Tertúlia Texiana em Viseu

Por José Carlos Francisco (texto e fotos) e Orlando Santos Silva (fotos e vídeo)

Reservado: Tertúlia Texiana

No fim de semana inaugural do 17º Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu, mais precisamente na noite de 10 de Setembro, sábado, realizou-se, no que ao Tex diz respeito, uma Tertúlia Texiana que começou por juntar mais de 30 pessoas numa alongada mesa no restaurante churrasqueira A Grelha situado no interior da Feira de São Mateus e que se prolongou depois, e sempre com a presença de Fabio Civitelli, madrugada fora no bar/restaurante “O Lugar do Capitão”, onde estavam patentes os cenários urbanos, especificamente de Veneza, visitada por Corto Maltese na obra “Fábula de Veneza”.

Foi a primeira vez que um evento oficial português relacionado a Tex teve uma Tertúlia Texiana integrada na própria programação do Salão e foi seguramente um motivo mais para atrair alguns fãs e coleccionadores de Tex até Viseu de modo a poderem desfrutar de um maior espaço temporal junto de muitos outros fãs e coleccionadores de Tex, mas sobretudo de Fabio Civitelli, o premiado com o Troféu Anim’arte 2010, já que o autor italiano tinha confirmado há muito a sua presença na Tertúlia.

Como o próprio nome diz, a Tertúlia é na sua essência uma reunião de amigos com pelo menos um gosto em comum, que se reúnem de forma mais ou menos regular, para discutir vários temas e assuntos, embora em Viseu e por motivos óbvios, tudo se concentrava em redor de Tex e de Fabio Civitelli, daí ser denominada Tertúlia Texiana, já que no fundo todos os presentes eram (são) apaixonados pela personagem Tex Willer.

Fabio Civitelli rodeado por fãs e coleccionadores de Tex durante a Tertúlia Texiana

E foi uma verdadeira Tertúlia Texiana na real acepção da palavra, porque no quesito “Tertúlia” para além dos fãs e coleccionadores de Tex, acompanharam-nos em muitos casos as respectivas famílias e no quesito “Texiana” porque todas as conversas iam parar a Tex e também porque depois de um fausto jantar onde não faltaram sequer os famosos bifes de dois dedos de altura cobertos por uma montanha de batatas fritas, Fabio Civitelli começou a desenhar à mesa algumas belas ilustrações para alguns dos presentes que fizeram as delícias dos afortunados que ganharam a sorte grande de ver Civitelli a trabalhar para eles em plena mesa de um restaurante…

Já era perto da meia noite quando após registarmos as últimas fotos, abandonamos o restaurante churrasqueira A Grelha e foi a hora de algumas despedidas já que alguns texianos regressavam a casa nessa mesma noite, mas para aqueles que pernoitavam em Viseu, a Tertúlia Texiana prosseguiu, como estava previsto, no bar/restaurante “O Lugar do Capitão”e aí a Tertúlia prosseguiu animada pela madrugada fora como se pode atestar nas diversas fotos que ilustram este texto, assim como no pequeno vídeo, que apesar de curto mostra bem os magníficos e inesquecíveis momentos da Tertúlia Texiana integrada no 17º Salão Internacional de Banda desenhada de Viseu

5 Comentários

  1. Que beleza ver este pessoal fraternizando em nome do nosso herói Tex!
    E o amigo Fabio è um òtimo embaixador, além de ser um dos melhores desenhadores do Ranger.
    😉

  2. Fotos memoráveis, grande Zeca!
    A farra foi boa e que bom ver tanta gente confraternizando assim graças ao nosso querido ranger. Isto prova o quanto uma história em quadrinhos (BD) pode unir as pessoas. Sem dúvida as BDs ainda são um grande veículo de comunicação, apesar da alta tecnologia de ponta que está pelo mundo afora.
    Valeu! Sua equipe de reportagem está afiada e não perde um click! Maravilha!

  3. Zeca , obrigado por essas fotos. Adorei rever o pessoal e sobretudo vocês. A festa em Viseu foi muito legal. Valeu amigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *