Gibicon nº 1, por Vander Dissenha

Por Vander Dissenha[1]

Estive em Curitiba participando da Gibicon nº 1, uma feira de quadradinhos. O ano passado aconteceu a Gibicon nº 0, que foi um evento experimental e que devido ao sucesso parece que será permanente daqui para frente. Desta vez pude rever alguns amigos que também gostam de quadradinhos e fazer novos amigos.

Participei de eventos relacionados somente aos quadradinhos italianos da Editora Bonelli, que são os meus favoritos. Participei de uma palestra sobre os quadradinhos Bonelli na Itália e visitei uma mostra dedicada ao editor Sergio Bonelli, que faleceu o ano passado. Também participei de uma homenagem ao Sergio Bonelli. Essa homenagem foi meio que uma palestra onde pessoas que conheciam o Sergio Bonelli falaram sobre ele, contaram histórias que viveram junto com ele. Um momento emocionante foi quando o Júlio Schneider (tradutor das revistas Bonelli no Brasil) ao contar sobre a sua amizade com o Sergio Bonelli, acabou se emocionando e chorando.

O argumentista italiano Moreno Burattini também esteve presente nessa homenagem e mostrou num telão fotos do Sergio Bonelli, inclusive a última foto que ele tirou (ao menos se acredita que seja a última!), durante uma feira de quadradinhos na Itália, dias antes de morrer. O último evento Bonelliano de que participei na Gibicon, foi assistir a um documentário sobre o Sergio Bonelli. Esse documentário, com pouco mais de meia hora de duração, foi feito na Itália em 2010.

Fora os eventos relacionados às personagens Bonelli, dei uma rápida olhada pelos vários stands da Gibicon e comprei algumas revistas (Bonelli é claro!). Uma revista especial que comprei na Gibicon, foi o Zagor Gigante nº 1. Além de Zagor ser a minha personagem favorita de banda desenhada, esse Zagor Gigante nº 1 traz publicado em suas contracapas os nomes de cem leitores de Zagor, inclusive o meu nome. E aproveitei para pegar o autógrafo do Moreno Burattini nessa revista, pois foi ele que escreveu a história publicada nesse Zagor Gigante.

Além do argumentista italiano Moreno Burattini, também estiveram presentes na Gibicon, outros dois italianos que trabalham para a Editora Bonelli. Um deles eu já conhecia, pois esteve no Brasil nos dois últimos anos. Trata-se do simpático desenhador de Tex, Fabio Civitelli. E o outro italiano foi o Roberto Diso, que também é desenhador da Editora Bonelli, mas dedica-se mais à personagem Mister No. Foi uma experiência gratificante ter contacto com estes três simpáticos italianos, que trabalham na criação de personagens de quadradinhos que leio e acompanho há mais de trinta anos.

O ano passado também estive na Gibicon e este ano deu para perceber que o evento aumentou e ficou mais organizado. Mas tamanha organização acabou atrapalhando em alguns momentos! Um exemplo foi no sábado pela manhã, no Paço da Liberdade. As oficinas e palestras estavam marcadas para começar às 10 horas, mas antes desse horário não permitiam que ninguém entrasse no prédio. Somente após as 10 horas é que todos puderam entrar e formar filar para pegar convites para as quatro palestras e oficinas que aconteceriam no mesmo horário. O chato é que do lado de fora tivemos que formar fila sob um sol escaldante.

Outra pisada na bola da organização foi marcarem várias palestras no mesmo local e no mesmo horário. Isso fazia com que os participantes tivessem que escolher somente uma palestra, quando muitos queriam ver todas as palestras. O resultado foi que muitas palestras ficaram com pouco público. Se fizessem as palestras em horários diferentes, com certeza todas elas teriam um maior público presente.

E outra reclamação geral foi com relação às senhas para autógrafos. Teve um dia que distribuíram 30 senhas para determinados artistas e no dia seguinte somente 15 senhas. Isso fez com que muitas pessoas ficassem sem conseguir senhas e sem conseguir os autógrafos que queriam. E teve casos de pessoas que ficaram na fila das senhas para autógrafos e perderam a palestra que queriam assistir, pois tiveram que escolher entre pegar a senha do autógrafo ou assistir à palestra.

E teve também casos de palestras onde precisava enfrentar uma fila para pegar a senha. E na hora da palestra não tinha ninguém para recolher tais senhas na entrada do local da palestra. E teve uma palestra onde um monte de gente entrou sem senha e o segurança que estava na porta não falou nada. Daí quando fui entrar o segurança barrou-me e pediu-me a senha. Por sorte eu tinha a bendita senha! Só não entendi o critério do segurança em pedir senha para uns e não pedir para outros. Ou seja, o negócio todo foi meio confuso e espero que no próximo ano o pessoal da organização dê uma melhorada no evento, pois senão fica difícil para quem participa. E vou pensar duas vezes antes de viajar 500 km para ir novamente à Gibicon!

[1]Texto de Vander Dissenha apresentado no blogue do Vander Dissenha em 1 de Novembro de 2012.
Adaptação a cargo de José Carlos Francisco.
Copyright: © 2012, Vander Dissenha

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

4 Comentários

  1. Olá amigo Vander. Foi um prazer revê-lo em Curitiba, e obrigado pela companhia e informações detalhadas sobre a história da cidade.
    Excelente texto, parabéns pela sua narrativa.
    E realmente, esse caso das senhas foi um completo ABSURDO !!!!
    Também irei pensar 2 vezes (ou melhor 10 vezes !!!! ), antes de me deslocar à próxima GibiCon (se houver).
    Cinco pessoas (de várias outras) com quem conversei já garantiram que NÃO VOLTAM na próxima GibiCon (é o evento perdendo fãs e a cidade perdendo turistas – depois gastam dinheiro com campanhas para “aumentar” o turismo).

  2. Legal ver essa postagem aqui! Eu não sabia que ela apareceria no Blog do Tex. Mas gostei e o Zeca é autorizado a utilizar qualquer coisa publicada no meu Blog aqui no Blog do Tex.

    E hoje achei estranho uma postagem que o Burattini fez no Facebook, de uma foto da feira da Lucca Comics & Games 2012, e junto a foto está o link para esse artigo da Gibicon que publiquei no meu Blog. Acho que ele confundiu algo, mas tudo bem, está tendo bastante acessos ao Blog através desse link.

    E por falar em acessos, teve muita gente lendo esse artigo da Gibicon em meu Blog e vejo isso como uma forma de divulgar os quadrinhos Bonelli. Meu Blog está com a média mensal de 13 mil visualizações, então muita gente vai ver essa postagem por lá.

    E ainda nessa semana farei uma postagem sobre a mostra em homenagem ao Sergio Bonelli, com várias fotos. Depois informo aqui o link e etc.

    Abraço a todos,

    Vander

    P.S. – Segue o link do Facebook do Burattini que mencionei pouco acima: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=367460140008344&set=a.180858065335220.47541.170283783059315&type=1&theater

  3. Oi Ezequiel!!

    Realmente foi meio confuso a questão das senhas. Espero que melhorem tal sistema no futuro.

    E só vou na próxima Gibicon se tiver alguma atração Bonelliana de peso, senão não vale a pena me deslocar até Curitiba.

    E saiba que eu e o Nei passamos no seu hotel no sábado a noite, para saber se você e sua esposa estavam lá, pois estranhamos a ausência de vocês na apresentação do documentário sobre o Sergio Bonelli. O recepcionista falou que vocês estavam no quarto e daí fomos embora tranquilos.

    Abraço,

    Vander

  4. Mais uma vez, foi uma grande palhaçada (postei de novo no facebook, uma matéria da Gibicon 1) terem mudado a data inicial para o final de semana das eleições de 2º Turno, isto foi uma tremenda burrice da organização,e a própria Curitiba, teve 2º turno. Espero que em 2014 não coloquem no dia do Final da Copa do Mundo!!

    Espero estar com vocês numa próxima Vander, eu já tinha lido a sua postagem à época e estou relendo (contabilizando postagens), por conta de uma cruzada, que nós, Zagorian@s estamos fazendo, para elencar os melhores do ZAGOR em 2012 no Brasil, então, quem quiser participar é entrar no grupo no facebook (chegou, entrou) e votar na primeira enquete que segue neste linque: http://www.facebook.com/groups/264402798002/10151270140133003/
    Haverá outras categorias, como Zagor Extra e Zagor Especial, Melhor Roteirista, Desenhistas, Blogs e Sites (vocês estão incluídos nesta categoria a ser votada, boa sorte desde de já – todos em idioma português que fui encontrando elenquei), Edição fora de Série, MELHOR EVENTO de 2012 no BRASIL (sorry ZECA!) entre outras, que estarão no grupo para voto dos participantes do ZagorBR, é livre a entrada e a participação!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *