Blueberry e Tex por Laura Zuccheri

Por Afrânio Braga, criador do blogue Blueberry, Uma Lenda do Oeste: https://blueberrybr.blogspot.com

Blueberry e Tex por Laura Zuccheri

Laura Zuccheri e o seu gato Nando.

Laura Zuccheri nasce em Budrio, na província de Bolonha, Itália, em 4 de Outubro de 1971 e, depois do liceu científico, em 1990, inicia um curso de gráfica publicitária, em Bolonha, que frequenta até 1991. No ano seguinte, ela trabalha para algumas agências de publicidade e depois, em Novembro de 1992, chega o encontro com Giancarlo Berardi e Ivo Milazzo. Zuccheri começa a colaborar com a revista “Ken Parker Magazine”, empenho que a ocupa até 1995, ano em que passa a colaborar com a Sergio Bonelli Editore.

Em 1996, Laura Zuccheri desenha, com Pasquale Frisenda, “Hardware”, uma história escrita por Maurizio Mantero para “Zona X”, em seguida, em 1997, inicia a trabalhar para “Julia”, permanecendo nas histórias da personagem até 2014.

Em 2006, inicia a sua colaboração com Sylviane Corgiat e com o mercado francês de banda desenhada para o qual desenha os quatro volumes da história fantástica medieval “Épées de verre”.

Laura Zuccheri foi candidata ao Premio Celeste 2010. Em 2013, obtém o máximo consenso do público e acaba por receber o Premio Celeste daquele ano.

Em 2013, foi-lhe confiada a realização da capa do “Color Tex” nº 4, tornando-se assim a primeira ilustradora a cimentar-se com o ranger bonelliano. A prova, evidentemente, agrada aos vértices da Sergio Bonelli Editore que, no ano seguinte, lhe confiam os desenhos de um “Texone” publicado em Junho de 2019, com o título “Doc!”.

Durante essa experiência ela descobriu o interesse pela pintura, sob a influência de pintores e ilustradores americanos dos anos 1800 e 1900 como Reminghton, Russell, Rockwell, Layendecker, Sargent e Wyeth. Entre os mestres russos a sua atenção volta-se para Repin, Shishkin, Serov, Aivazovsky e Kramskoi, embora, preste também atenção aos europeus Larsoon, Sorolla, Boldini e outros.

Dedicada, principalmente, à pintura de paisagens, a artista está, actualmente, a experimentar também o retrato. Laura pinta rigorosamente o real, realizando um esboço inicial directamente no lugar e, num segundo momento, transferindo o desenho à tela.

Em 2017, foi publicado o primeiro volume de “Retour sur Belzagor”, extraído do livro de Robert Silverberg, para a editora Les Humanoïdes Associés; em 2018, saiu o segundo e último volume dessa história.

Actualmente, Laura Zuccheri está a trabalhar no primeiro volume de “Thellus”, uma história de ficção científica com argumento da escritora Simona Mogavino, para a editora Glénat; serão dois volumes que sairão em 2022. A desenhadora italiana também trabalha no presente para a editora Daniel Maghen numa história sobre a antiga Índia, baseada no livro “The Ballad of The Crimson Queen” escrito por Sudeep Menon, que sairá com o título “La Ballade de la reine rouge” num único álbum de 104 páginas.

Para “Tex” está a trabalhar em duas histórias: uma para a série cartonada (Tex Romanzi a Fumetti), escrita por Mauro Boselli, que fala de Pearl Hart e cujo título ainda não se sabe; a outra é para a série regular, escrita por Pasquale Ruju, é intitulada “La gazza ladra”.

Laura Zuccheri, ilustradora, pintora e desenhadora de banda desenhada.

A ilustração de Blueberry e Tex em progresso

Laura Zuccheri na fronteira entre a Índia e o Nepal

Fontes:
Imagens: Laura Zuccheri.
Biografia: Sergio Bonelli Editore, Lo Spazio Bianco, Salamon Fine Art e Laura Zuccheri.

A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud
Blueberry © Jean-Michel Charlier / Jean Giraud – Dargaud Éditeur

A personagem Tex foi criada por Giovanni Luigi Bonelli e realizada graficamente por Aurelio Galleppini
Tex © Sergio Bonelli Editore

Blueberry, o irmão francês de Tex.” – Sergio Bonelli editor e argumentista

Agradecimentos a Laura Zuccheri pelo desenho de Blueberry e Tex, lendas do Oeste, para o blogue.
Afrânio Braga

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

Um comentário

  1. O desenho de Tex e Blueberry é claramente inspirado no filme “A Desaparecida”. No lugar de Tex estava John Wayne e no lugar de Blueberry estava Jeffrey Hunter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.