A FILATELIA E A BD

A FILATELIA E A BD

Por Luiz Beira[1]

Tudo é Cultura e é saber!… Tudo é a força registadora da Humanidade, começando pelas diversas Artes (as convencionadas oficiais, onde se inclui a Banda Desenhada), mas também as adjacentes bem chegadas, como o Artesanato, a Culinária, o Coleccionismo, a Numismática, etc. Só os mais diversos políticos nada entendem e nada sentem pela Cultura, salvo raríssimas excepções… E não nos esqueçamos, jamais, que Pátria sem Cultura é nação sem alma…

Pois pela Filatelia, a Banda Desenhada tem sido bem lembrada. Duas artes (a primeira pela força do coleccionismo) que se associam e se honram!

Pelo mundo da BD, sabemos que o nosso mestre desenhista Artur Correia, é um apaixonado por tamanha “doidice”. E o nosso amigo romeno, Dodo Nitá, o organizador dos salões-BD anuais na Roménia, é também um entusiasta filatelista, mas versando selos com a temática da Banda Desenhada.

Hoje e aqui, com pouco texto e mais ilustrações (as possíveis), registamos vários exemplos da BD na Filatelia por esse mundo fora…

É pois um positivismo que envolve quase todos os países, sobretudo no esquema “Walt Disney”… Topa-se, não se topa?

Em Portugal, pelos nossos correios, surgiram três séries: em 2000, foi editada a série “Snoopy”; em 2001, a série “100 Anos do Nascimento de Walt Disney” e, em 2004, “Heróis Portugueses de Banda Desenhada” e, nestes selos, se salientam as artes de Fernando Relvas, Luís Louro, Vítor Péon e Arlindo Fagundes, mas estamos em crer que estes parcos exemplos não foram os únicos…


Deixamo-vos com a sedução deste tema. Cá por mim, bem gostaria de ter mergulhado nesta “paixão”, como Artur Correia ou Dodo Nitá, mas… os anos decorreram e já se faz tarde. Lugar aos novos entusiastas, portanto!

[1] (Texto publicado originalmente no Blogue “BDBD – Blogue De Banda Desenhada, em 07 de Setembro de 2013)

(Para aproveitar a extensão completa das imagens acima, clique nas mesmas)

5 Comentários

  1. Aplaudo a ideia de reproduzir no Tex Willer Blog este excelente artigo do Luiz Beira, que eu já tinha apreciado no BDBD. A Filatelia e a BD é um tema apaixonante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *