A visita dos Sonhos: Thiago Gardinali na SBE

Por Joana Rosa Russo (Advogada de profissão, gamer por paixão) [1]

Thiago Gardinali, o conceituado jornalista, repórter, apresentador e director de televisão que no passado mês de Abril veio a Anadia cobrir a 4ª Mostra do Clube Tex Portugal, foi recentemente até Milão, Itália, visitar a Casa dos Sonhos. Não, não estamos a falar de um local, mas sim DO LOCAL: Sergio Bonelli Editore.

Thiago Gardinali nesta sua visita a uma das maiores editoras europeias, conversou inclusive com Davide Bonelli, o director geral da editora milanesa  tendo nos brindado com incríveis fotografias recheadas de referências e curiosidades que damos a conhecer de seguida aos nossos leitores:

Thiago Gardinali e a fachada do prédio onde funciona a Sergio Bonelli Editore, logo no primeiro andar.

A magnífica placa de apresentação.

Tecnicamente, trata-se de um corredor interno na SBE… mas convenhamos que, com tantas obras, é uma galeria.

Continuando a galeria. Ao fundo, já é possível notar elementos ligados ao Brasil, como o quadro com o animal ícone da Amazónia – a onça pintada

Thiago Gardinali e Dylan Dog

Thiago Gardinali na sala de reuniões de Sergio Bonelli

Grouxo, como sempre, um pouco avesso, mas boa pessoa

Thiago e Davide Bonelli na sala onde Sergio Bonelli se libertava e criava todo o universo que o seu pai havia começado. De acordo com Davide, Sergio Bonelli era um grande apreciador da arte erótica, o que justifica, na sua sala, a exibição de material específico, muito bem desenhado

Com visão mais ampla, podemos conferir o mundo à parte da sala onde Sergio Bonelli “escondia-se”. É possível imaginar quantas das grandes histórias que temos em mãos começaram naquele local

Thiago com Roberto Paravano na sala onde ficam todos os títulos da editora, em infinitas prateleiras. Foi lá que o Davide Bonelli fez uma proposta “quase indecente” ao Thiago Gardinali: “Pegue o que quiser!”

Thiago na mesma sala “arquivo”

Alfredo Castelli, mostrando ao Thiago Gardinali, o computador original, um Macintosh dos anos 80 (uma RARIDADE), usado por Martin Mystère nas suas primeiras histórias. Esse computador é do próprio Castelli, que levou à SBE para que os desenhadores tirassem a referência para fazer os desenhos nas histórias

(Para aproveitar a extensão completa  das imagens acima, clique nas mesmas)

Aproveitando a passagem de Thiago Gardinali pela Sergio Bonelli Editore, vamos divulgar um vídeo com uma conversa descontraída, mas bastante rica e interessante, entre o próprio Thiago e Joana Rosa Russo, onde o jornalista nos dá a conhecer as mais recentes novidades editoriais da Bonelli abordando também a experiência única que viveu ao lado de Davide Bonelli, mas o melhor, caro leitor, é assistir ao vídeo e conferir por si mesmo!

**ERRATA: Na parte em que é comentado o Especial Civitelli houve apenas um dado comentado de forma equivocada. O encadernado será em capa dura, mas em preto e branco e não em cores, como é divulgado no vídeo!

[1] (Material publicado originalmente no Síte “4Fun Games“, em 25 e 27 de Maio de 2017)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *