Apresentação do livro “Patagónia” abrilhantou a passagem de Pasquale Frisenda pela 2ª Mostra do Clube Tex Portugal

Por José Carlos Francisco (texto), Cristina Costa Amaral (fotos), Marco Guerra (fotos) e Orlando Santos Silva (fotos e vídeos)

Apresentação da obra Patagónia no Museu do Vinho Bairrada

Um dos pontos mais altos da 2ª Mostra do Clube Tex Portugal foi a apresentação do livro de Tex “Patagónia”, escrito por Mauro Boselli e desenhado por Pasquale Frisenda, com o selo da Polvo numa estreia surpreendente e espectacular de uma editora portuguesa a publicar Tex Willer, realizada com a presença do consagrado desenhador Pasquale Frisenda na tarde de sábado, 9 de Maio, em pleno Auditório do Museu do Vinho Bairrada e que teve a moderação de José Carlos Francisco, tendo contado ainda com as participações do editor Rui Brito, de Mário João Marques, de Ricardo “Tex” Leite e de Tizziana Giorgini, esta última no papel de intérprete.

Editor Rui Brito no uso da palavra na apresentação de Patagónia

Editor Rui Brito, desenhador Pasquale Frisenda e intérprete Tizziana Giorgini

Apresentação do livro de Tex “Patagónia” no Auditório do Museu do Vinho Bairrada

O primeiro Tex Gigante genuinamente português publicado no nosso país foi uma edição altamente elogiada, sobretudo pela qualidade do papel usado e da magnífica impressão que surpreendeu, obviamente pela positiva, inclusive o próprio Pasquale Frisenda, que considerou a edição nacional como a melhor edição mundial no binómio qualidade papel/impressão, já que esta respeita fielmente toda a qualidade do seu traço e do detalhe, mas nesta apresentação há a destacar sobretudo a notória a emoção do editor Rui Brito, responsável da Polvo e quem tornou possível esta publicação, aquando da apresentação desta histórica publicação.

Pasquale Frisenda falando do seu Patagónia

Pasquale Frisenda no uso da palavra durante a apresentação de “Patagónia”

Há ainda a destacar os depoimentos enriquecedores e cheios de conhecimento de Mário João Marques e de Ricardo Leite, o nosso Tex, com abordagens mais específicas em relação à história desta edição, considerada quase unanimemente como uma das melhores aventuras do Ranger nas suas quase sete décadas de vida editorial, não esquecendo a oportunidade de ouvir da boca do próprio desenhador muitos dos pormenores sobre a realização desta épica aventura publicada em 2009 mas que ainda hoje arranca suspiros do próprio Frisenda.

Tex e o Patagónia português

José Carlos Francisco apresentando o livro Patagónia

Esta apresentação do “Patagónia” foi uma espécie de cereja no topo do bolo servida então a todos os que puderam estar presentes no lançamento desta edição, uma vez que puderam não somente ouvir o próprio desenhador assim como o editor, mas também conviver pessoalmente com Pasquale Frisenda, obtendo do desenhador italiano, após a apresentação, uma dedicatória especial e inédita na obra adquirida enriquecendo-a sobremaneira, mas melhor do que as palavras é ouvir de própria voz algumas intervenções dos próprios participantes nos vídeos que se seguem:

(Para aproveitar a extensão completa das fotos acima, clique nas mesmas)

4 Comentários

  1. Parabéns ao José Francisco pela iniciativa de publicar o “Tex Edição Gigante” em terras portuguesas. “Patagónia“, com o marca da Editora Polvo, ficou uma bela edição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *