As tribos Caddo e Tonkawa

Na história do Tex Anual #8 “A Trilha das Emboscadas“, cujo argumento é de Gianfranco Manfredi, são mencionadas tribos indígenas que ainda não tinham sido vistas nas aventuras de Tex: Caddos e Kaskaias.
Também é mencionada nessa mesma história, os Tonkawas, que além de ser o nome de uma tribo indígena que habitou o Texas, a palavra Tonkawa surge noutra história de Tex; Na aventura Busca Desesperada (Tex #335), Kit Willer, ferido após tiroteio com traficantes de armas, cai num rio. É recolhido, sofrendo de amnésia, por uma tribo Ute, que lhe atribui o nome Tonkawa – “Aquele que veio do Rio“.
O blogue do Tex vai então dar a conhecer aos Texianos um pouco mais sobre estas tribos:

A Tribo Caddo

ObjectoOs Caddo eram agricultures que viveram no Leste do Texas. Haviam dois grandes grupos de Caddo no Texas. Uma grande tribo Caddo eram os Kadohadacho que viveram em grandes acampamentos ao longo do Rio Vermelho perto da actual fronteira entre o Oklahoma e o Arkansas.

A outra eram os Tejas ou Hasinais Caddo que viveram junto à actual Nacogdoches, que foi erigida sobre uma das maiores povoações Hasinai. Estes eram formados por várias tribos organizadas numa confederação, a que eles chamavam Tejas. Tejas é a forma castelhana para a palavra Caddo e é pronunciada Te-haas. Parece-vos familiar? TEXAS! Sim, Texas é uma palavra Caddo. As tribos Caddo eram todas “amigas”.

A Tribo Tonkawa

HabitaçãoOs Tonkawa viveram no Texas central, perto da moderna Austin. O seu território histórico era ao longo das escarpas  Balcones entre Austin e San Antonio. Originalmente os Tonkawa tinham um maior território que incluía os montes junto a Llano e Mason Texas. Esta é a região do planalto Edwards, a Oeste de Austin e San Antonio. Eles percorriam a região até ao rio Brazos. Mais tarde, cerca de 1600, os Apache e ainda mais tarde, cerca de 1750, os Comanche mudaram-se para a região e expulsaram os Tonkawa do Planalto Edwards e para Leste deste. Eles viviam amigavelmente junto aos  Karankawa  e partilhavam terras junto aos acampamentos Karankawa. Os Espanhóis encontraram muitas vezes estas 2 tribos acampadas juntos nestas zonas partilhadas. Também partilhavam terra com tribos Coahuilteca ao Sul. Os Tonkawa parecem também ter sido hospitaleiros para muitas outras tribos. Em San Marcos e New Braunfels uma dúzia ou mais  tribos de todo o Texas foram encontradas por viajantes espanhóis. Estes eram campos de troca, onde os Caddo, Jumano e Coahuiltecan vinham encontrar-se com os Tonkawa por vários meses, no Verão. Enquanto lá, caçavam o búfalo (bisonte) nas planícies a Leste e trocavam bens e novidades. A região onde os Tonkawa viviam era uma espécie de encruzilhada entre as tribos do Norte, Sul, Este e Oeste. Isto significa que os Tonkawa eram amigáveis e queriam dar-se bem com as outras tribos. Mais tarde, isto ficou demonstrado pela forma como se adaptaram à presença dos colonos Americanos.

MapaTonkawa significa “o Povo dos Lobos “. Os Tonkawa acreditavam ser descendentes de um lobo mistíco. Por esta razão nunca matavam lobos. Esta forma de reconhecer um animal ou uma coisa como seu primeiro ancestral é chamado um sistema de totem. Como em muitas das sociedades com este tipo de crença os Tonkawa dividiam-se em clãs. Cada Clã tinha um animal ou espírito místico que criam protegê-los. Recusavam a agricultura porque diziam ser lobos e os lobos caçam para viver, não cultivam o que comem. Por isso obtinham a sua comida da caça e colecta. Eram caçadores-recolectores. Viviam numa região com muita caça, ainda hoje uma das melhores para a caça ao veado do Texas. Havia também abundância de búfalos e grandes nascentes. As de New Braunfels and San Marcos são tão grandes que se tornam rios. Os rios Colorado e Guadalupe rivers corriam através das terras Tonkawa. Estes rios e nascentes tinham peixe e crustáceos. Arvores de fruto cresciam ao longo dos rios e correntes por toda a região. Por esta razão, os  Tonkawa não precisavam de cultivar colheitas, pois tinham um grande quantidade de alimentos disponível
Os Tonkawa viviam em cabanas e tee-pees. As cabanas Tonkawa foram descritas como muito rudes e cobertas com qualquer coisa que estivesse disponível.

ImagemTonkawa tatuavam os seus corpos e caras. Tinham linhas negras tatuadas por todo o corpo. Os Karankawa, Wichita e Jumano também usavam o mesmo tipo de tatuagem. Isto fez com que os Espanhóis confundissem as tribos quando as identificavam apenas pela aparência, o que torna os seus registos pouco confiáveis.
Eram amigos e aliados dos Caddo, Karankawa, Jumanos e Coahuiltecas, mas inimigos dos Comanches e Apaches.
Mostraram-se amigáveis com os colonos Anglo-Americanos, ou pelo menos não muito agressivos. A meio do séc. XIX foram deslocados para reservas no Norte do Texas e mais tarde para outras no Oklahoma.

Os Tonkawas aliavam-se muitas vezes aos Americanos contra os Comanches e Wichita. Não esquecer que foram os Comanches que expulsaram os Tonkawa das suas terras. Actuaram como batedores e tropas com os Rangers do Texas e o Exército Americano em várias ocasiões, das quais a mais notável foi a batalha de Plum Creek contra os Comanche.
Em 1960 existiam somente 35 Tonkawa ainda vivos no Oklahoma. Mas, acredita-se que ainda existem alguns Tonkawa vivendo em segredo perto de Bastrop, a Leste de Austin.

Texto de Manuel Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *