Já disponível o novo álbum holandês de Tex Willer: “O último rebelde” de Claudio Nizzi e Colin Wilson

Por Fernanda Martins

Caros coleccionadores de Tex Willer! Demorou um pouco, mas finalmente nesta última sexta-feira, dia 21 de Fevereiro, o novo álbum holandês de Tex Willer chegou da gráfica. É o primeiro álbum a preto & branco de Tex na Holanda desde 1981…

Para todos aqueles que lerem este texto no blogue português do Tex e desejem adquirir (pelo menos) um exemplar, o editor holandês Erik van Helvoort, da HUM Editions, reserva duas surpresas extras: primeiramente, junto com o álbum você, caro leitor, receberá, inteiramente de presente, uma cópia de um desenho exclusivo – feito especialmente por Colin Wilson para este lançamento holandês. E mais, pode beneficiar do desconto de lançamento, € 15,00 – em vez do preço de € 16,95 das livrarias holandesas.

Para quem quiser receber comodamente em sua casa o Tex Gigante holandês “De laatste rebel” (“O último rebelde“) escrito por Claudio Nizzi e desenhado por Colin Wilson o preço total é:
Europa: 1 álbum incluindo embalagem e remessa: € 25,00
Europa: 2 álbuns incluindo embalagem e remessa: € 40,00 (sem track & trace)
Europa: 3 álbuns incluindo embalagem e remessa: € 65,00 (incluindo track & trace para verificar a localização da sua encomenda em tempo real)
Dentro da Europa o pagamento pode ser feito por transferência bancária (sem taxas bancárias dentro da CEE) para:
IBAN NL.34.RABO.0108.0071.97 para “HUM Uitgeverij” localizada em Blauwhuis, the Netherlands. O código BIC (swift) é RABONL2U

Resto do mundo: 1 álbum  incluindo embalagem e remessa: € 26,25
Resto do mundo: 2 álbuns incluindo embalagem e remessa: € 50,50 (sem track & trace)
Resto do mundo: 2 álbuns incluindo embalagem e remessa: € 57,00 (com track & trace para verificar a localização da sua encomenda em tempo real)

Para pagamentos internacionais pode ser usada a conta Paypal:  erik@texwiller.nl, não esquecendo de  indicar o seu endereço para remessa.

Tex é muito famoso a nível mundial, mas na Holanda o Ranger já não é publicado desde 1981… o mercado é muito, muito pequeno e se os leitores de língua portuguesa  quiserem apoiar os pards holandeses, devem dar conhecimento a todos os seus amigos coleccionadores de Tex para comprar algum(ns) álbum(ns) da dupla Nizzi & Wilson.

Isso realmente ajudará a que Tex tenha uma nova vida editorial, sabendo já o blogue do Tex que em Outubro teremos um novo Tex Gigante com selo holandês, o desenhado por Fabio Civitelli e escrito por Mauro Boselli, “A cavalgada do morto“, lançamento que levará Fabio Civitelli, cada vez mais o maior embaixador do Ranger, à Holanda!


.

Para concluir, se algum leitor do blogue do Tex tiver alguma dúvida sobre como adquirir esta nova preciosidade texiana, deixe a pergunta na forma de comentário que os responsáveis holandeses responderão.

Saudações da Holanda.

Tex e Carson numa arte exclusiva de Colin Wilson para a edição holandesa

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

6 Comentários

  1. O Último Rebelde” é uma das minhas histórias prediletas de “Tex”. O neozelandês Colin Wilson é um excelente desenhista.
    Parabéns a Fernanda Martins e toda a equipe que trouxe o álbum às bancas e livrarias.

  2. O Collin é realmente um grande desenhista, mas não gostei dessa linha branca em volta dos desenhos de Tex e carson, ficou parecendo colagem em cima de fundo pré existente.

  3. Caro amigo e Pard Zeca,

    muito legal tomar conhecimento que o País de origem de meu falecido pai (responsável pela minha introdução ao mundo de Tex) conhece e curte Tex.
    Para mim foi uma grata surpresa, já que nem imaginava que por lá gostassem de Tex.
    Receba os cumprimentos do Fã Clube Tex Brasil (nos inspiramos no Clube Tex Portugal para existirmos) pelo excepcional trabalho que tem feito em prol de Tex e seus Pards, em todo o mundo.
    Grande abraço.
    José Leonardus, Presidente do Conselho Deliberativo do Fã Clube Tex Brasil.

    • Prezado Vasco Gomes,
      Na versão portuguesa “O último rebelde” só existe em edição brasileira, mas tendo sido já publicado há vários anos (2002) a editora Mythos já não tem nenhum exemplar para venda pelo que somente fazendo uma pesquisa pela Internet se pode ter a sorte de encontrar algum exemplar à venda…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.