Panini relança no Brasil Face Oculta (série bonelliana escrita por Manfredi) com exclusividade da Comix

* A mini-série italiana Face Oculta, de Gianfranco Manfredi (Tex, Mágico Vento, Dylan Dog, Nick Raider, Adam Wild) está de volta ao Brasil em novo formato pela Panini Comics.

.

Por José Carlos Francisco

Face Oculta: Volume Um (formato 16 x 21 cm, 384 páginas, R$ 39,90) reúne as quatro primeiras das catorze histórias da mini-série: Os Saqueadores do Deserto, Bandidos, Amor e Morte e Amba Alagi. As duas últimas ainda eram inéditas no Brasil já que em 2012, a Panini Comics publicou Face Oculta, mas o título durou apenas duas edições, antes de ser interrompido.

O lançamento é exclusivo da Comix Book Shop e faz parte da comemoração de 30 anos da maior livraria especializada em quadradinhos e mangás do Brasil.

A obra, com o nome original de Volto Nascosto, foi publicada na Itália entre 2007 e 2008, dividida em 14 partes, todas com argumento de Manfredi e arte dos desenhadores Goran Parlov (criador visual da personagem), Massimo Rotundo (responsável pelas capas), Giuseppe Matteoni, Ersin Burak, Roberto Diso, Giovanni Freghieri, Alessandro Nespolino, Leomacs e Gigi Simeoni. Em 2008, recebeu o Prémio Attilio Micheluzzi como Melhor Série de Desenho Realista na Napoli COMICON.


A trama passa-se no final do século 19, quando a Itália possuía ambições expansionistas e voltava a sua atenção para a África, mais precisamente para a Etiópia. Com a assinatura do tratado de Wuchale, as duas nações pretendiam iniciar uma próspera colaboração entre si. No entanto, interesses escusos ansiavam para que a situação se revertesse e uma guerra eclodisse na região. É em meio a esse cenário que o jovem Ugo Pastore e o seu pai se vêem envolvidos em alguns dos momentos mais decisivos da História. Os seus caminhos levam-nos a participar activamente deste complicado e fatídico período da expansão colonialista da Itália.Para complicar, o surgimento de um homem sagrado, arrebanhando uma legião de soldados e seguidores por todo o território da Etiópia, pode levar a um desfecho sangrento. Ele usa uma máscara prateada e é um elemento imprevisível no já efervescente cenário da região.

José Carlos Francisco e Gianfranco Manfredi

Falando com Gianfranco Manfredi a propósito de Face Oculta, o autor italiano referiu em exclusivo ao blogue do Tex que para poder desenvolver bem um tema, quando acha necessário escreve um argumento já que “prefiro que seja amplo, de modo que seja um verdadeiro pré-roteiro. Mas isso não me impede de alterá-lo de forma radical durante a elaboração do roteiro propriamente dito. Por exemplo, antes de escrever Volto Nascosto, eu escrevi um argumento muito detalhado de toda a história, do princípio ao fim, e isso me permitiu realizar os catorze episódios da série com muito mais rapidez.

À pergunta Como nasceu a ideia de criar Volto Nascosto?” Gianfranco Manfredi respondeu:Falar a fundo acarretaria muito tempo. Eu limito-me a dizer que é um verdadeiro romance em capítulos, catorze episódios, ambientado no final do Século XIX no contexto da primeira guerra colonial italiana contra a Etiópia.

Para finalizar, informamos que Face Oculta teve tanto sucesso na Itália que Manfredi teve que escrever uma nova série (em sequência de Volto Nascosto) com as aventuras de Ugo (protagonista de Face Oculta) na China durante a revolta dos Boxers. Chama-se “Shanghai Devil” e esperamos que também venha a ser publicada no Brasil.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *