Mauro Boselli no Monument Valley (a região de Tex e dos seus Navajos) na senda de Gianluigi Bonelli

Mauro Boselli nos caminhos de Tex com o Monument Valley como pano de fundo

Gianluigi Bonelli no Monument Valley

Mauro Boselli, o principal escritor de Tex no presente e actual editor do Ranger, aproveitando as férias de Verão no hemisfério norte, encontra-se de visita aos Estados Unidos da América e não desperdiçou a oportunidade de efectuar uma visita ao Monument Valley, região dos Estados Unidos situada na reserva dos índios Navajos e que também Gianluigi Bonelli visitou no século passado, na companhia do seu filho Sergio Bonelli.

Mauro Boselli, da ficção…

… à realidade

O Monument Valley, um símbolo do Sudoeste americano, é uma paisagem desértica marcada por formações avermelhadas de arenito, pináculos estreitos e montes maciços, localizado na fronteira entre os estados do Arizona e Utah, a 508 Km ao Norte de Phoenix e em cuja área se encontra um monumento que marca o ponto de divisas de quatro estados e que é denominado “As Quatro Esquinas” que é comum a quatro estados, que são Utah, Colorado, Novo México e Arizona.

Monument Valley

A região foi muito usada para gravação de filmes western, particularmente os de John Ford tendo como artista principal o grande John Wayne, mas também por Tex Willer, seus pards Kit Carson, Kit Willer e Jack Tigre, mas também pelos seus Navajos, em centenas de aventuras escritas e desenhadas por dezenas de autores ao longo destas sete décadas de vida editorial, sobretudo precisamente por Gianluigi Bonelli e Mauro Boselli no que aos textos diz respeito, os dois escritores que quiseram ver in loco o cenário das histórias de Tex Willer.

Os quatro pards no Monument Valley

Ao longo de milhões de anos, as forças do vento e da água esculpiram essa terra rigorosamente fantástica. O vale faz parte da Nação Navajo, que abrange os cerca de 7 milhões de hectares de terras pertencentes à tribo Navajo. Esperemos que esta viagem de Mauro Boselli às terras de Tex e dos seus Navajos seja inspiradora para as futuras histórias do Ranger rumo ao século de vida! Para concluir deixamos-vos com alguns dos mais belos testemunhos da passagem de Tex Willer pelo Monument Valley, nas artes de Aurelio Galleppini, Claudio Villa e Fabio Civitelli:

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.