos de um herói!

Logótipo La Stampa.itDe TuttoLibri, o suplemento cultural semanal do periódico italiano “LaStampa“, à venda neste sábado 2 de Agosto, apresentamos um artigo de Alberto Gedda dedicado aos próximos 60 anos de Tex:

Parabéns Tex, sessenta anos de um herói

Tex WillerO aniversário de Tex – 60 anos que o tornam o fumetto italiano mais longevo – aproxima-se: a 30 de Setembro de 1948 chegou aos quiosques italianos a história «Il totem misterioso» com a estreia de um personagem: Tex Willer, então fora-da-lei por força, tornando-se depois um Ranger do Texas e chefe dos índios Navajos como Águia da Noite. Textos de Giovanni Luigi Bonelli, desenhos de Aurelio Galleppini.

A antecipar os festejos (que terão como ponto alto um álbum especial de Tex escrito por Claudio Nizzi e desenhado por Fabio Civitelli e que trará anexado um livro dedicado à memória de Giovanni Luigi Bonelli) temos duas publicações importantes e que sublinham a vitalidade do personagem além, naturalmente, das habituais colecções nos quiosques italianos com álbuns novos (actualmente encontramos o nº 574) e reedições várias.

SeminolesPara a série dos «Texoni» (encontro anual com álbuns de autor de grande formato, conhecido entre nós por Tex’s Gigantes) o editor Sergio Bonelli publicou uma história de grande fascínio: Seminoles (240 páginas com um custo de 5.80€) escrita por um verdadeiro mito das histórias de western, Gino D’Antonio que nos deixou em 2006, e desenhada por um dos desenhadores bonellianos mais interessantes, Lucio Filippucci, ilustrador requisitado à esquadra de «Martin Mystère».

A narração tem todos os dogmas da aventura bonelliana interpretada pela inoxidável dupla formada por Tex e Kit Carson. Dois duros que é bom ter por amigos e que se batem contra soldados sanguinários, traficantes assassinos, agentes índios corruptos. Restabelecendo – e como eles conseguem – justiça e serenidade. E tudo isto entre os pântanos da Louisiana, enredo de canais compostos por águas mórbidas e areias movediças onde vivem os elegantes e isolados nativos Seminoles. Um ambiente e personagens vários que dão o motivo a Filippucci para dar verdadeiramente corpo à história de Gino D’Antonio caracterizada pela intensa relação entre Tex e os Nativos.

TuttolibriÉ precisamente também sobre este tema que o volume Ombre Rosse (Mondadori, Super Miti, 442 páginas com um custo de 9.90€) nos traz histórias do Ranger apresentadas com a riqueza de sempre por  Sergio Bonelli.

Copyright: © 2008 Tuttolibri;
Alberto Gedda

(Tradução e adaptação a cargo de José Carlos Francisco)

2 Comentários

  1. Parabéns aos responsáveis pelo blog, pelas novidades aqui apresentadas. Melhor ainda! Em português!José, qualquer dia podes dedicar-te à tradução como profissional.
    E os preços? Alguém reparou nos baixos preços? Quase nos faz desejar viver em Itália.
    Um abraço,
    Sérgio Sousa

  2. Obrigado pelos elogios grande pard Sérgio… tentamos (toda a equipa do blogue, onde obviamente te incluis) fazer sempre mais e melhor e a nossa paixão por vezes leva-nos à superação, como é o caso das traduções, já que por exemplo o italiano que sei é somente de ler o Tex na língua original e por isso também peço desculpas por algum eventual lapso…
    Quanto aos preços na Itália, realmente são baixíssimos e ainda por cima, os rendimentos por lá são bem superiores aos nossos, ou seja, para os pards italianos, coleccionar Tex é algo relativamente baratíssimo…
    Ah, espero que quem tenha lido o texto com a devida atenção, saiba que teremos então um excelente brinde (se bem que a história ser a cores já é um brinde) com o Tex de Setembro (na Itália)…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.