EXCLUSIVO MUNDIAL: As capas das LUXUOSAS edições de TEX EDIÇÃO GIGANTE EM CORES nº 2 e nº 3

EXCLUSIVO MUNDIAL:
.
As capas das LUXUOSAS edições de
.
TEX EDIÇÃO GIGANTE EM CORES nº 2 e nº 3

Por José Carlos Francisco

Terra sem lei, de Alberto Giolitti

Após termos divulgado a semana passada, em RIGOROSO EXCLUSIVO MUNDIAL, aqui mesmo no blogue português do Tex, a capa da LUXUOSA edição de TEX EDIÇÃO GIGANTE EM CORES nº 1, série que republicará, na mesma ordem em que saíram na Itália, as magníficas aventuras desta colecção interpretada por grandes Mestres da 9ª Arte, agora totalmente a cores, com 240 páginas, formato grande e CAPA DURA, onde para além de um novo texto, cada edição vai trazer também matérias inéditas, hoje damos a conhecer, também em NOVO EXCLUSIVO MUNDIAL, as capas das edições nº 2 e nº 3, edições previstas para Setembro e Novembro deste ano e cujas artes são da autoria de Alberto Giolitti (volume 2) e Aurelio Galleppini (volume3).

O segundo volume desta magnífica colecção trará a fabulosa história “Terra sem lei“, com argumento e roteiro de Claudio Nizzi. Com o título original Terra senza legge, a história foi publicada originalmente em Itália no Tex Albo Speciale nº 2, em 1989, e no Brasil pela Mythos Editora em 1999.

A luxuosa capa de TEX EDIÇÃO GIGANTE EM CORES nº 2

Terra sem lei é um western clássico, caracterizado por um argumento despretensioso, sem outro objectivo que uma bela homenagem ao velho oeste: Tex e os seus companheiros têm por missão acabar com a actividade de um conjunto de malfeitores que dominam, a seu bel prazer, uma cidade.

A capa e contra-capa de TEX EDIÇÃO GIGANTE EM CORES nº 2

Na 4ª capa deste segundo volume, a Mythos Editora publica o seguinte texto: Um clássico! Assim deve ser definida a história TERRA SEM LEI. O roteirista Claudio Nizzi criou uma trama em que Tex tem que usar toda sua astúcia e ousadia para combater o patife de colarinho branco Paul Morrison e sua bela amante mexicana, Lola Chavez, que dominam a cidade de Safford, no Arizona, e fazem dela sua base para praticar assaltos em toda a região, com a ajuda de um bando de apaches. E não por acaso a arte é assinada por Alberto Giolitti, que faz o Tex mais durão, mais intenso e mais cinematográfico que já foi desenhado.

Por isso, seja você um veterano texiano ou um recém-chegado ao maravilhoso mundo de aventuras de Tex, você jamais esquecerá os quadrinhos esplêndidos desta obra-prima, nos quais a aventura é contada por meio do movimento dos homens e dos cavalos, da água no terreno que reflete a cena, ou ainda da terra levantada pelas patas dos cavalos. Tudo tão real que você vai pensar que está vendo tudo da sacada de um hotel de terceira categoria no escaldante Velho Oeste.

A marca da serpente, de Aurelio Galleppini

Já o terceiro volume trará a aventura “A marca da serpente“. Com o título original Il segno del serpente, a história foi publicada em Itália no Tex Albo Speciale nº 3 em 1990 e no Brasil pela Editora Globo em 1993 e 1998, para mais tarde, mais precisamente em Abril de 2008, a Mythos Editora a publicar também, no nº 21 da série Tex Gigante.

Aquando de uma missão de patrulhamento numa zona fronteiriça com o México, um grupo de soldados depara-se com um estranho desenho – uma serpente de duas cabeças – e decide ir investigar, descobrindo as ruínas de uma antiga fortaleza. Ao regressarem ao forte para comunicarem a estranha ocorrência, deparam-se com um número infindável de serpentes, sendo todo o grupo morto, com excepção do soldado Morrison que consegue escapar, vindo a morrer mais tarde, não sem antes conseguir contar a ocorrência. A juntar aos recentes roubos que têm ocorrido em minas de cobre, o Coronel solicita a Tex e Carson que investiguem o que se passa, levando os Rangers a uma aventura que mistura alquimia, bruxaria, subterrâneos, monges, mexicanos, índios e a busca da célebre pedra filosofal, com a sempre prestimosa ajuda do já célebre Bruxo Mouro.

A luxuosa capa de TEX EDIÇÃO GIGANTE EM CORES nº 3

Você, caro leitor do blogue do Tex, não pode perder este maravilhosos lançamentos, pois trata-se de uma colecção luxuosa e sofisticada, em papel especial. A tiragem será reduzida, mas em número suficiente para ser distribuída nas principais bancas do Brasil, mas de modo a poder atender todos os interessados, inclusive de Portugal, a Mythos Editora disponibilizará no seu sítio Internet, esta magnífica colecção! Um tesouro que não pode faltar em nenhuma bibliotex.

A capa e contra-capa de TEX EDIÇÃO GIGANTE EM CORES nº 3

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)


13 Comentários

  1. Mais uma vez, parabéns ao que parece ser a mais bela coleção de Tex de todos os tempos.

  2. Que maravilha de coleção!! Coisa que nenhum texiano pode perder!! Muita ansiedade pard Zeca!!! Obrigado pela divulgação dessas belas capas.

  3. E eu que pensava que Tex em Cores era a mais bela!… heheheeee
    Essa vai ficar pra história!! A não ser que a Mythos surpreenda a todos lançando o TEX GOLD em formato PRANCHA… aí o coração “num guenta“!! Sinceramente esse GIGANTÃO vale 100,00.

  4. Acertaram na edição 2 ao colocarem uma sinopse da aventura na última capa, poderia ser assim em todas as edições. Fazer comentários em uma e em outras não, fica parecendo que está desmerecendo as demais edições.

    Quanto as capas, belíssimas.

  5. Mal posso esperar essas edições. As que mais espero são as do Kubert, Parlov e Milazzo. Acho que saem ano que vem, não?

    PS: O número 3 vai ter o mesmo texto do 1 na quarta capa?

  6. Queridos texianos isso é coisa de outro mundo.
    Amigos que edição mais linda e caprichada. Parabéns à Mythos, única falha é ter que esperar ate julho, uma eternidade.

  7. Alguém me envie o link por favor dessa edição. No site não encontrei qual delas é.

    • Na Itália tivemos 25 Tex Gigantes coloridos (os 4 últimos não foram a tempo de sairem na colecção italiana, ou seja os do Seijas, Civitelli, Venturi e Roi), pelo que no Brasil se as vendas sustentarem a série gigante a cores, poderemos também vir a ter as mesmas 25 edições que os pards italianos tiveram…

  8. Pela grande e fantástica recepção do Gigantão nº 1, é certo que essa coleção vai ser sucesso garantido até sua última edição!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *