PRANCHAS INÉDITAS de Villa a Serpieri passando por Laura Zuccheri, Filippucci, Biglia, Piccinelli, Leomacs, Acciarino, Venturi, Carnevale, Franzella, Dotti, Font, Ginosatis, Andreucci, Seijas, Breccia, Civitelli, Mastantuono…

Hoje no blogue do Tex vamos dar conhecimento aos nossos leitores de inúmeras páginas INÉDITAS de Tex que estão sendo desenhadas por alguns dos grandes nomes do staff de Tex, de Villa a Serpieri passando por Laura Zuccheri, Filippucci, Biglia, Piccinelli, Leomacs, Acciarino, Venturi, Carnevale, Franzella, Dotti, Font, Ginosatis, Andreucci, Seijas, Breccia, Civitelli, Mastantuono

Página de Claudio Villa para o Texone em produção

Página de Eleuteri Serpieri para uma edição especial de Tex

Página do Texone de Laura Zuccheri

Prancha de Lucio Filippucci

Página ainda a lápis de Stefano Biglia

Página de Piccinelli com o retorno da fogosa mexicana Lupe Velasco

Página da próxima história de Manfredi e Leomacs

Página de Gianluca Acciarino, num intrigante roteiro de Tito Faraci

Kit Willer numa página ainda a lápis de Andrea Venturi

Página do Texone de Massimo Carnevale

Página de Tex a lápis da autoria de Giuseppe Franzella

Maurizio Dotti numa página escrita por Tito Faraci

Página escrita por Ruju e desenhada por Ginosatis

Página de Stefano Andreucci para o Texone em produção

Página inédita de Alfonso Font

Página inédita de Ernesto Garcia Seijas

Página desenhada por Enrique Breccia para um seu Texone em produção

Página inédita de Fabio Civitelli

Para finalizar, o editor de Tex, Mauro Boselli, segurando duas pranchas originais desenhadas por Corrado Mastantuono para a história que será publicada em Janeiro de 2015

(Para aproveitar a extensão completa  das imagens acima, clique nas mesmas)

13 Comentários

  1. A equipe de desenhistas texianos continua sendo a melhor do mundo. Belos trabalhos de artistas excepcionais.
    A notar, entre as pranchas, histórias do passado de Tex.

  2. Como bem salientou Afrânio, a equipe está excepcional. E aí está um bom sinal de que temos um time de profissionais à altura das melhores épocas da história de Tex, principalmente quando falamos das décadas de 1960 e 1970.

  3. Se faz necessário que a Mythos torne a série principal no formato original italiano, estamos perdendo muitos detalhes da arte desses grandes artistas. Acho até uma coisa inevitável, cedo ou tarde vai ter que mudar.

  4. Todas excelentes, verdadeiras obras de arte, realmente o time de artista de Tex na atualidade é o melhor de todos os tempos.
    Espero que os roteiros façam jus a estes artistas.

    • Embora não de forma oficial, eis a previsão (oficiosa) dos próximos Texoni:

      Enrique Brescia – 2015
      Massimo Carnevale – 2016
      Stefano Andreucci – 2017
      Massimo Rotundo – 2018
      Majo Rossi – 2019
      Laura Zuccheri – 2020
      Horacio Altuna – 2021
      Claudio Villa – 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *