Fanzine “A Conquista do Oeste” – Maio/Novembro 2001 – Página 83 – Os outros artistas que participaram em filmes de “western” (Parte 3)

OS OUTROS ARTISTAS QUE PARTICIPARAM EM FILMES DE “WESTERN” (Parte 3)

Fanzine “A Conquista do Oeste” – Página 83Muitos outros artistas teriam também um papel importante, na divulgação de filmes de “western”, ainda que em artigos anteriores, só nos tivéssemos preocupado mais com os actores que acabariam em Histórias aos Quadradinhos.

Mas claro, houve muitos artistas de craveira mesmo, que tiveram um papel muito significativo nos filmes de “western”. No entanto, sobre esses iremos unicamente indicar os nomes e pouco mais. O espaço assim o obriga:

Iron Eyes Cody (1907-1999). Era um índio “Cherokee”. Viria a entrar em filmes de “western” desde pequenino, com 5 anos. O seu pai que o tinha levado para Hollywood, era consultor para assuntos de índios nos filmes. Trabalhou desde 1912 a 1978.
Chuck ConnorsChuck Connors (1921-1992). Trata-se de um artista essencialmente conhecido pelo seu trabalho na TV. De qualquer dos modos também entrou no Cinema, desde 1956 a 1982.
Elisha Cook JR. (1906-1995). Era pequeno e de olhos salientes. Fez pequenos papeis em filmes de “cow-boys”, desde 1952 a 1980, com algumas séries de TV no meio.
Gary Cooper (1901-1961). Um grande artista, não só nos seus filmes de “western” como em outros papeis. Trabalhou desde 1925 a 1959. Deixou-nos figuras inesquecíveis.
Joseph Cotten (1905-1994). Um artista selectivo. Trabalhou pouco, só em papeis de grande projecção. Também fez filmes de “western” desde 1946 a 1980, incluindo séries de TV.
Buster CrabbeBuster Crabbe (1908-1983). Era um artista de pouco fôlego, embora tivesse interpretado todo o tipo de papeis, inclusive os de “Tarzan” e de “Flash Gordon”. Os filmes de “cow-boys” não lhe poderiam escapar. Fê-los desde 1933 a 1965.
Ken Curtis (1916-1991). Casado com a filha de John Ford, Barbara, viria a desempenhar alguns papeis nos seus filmes. Trabalhou desde 1945 a 1981, com algumas séries de TV.
Royal Dano (1922-1994). Sempre foi um actor secundário, mas deixou boas personagens. Trabalhou desde 1951 a 1981, com muita TV.
John Dehner (1915-1992). Foi um “disco-jockey”, antes de entrar para o Cinema. Trabalhou quase sempre em papeis secundários, desde 1946 até 1981, salientando que metade eram séries de TV.
Frank De Kova (1910-1981). Era mais um actor secundário, desta vez interpretando papeis de índio e mexicano, devido às suas características fisionómicas. Trabalhou desde 1952 a 1979, também com TV à mistura.
Bruce Dern (1936-). Um duro com poucos filmes, onde interpreta papeis de secundário. Trabalhou desde 1967 até 1981, com TV.
Andy Devine (1905-1976). Gordo e de voz fanhosa, mas sempre em papeis de qualidade, embora secundários, viria a trabalhar em filmes de “western” de 1932 a 1972, com séries de TV.
John Dierkes (1908-1975). Era mais um artista secundário, embora de qualidade. Trabalhou de 1951 a 1961, com poucas séries de TV.
Richard Dix (1894-1949). Teve alguns filmes de relevo, interpretando figuras do escritor Zane Grey. Trabalhou de 1923 a 1943.
Brian DonlevyBrian Donlevy (1899-1972). Tratava-se de um artista com uma presença dominadora no grande ecrã. Trabalharia em filmes de “western”, desde 1923 a 1967, com alguma TV.
Kirk Douglas (1916-). Nunca foi um artista que se destacasse muito nas suas interpretações. Mas chegou a impressionar com alguns dos seus trabalhos. É pai de outro artista, que alcançou já os seus méritos. Nunca ganhou nenhum Óscar, embora lhe tenham dado um pela sua vida de actor como prémio de consolação. Trabalhou em filmes de “western” de 1951 a 1984, com uma única série de TV.

(Para aproveitar a extensão completa da imagens acima, e/ou imprimí-la, clique na mesma)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.