CLUBE TEX PORTUGAL JÁ TEM A SUA REVISTA!

Por Jorge Magalhães [1]


Já lá vão duas semanas, mas parece que foi ontem!… Conforme largamente divulgado no Tex Willer Blog, realizou-se em 29 de Novembro p.p. o 2º Convívio do Clube Tex Portugal e o cenário eleito para esse evento, que reuniu dezenas de sócios e seus familiares, foi, mais uma vez, o espaçoso e concorrido restaurante Regiões, sito naquela que já é denominada por muitos pards, membros e simpatizantes do Clube, como Cacém City.

O Gato Alfarrabista também se fez representar nesse caloroso (e ruidoso) Convívio, com a sala a abarrotar de gente — nas noites de sábado o restaurante está sempre à cunha — e música de fundo a ressoar-nos nos tímpanos durante horas e horas… o que proporcionou muitos momentos de alegria e de animado bailarico, sobretudo a um grupinho de moças do nosso clã, que se destacou pelo seu contagiante entusiasmo.

Mas o momento mais alto — à parte o efusivo ritual, celebrado com as honras devidas, de partilhar e saborear o artístico bolo comemorativo deste Convívio, com uma imagem de Tex, como é da praxe —, foi, sem dúvida, a apresentação pelos directores do Clube, José Carlos Francisco, Mário João Marques e Carlos Moreira, do número de estreia da sua revista, que todos os sócios presentes fizeram questão de comentar e elogiar, considerando-a uma das mais belas surpresas com que foram brindados nesta quadra natalícia. E até os mais novinhos ficaram satisfeitíssimos por a receber!…

Pela nossa parte, queremos desde já sublinhar o seu excelente aspecto gráfico, com uma capa de belo efeito da autoria do grande artista texiano Andrea Venturi — capa essa que serviu de mote à requintada arte culinária do mestre(a) confeiteiro(a) que confeccionou o recheio e a cobertura do magnífico bolo de aniversário, rapidamente tragado por mais de 50 gulosos convivas! E é muito bem capaz de não ter chegado para todos!…

Com colaboração variada, nas suas luzidas 32 páginas, onde a cor é uma nota dominante, este 1º número destaca-se ainda por apresentar outras ilustrações inéditas de grandes artistas da Velha Bota, como Maurizio Dotti e Stefano Biglia, e por ter sido quase inteiramente realizado por sócios do Clube, portugueses, italianos e brasileiros.

Se quisesse dar-me ao cuidado de recomendar o que mais me agradou no seu conteúdo — o que me parece tarefa ingrata e sem grande utilidade, pois cada um fará o seu próprio juízo —, começaria por referir os textos do seu director, Mário João Marques, a quem são devidos, com inteiro mérito, os maiores elogios pelo notável trabalho realizado, sob a sua alçada, por este grupo de colaboradores (entre os quais, sem imodéstia, me incluo).

Através do Tex Willer Blogue chega-nos a notícia — confirmando o grande êxito que este número obteve entre todos os sócios que já o receberam (pois nenhuma das suas expectativas saiu defraudada… e, nesta matéria, falo também por mim!) — de que a partir da próxima edição a revista terá periodicidade semestral, continuando a ser distribuída gratuitamente a todos os sócios com as quotas em dia. Mário João Marques está ainda apostado em aumentar o número de páginas, devido à crescente afluência de colaboradores, assim como ao interesse já manifestado por outros autores italianos em participar com trabalhos inéditos, juntando-se a Venturi, Dotti e Biglia.

Esperemos que entre esses insignes colaboradores esteja também um talentoso artista português, autor do cartaz deste memorável Convívio e texiano dos quatro costados: António Lança Guerreiro, que teve a amabilidade de nos obsequiar com um exemplar autografado de um dos seus recentes trabalhos. Aqui o reproduzimos, com o maior prazer.

Pelos largos trilhos da Aventura, com Tex cavalgando sempre a seu lado, o destino do Clube e desta bela revista, unidos pelos mesmos objectivos — que merecem ser calorosamente saudados e apoiados —, parece, pois, a longo prazo, sereno e auspicioso.

Como diriam os nossos heróicos pards, acenando alegremente com os seus chapéus, do alto de uma colina iluminada pelo sol: Tanti auguri! Buona fortuna, Clube Tex Portugal!!

[1]Texto de Jorge Magalhães apresentado no blogue “O gato alfarrabista” em 16/12/2014;
Copyright: © 2014, Jorge Magalhães

(Para aproveitar a extensão completa das fotografias acima, clique nas mesmas)

3 Comentários

  1. No próximo ano voltarei a Europa, e com certeza a Portugal, então certamente estarei presente em um desses eventos, com essas pessoas maravilhosas.

  2. Que grande honra, caro pard Zeca, ver um post do Gato Alfarrabista reproduzido com tanto destaque (embora por um motivo muitíssimo especial) num blogue com o prestígio e a projecção do Tex Willer Blog! Que grande honra, repito! Muito e muito obrigado!!!
    Em boa hora, fomos, eu e a Catherine, ao 2º Convívio do Cacém, onde desfrutámos bons momentos de franca confraternização e amena cavaqueira (que, de certa forma, me trouxeram à memória os convívios do Mundo de Aventuras), e espero, se Deus me der vida e saúde, continuar a fazer-vos companhia e a colaborar na bela revista do Clube Tex, que já é o orgulho de todos os texianos portugueses!

    Um grande abraço.

  3. Agradeço ao ilustre Jorge Magalhães as suas amáveis palavras pelo meu modesto trabalho. Foi para mim uma honra tê-lo conhecido e, também, o ter-lhe podido dedicar o meu desenho. As mais sinceras saudações texianas, e espero voltar a encontrá-lo a si e à sua esposa em futuros encontros texianos, promovidos pelo Grande Clube Tex Portugal. Até uma próxima oportunidade.

    Um Abraço
    António Lança Guerreiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *