Capas Aurelio Galleppini – Edições Tex “Normal” nº 6 a 10

Por José Rivaldo Ribeiro *

Capa original - Tex nº 73 - Novembro 1966Tex nº 6 – O Vale do Terror

Publicação desta capa no Brasil: (Três vezes)
Não há relação entre capa/história!

Capa original: Tex nº 73 – Novembro 1966
História: Tex nº45/46 – La Valle della Paura – Ago/Set 1964

Tex nº 6 - Editora Vecchi - Agosto 19711ª – Tex nº 6 – Editora Vecchi – Agosto 1971

Esta capa tem algo que eu não poderia deixar em branco; já li muitas história de Tex nas quais os cavalos em meio a tiroteios são utilizados como “escudos” ou muitas vezes são sacrificados como forma de desarmar o inimigo; ainda bem, que se trata de ficção!!
A história que abre a edição é excepcional. O Vale do Terror é um título forte. O texto foge um pouco do convencional do que conhecemos; o título poderia ter sido bem adaptado para “As Belas e a Fera”; e para aqueles que criticam a falta de uma “Bella Donna” em aventuras do Ranger, esta história é uma boa pedida!
Em Tempo: A aventura “O Vale do Terror” foi republicada em 1996 pela Globo; certo? Errado!
Trata-se de outra história com o mesmo título; a Globo traduziu literalmente: ( La Valle del TerroreTex Albo Speciale nº 9) lançada na Itália em Junho de 1990 ; no Brasil saiu em Tex Especial – Dez/1996 – Globo e  Tex Especial Gigante nº 13 – Abr/2004 – Mythos.
Mas são histórias distintas, pois não há ligação entre as mesmas! O Vale do Terror de Magnus (Roberto Raviola), que fala de Seita e Vingança é considerada pelos leitores, uma das mais belas aventuras de Tex, foi inclusive premiada com o troféu HQ Mix de 1996. Eu,devorei a edição eu um único dia!
Mesmo em italiano os títulos são confudíveis! Em TXC#72 a Globo acertou em cheio ao traduzir correctamente La valle della paura/O Vale do Medo e ao utilizar a capa oficial.

Tex nº 6 - Segunda Edição - Editora Vecchi – Setembro 19772ª – Tex nº 6 – Segunda Edição – Editora Vecchi – Setembro 1977

Cores totalmente modificadas pela Vecchi! A capa foi tão mal-repintada que o nosso Ranger ganhou uma camisa e um chapéu na cor roxa, nessa versão!  E o cavalo certamente é Dinamite que é branco, mas ficou castanho!

Tex Coleção nº 109 – Editora Globo - Fevereiro 19963ª –  Tex Coleção nº 109 – Editora Globo – Fevereiro 1996

Capa fora da ordem cronológica, utilizada como simples encaixe!
A Globo fez algumas mudanças nas cores dessa capa, mudando tudo, comparativamente com o original!

Capa original - Tex nº 63 – Janeiro 1966Tex nº 7 – Drama na Pradaria
Publicação desta capa no Brasil: (Três vezes)

Capa original: Tex nº 63 – Janeiro 1966
História: Tex nº63/64 – Dramma nella prateria – Jan/Fev 1966

Tex nº 7 - Editora Vecchi - Setembro 19711ª – Tex nº 7 – Editora Vecchi – Setembro 1971

Há relação entre capa/história, mas no original italiano a edição de Tex nº 63, finalizava uma aventura nas primeiras páginas, havia outra pequena história completa no meio e iniciava-se na mesma edição Dramma nella Prateria e talvez por esse motivo, Galep tenha usado uma capa “genérica”.
Em Tempo: A Saga de Tex passa-se há mais de 100 anos, mas as suas histórias às vezes parecem-nos bem actuais; é o caso de “Drama na Pradaria”, pois ficamos colados em cada “quadrinho” e mesmo já prevendo o final, ficamos  a torcer por justiça! Sendo Giovanni Luigi Bonelli italiano, às vezes acho que não foi tão difícil para ele elaborar histórias como esta e tantas outras! O banqueiro Big Ben Barries lembra-nos os antigos chefões da máfia ou até mesmo figurões políticos actuais! Esta edição também não traz os famosos números que dividem cada tira.

Tex nº 7 - Segunda Edição - Editora Vecchi – Outubro 19772ª – Tex nº 7 – Segunda Edição – Editora Vecchi – Outubro 1977

Capa com cores totalmente modificadas pela Vecchi! Se bem que o fundo azul ficou bem bonito!!
Em Tempo: Penso que todo o coleccionador de Tex já sabe disso, porém quem sabe se esta informação atinja alguém que ainda não sabe: A segunda edição de Tex foi cancelada no nº 149 com um saldo de 150 exemplares! A Vecchi faliu em 1983 e imaginem, nem tinha papel para a impressão de “Pacto de Sangue” que saiu pela metade. Darei mais detalhes desta história em Tex nº 94.

Tex Coleção nº 84 – Editora Globo – Janeiro 19943ª – Tex Coleção nº 84 – Editora Globo – Janeiro 1994

Capa fora da ordem cronológica, utilizada como simples encaixe!
Esta versão da Globo está excelente, cores perfeitas, tudo na medida!!

Capa original Tex nº61 - Novembro 1965Tex nº 8 – Horda Selvagem
Publicação desta capa no Brasil: (Duas vezes)

Capa original Tex nº61 – Novembro 1965
História: Tex nº60/61 – L’orda selvaggia/Morte nella Neve – Out/Nov 1965

Tex nº 8 - Editora Vecchi - Outubro 19711ª – Tex nº 8 – Editora Vecchi – Outubro 1971

É curioso como às vezes uma simples mudança de cor pode alterar uma paisagem; a capa original é da história “Morte nella Neve/Cidade sem Lei”, mas parece que aqui a neve ficou parecendo barro, ao menos nesta versão!!! Aventura que começa com Tex sendo designado para capturar bandidos; dessa vez “A Horda Selvagem”, que escapam e conseguem chegar à América do Sul.
Em Tempo: Surpreendentemente, Tex e Carson vêm parar nestas terras a fim de capturar os dois últimos elementos que restavam! G. L. Bonelli e Galep não deram muitos detalhes dos locais por onde os nossos Rangers passaram em solo Latino. Quem sabe se com os  novos argumentistas na saga, Tex e Carson ainda aportam um dia no Brasil (na sua época, lógico). História com números que separam as tiras!


Tex nº 8 - Segunda Edição - Editora Vecchi - Novembro 19772ª – Tex nº 8 – Segunda Edição – Editora Vecchi – Novembro 1977

Capa com cores totalmente modificadas pela Vecchi. Agora sim, nesta capa pelo menos a neve ficou com a sua cor original!
Em Tempo
:
Esta capa não foi republicada pela Globo ou pela Mythos.

Capa original - Tex nº 34 – Agosto 1963
Tex nº 9 – O Louco do Deserto

Publicação desta capa no Brasil: (Duas vezes)

Capa original: Tex nº 34 – Agosto 1963
História: Tex nº 34/35Il totem nel deserto – Ago/Set 1963

Tex nº 9 - Editora Vecchi - Novembro 1971

1ª – Tex nº 9 – Editora Vecchi – Novembro 1971

Capa e história idênticas ao original italiano.
Nesta história, Tex fica realmente frente a frente com um puma, mas Aurelio Galleppini preferiu fazer uma “junção” entre as duas capas de Tex nº 2 e nº 14 da Sexta Série do Ranger, como se pode ver um pouco mais abaixo; notem a posição estranha da mão de Tex nesta “montagem”; já na capa TXC#57, numa situação similar entre Tex e um puma, a capa ficou mais interessante..
.
.
.

Capas de Tex nº 2 e 14 da Sexta Série

Em tempo: Apesar da mais famosa e mais conhecida história de “Pat, O Irlandês” ter sido somente publicada em Tex nº 82, é de facto a sua estreia oficial. Este Tex nº 9, traz mais uma belíssima aventura com o Pard desastrado. Ops!! Caros amigos, na realidade a história “O Louco do Deserto” nada mais é do uma espécie de “continuação” da famosa história de Tex nº 82, “Pat, O Irlandês“. É que por motivos nada óbvios, saiu antecipadamente no Tex nº 9. Duvida? Basta confirmar no seu acervo: Tex#09 e 82 da primeira edição ou Tex#09 e 82 da segunda edição; mais detalhes em TXC#55,56,57!

Tex nº 9 - Segunda Edição - Editora Vecchi – Dezembro 19772ª – Tex nº 9 – Segunda Edição – Editora Vecchi – Dezembro 1977

Capa com cores e tons modificados pela Vecchi!
Em tempo: Esta capa não foi republicada pela Globo nem pela  Mythos e certamente jamais será.

Capa original - Tex nº 76 – Fevereiro 1967Tex nº 10 – A Flecha Negra
Publicação desta capa no Brasil: (Três vezes)

Capa original: Tex nº 76 – Fevereiro 1967
História: Tex nº 75/76 – La freccia nera/Deserto Bianco

Tex nº 10 - Editora Vecchi - Dezembro 19711ª – Tex nº 10 – Editora Vecchi – Dezembro 1971

Esta capa é espectacular; porém não me recordo de ter visto Tex rio abaixo numa canoa. Na história citada, há um índio, mas isso faz-me lembrar, caros amigos, que muitas vezes uma capa não retrata o conteúdo de uma aventura, figura apenas como mera ilustração!!Que aventura!!!
O Difícil é imaginar como Tex e Carson foram parar no Alasca a cavalo!! Dentre todas as aventuras em que Gros-Jean participou, em minha opinião esta é a melhor!!! Apesar dos famosos cortes da Vecchi, eu não poderia deixar de salientar que o último “quadrinho” da história foi cortado na 1ª edição mas não ficou de fora na 2ª.
Aventura com números que separam as tiras!

Tex nº 10 – Segunda Edição - Editora Vecchi – Fevereiro 19782ª – Tex nº 10 – Segunda Edição – Editora Vecchi – Fevereiro 1978

Capa com cores e tons modificados pela Vecchi; apesar disso nesta segunda versão vemos detalhes antes ocultados na  1ª edição!


Tex Coleção nº 112 – Editora Globo – Maio 19963ª – Tex Coleção nº 112 – Editora Globo – Maio 1996

Capa fora da ordem cronológica, utilizada como simples encaixe!
A Globo fez algumas mudanças nas cores e a imagem saiu virada ao contrário!


* José Rivaldo Ribeiro é um grande coleccionador brasileiro de banda desenhada, tendo participado activamente de pesquisas para edições, blogues e sites referentes a BD de diversos géneros!
Considera-se um crítico de banda desenhada e é também leitor e coleccionador de Tex.

3 Comentários

  1. Muito bom você rever essas capas!…
    Estou salvando tudo que posso!
    Quando sairá a próxima remessa?… estou de olho!
    Dionísio H. de Araújo

  2. Caro Dionísio, de inicio estamos tentando disponibilizar matérias semanais, abordando as capas de 5 em 5 edições!!!
    O intúito da matéria é também deixar o colecionador português e brasileiro a par de informações básicas das edições originais, tão “distantes” de nós colecionadores!
    Obrigado
    Rivaldo

  3. Valeu pela resposta, caro José Rivaldo.
    Essa sua pesquisa está sendo de grande valia pra mim, pois nos dá a chance de conhecer todo o trabalho texiano do 1° desenhista de Tex…
    Continue nos presenteando com essas belíssimas páginas, e essas informações maravilhosas, desse mundo fantástico do nosso querido Águia da Noite!
    Um grande abraço.
    Dionisío H. de Araújo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.