Lançamento Mythos Editora: Tex Gigante #30 – “Tempestade em Galveston“

Por José Carlos Francisco e Mário João Marques

Tex Gigante #30 – “Tempestade em Galveston“

Hoje no blogue do Tex divulgamos a capa, da autoria de Massimo Rotundo, de Tex Gigante #30, com lançamento previsto para 15 de Outubro e um preço de venda ao público de 21,90 Reais (em Portugal terá um preço de 11 Euros) , cujo título é “Tempestade em Galveston” (no original: Albo speciale nº 30 –Tempesta su Galveston”, de Junho de 2015) e que contém uma magnífica história escrita por Pasquale Ruju e magistralmente desenhada por Massimo Rotundo.

Tex Gigante #30 – “Tempestade em Galveston“, página 1

Galveston, Texas, junto à costa do Golfo do México, sul dos Estados Unidos. Apesar da escravatura ter sido abolida em 1863 pelo então presidente Abraham Lincoln e oficialmente proibida pelo Congresso em 1865, a verdade é que muitos estados sulistas mantêm a sua prática, ora através de restrições legais (Black Codes) ou por qualquer outro artifício que, no fundo, traduz-se no mesmo objectivo de humilhação da raça negra. Senhor de extensas plantações de algodão, o coronel Woodlord continua a usufruir e a utilizar a mão-de-obra negra gratuitamente, mercê de um expediente legal criado pelo juiz Trent e que visa permitir que condenados pela justiça possam ser colocados e sujeitos a trabalhos forçados nas plantações de ricos proprietários. Tex e Carson dirigem-se a Galveston para entregarem ao xerife local um dos membros de um bando de assaltantes que tinham perseguido e abatido nas imediações da cidade, acabando por se ver envolvidos numa história de um tesouro escondido.

Tex Gigante #30 – “Tempestade em Galveston“, página 2

Ao situar esta aventura no sul dos Estados Unidos, a alusão ao tema da escravatura acaba por ser muito natural, permitindo a Pasquale Ruju evidenciar algumas das principais características do Tex bonelliano, sobretudo o seu humanismo, a sua ética e o seu ideal de justiça. No desenho desta aventura encontramos Massimo Rotundo, mais um nome saído directamente da própria editora, autor já com uma vasta e larga experiência, fruto de uma carreira eclética iniciada no já longínquo ano de 1978. Nascido em Roma em 1955, é um dos fundadores e docentes da Scuola Romana dei Fumetti e trabalha também para o cinema e teatro, onde já colaborou com nomes como Martin Scorcese ou Paul Verhoeven. Na banda desenhada, para além de muitos outros trabalhos, destaque para a sua participação em revistas como L’Eternauta, Comic Art, Orient Express, Heavy Metal e L’Ècho des Savanes, assim como trabalhos para as editoras francesas Delcourt, Glénat e Albin Michel. Na Sergio Bonelli Editore vai desenhar para as séries Brendon, incluindo as capas a partir do nº 45, Volto Nascosto e Shanghai Devil, sendo também o autor de todas as capas destas duas mini-séries escritas por Manfredi. Já foi distinguido por várias vezes, com destaque para o prémio Yellow Kid de 1990 como melhor desenhador italiano e o Gran Guinigi em Lucca.

Arte de Massimo Rotundo em Tex Gigante #30 – “Tempestade em Galveston“

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *