Clube Tex Portugal estabelece protocolo com o Hotel Cabecinho, de Anadia, a propósito da “2.ª Mostra do Clube Tex Portugal”

março 30, 2015

Clube Tex Portugal estabelece protocolo com

o Hotel Cabecinho, de Anadia, a propósito da

2.ª Mostra do Clube Tex Portugal

Anadia Cabecinho Hotel 3 ***

O Clube Tex Portugal e o Hotel Cabecinho, de Anadia, estabeleceram um protocolo que permite aos visitantes da 2.ª Mostra do Clube Tex Portugal, evento a realizar no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, nos dias 9 e 10 de Maio, beneficiarem de um preço promocional com os seguintes preços especiais:
•    Quarto Duplo : € 45,00
•    Quarto Single : € 37,50

2ª Mostra do Clube Tex Portugal - Anadia 2015 - Arte de Stefano Biglia

Quem desejar, durante o evento, alojar-se então no Hotel Cabecinho, de Anadia (localizado mesmo de frente para o Museu do Vinho Bairrada, local da exposição), ao abrigo deste protocolo, no acto da reserva deverá enviar um mail para geral@hotel-cabecinho.com com a menção “PROTOCOLO TEX” para poder beneficiar deste preço promocional.

Quem já efectou reserva no dito Hotel Cabecinho (e temos conhecimento de várias reservas já realizadas) deverá voltar a contactar a unidade hoteleira, igualmente através do mail geral@hotel-cabecinho.com,  informando que a reserva deve ser alterada ao abrigo do PROTOCOLO TEX, para poder usufruir destes preços especiais.

Anadia Cabecinho Hotel 3***

Situado numa das principais artérias da cidade de Anadia e a apenas 30 minutos de carro das cidades de Aveiro e Coimbra, o Anadia Hotel Cabecinho apresenta-se como uma óptima solução para lhe proporcionar uma estadia de qualidade, bem no coração da zona vinhateira e gastronómica da Bairrada.

Nas proximidades do Anadia Hotel Cabecinho, para além de poder visitar a 1ª Mostra do Clube Tex Portugal, a ter lugar no mui nobre Museu do Vinho Bairrada é também possível desfrutar de um contacto próximo com a Natureza. A uma escassa dezena de quilómetros, encontram-se as Termas de Luso, onde também se poderá deslumbrar com as verdejantes encostas da Mata do Buçaco, e a apenas 3kms do Anadia Hotel Cabecinho, as Termas da Curia também se apresentam como uma excelente forma de relaxar da agitação do dia-a-dia.

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

1

Vídeo: Entrevista com Edison Bertoncello, um dos maiores coleccionadores brasileiros do TEX

março 29, 2015

Vídeo: Entrevista com Edison Bertoncello,

um dos maiores coleccionadores brasileiros

do TEX

Vídeo Entrevista com Edisom Bertoncello, um dos maiores coleccionadores brasileiros do TEX

Em busca novidades, curiosidades e matérias interessantes para os seus leitores e espectadores do VT/TV, Rádioporteirasul.com e Portalchopinzinho.com foram à casa de Edison Bertoncello, um dos grandes coleccionadores da revista TEX do Brasil, paixão que vem desde 1979…

Edisom Bertoncello e o orgulho na sua colecção de Tex

Algumas paixões moldam o carácter das pessoas, segundo Edison a personagem Tex Willer passa para os seus leitores o senso de justiça, honestidade e muitos outros valores importantes para a humanidade que está tão desorientada e à beira de um caos moral, ético e a violência cada vez tornando-se ainda mais banal em nossos dias. Com a leitura assídua das revistas Tex o leitor molda um carácter diferenciado, aquele que os pais gostariam de ver em seus filhos, mas que a internet, a televisão e outros meios de comunicação tem deturpado e os valores hoje são outros.

Edisom Bertoncello e uma luxuosa edição a cores de Tex

Edisom também tem muitos exemplares de Chet, Zagor e Ken Parker, mas a sua verdadeira paixão mesmo são as revistas do Tex conforme se pode constatar na vídeo-entrevista que apresentamos de seguida:

(Para aproveitar a extensão completa das fotografias acima, clique nas mesmas)

0

Lançamento Mythos Editora: Tex 546 “O guerreiro imortal”

março 28, 2015

Lançamento Mythos Editora:

Tex #546 O guerreiro imortal

Por José Carlos Francisco e Mário João Marques

A partir de hoje o blogue português do Tex abre uma nova rúbrica devido ao inúmero pedido de muitos dos nossos habituais leitores, rúbrica essa intitulada “Lançamentos Mythos Editora” e como o próprio nome indicia, trará regularmente e com a devida antecipação, os principais lançamentos da prestigiada editora da fogueirinha como é carinhosamente chamada a Mythos Editora, divulgando não somente a capa do respectivo lançamento, mas também algumas informações mais e inclusive a primeira página da história para aguçar um pouco mais a vontade a todos os fãs e coleccionadores de Tex em adquirirem a devida publicação anunciada.

Tex #546 - O guerreiro imortal

E começamos com a apresentação do Tex #546, com lançamento previsto para 24 de Abril e cujo título é “O guerreiro imortal” (no original: Tex nº 646, “Il guerriero immortale”, de Agosto de 2014) e que contém a segunda e última parte da história “Fúria Comanche“, com roteiro de Pasquale Ruju e desenhos do argentino Ernesto Garcia Seijas.

Wasape é um terrível guerreiro comanche que semeia o caos e o terror junto de colonos e rancheiros. Capturado por Tex, Wasape é julgado e condenado à morte por enforcamento, mas contra toda a lógica consegue sobreviver e fugir. Wasape torna-se assim num guerreiro imortal aos olhos de muitos, sobretudo junto dos seus, acreditando que ele possa conduzir os comanches na senda da glória. No entanto, Tex acha que Wasape só conseguiu sobreviver ao enforcamento e fugir graças à ajuda de alguém e por isso rapidamente se dirige a Fort Worth para, juntamente com Carson, investigar o sucedido.


Para o bem ou para o mal muitos julgarão que os fins justificam os meios. Ruju parece acreditar nesta ideia e assina aqui uma aventura que é uma prova eloquente do maquiavelismo que muitas vezes domina a política e os jogos de poder. Fúria Comanche baseia-se num complot político maquiavélico e tem um enredo bem elaborado: possibilitar que um guerreiro comanche, sedento de ódio pelos brancos, sobreviva a um enforcamento e possa fugir, de modo a espalhar o caos e a violência e, desta forma, justificar um casus belli e um novo tratado político, o qual visará permitir aos brancos apoderarem-se das terras dos índios, confinando-os a meras reservas.

Por seu lado, Garcia Seijas parece ter cimentado o seu lugar na série, sendo esta a sua sexta aventura, mantendo um ritmo de publicação que apraz registar. O autor parece ter abandonado em definitivo a caracterização de um Tex muito sorridente. Quando do seu primeiro trabalho sublinhámos esse ponto que nos parecia de menor qualidade, já que a composição do ranger não se coadunava com a imagem mais dura, incisiva e cínica do ranger bonelliano. Aquele Tex assemelhava-se muito aos cowboys dos velhos seriados clássicos americanos, onde os heróis adoptavam sempre uma postura mais romântica. Seijas vai definindo e aperfeiçoando o seu Tex, compreendendo da melhor forma os genes do herói, desenhando-o mais de acordo com as características que lhe deram fama.


(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

3