Vídeo: Mauro Boselli, entre vários assuntos interessantes, conta como será o ENCONTRO ENTRE TEX e ZAGOR

Hoje no Tex Willer Blog vamos dar a conhecer aos nossos leitores uma recentíssima vídeo-entrevista concedida por Mauro Boselli ao canal Lucadeejay Storie dell’Altra Vita, entrevista essa onde entre muitas outras coisas importantes e interessantes, aborda como será o encontro de Tex com Zagor, encontro esse que ocorrerá no Speciale Tex Willer nº 3, a publicar em Dezembro deste ano, mas a entrevista é tão riquíssima que Mauro Boselli fala também dos 80 anos da Sergio Bonelli Editore.

Mas Boselli também fala da sua juventude ao lado de Giorgio Bonelli primeiro, e depois de Gianluigi Bonelli, primeiro como amigo, depois como seu “auxiliar”. Uma entrevista onde o editor e curador de Tex revela também o futuro da jovem colecção Tex Willer e, como dissemos no parágrafo anterior, o encontro por excelência, temido, mas muitas vezes desejado, pelo próprio Sergio Bonelli (mas que nunca aconteceu) entre um Tex muito jovem e um Zagor maduro… uma entrevista verdadeiramente IMPERDÍVEL, como se pode assistir de seguida:

5 Comentários

  1. Zeca, amigo, Georgio Bonelli nunca participar das ações da editora?
    Ele entende de quadrinhos? Qual a idade dele?
    Encontro Zagor e Tex?
    Não acho legal.

    • Olá, pard Antônio Marcos Matias,
      Giorgio Bonelli, quando jovem trabalhou na editora (1984) sendo um dos responsáveis, a par de Mauro Boselli e Ferruccio Alessandri dos desenhos (semi)animados de “Tex & Company” (versão televisiva dos quadradinhos Bonelli) e inclusive a primeira história de Tex com a participação de Mauro Boselli nasceu de um argumento idealizado pelo Boselli junto com o Giorgio Bonelli… mas ainda jovem seguiu outro caminho, embora continue sendo, obviamente, um dos proprietários da editora Bonelli… ele que actualmente tem 67 anos, tendo nascido a 29 de Setembro de 1953.

  2. Pard José Carlos, excelente entrevista com Mauro Boselli; Boselli explicou muito bem que mesmo havendo uma diferença de muitas décadas entre o mundo de Tex e Zagor, pode-se nas histórias em quadrinhos se permitir não se seguir perfeitamente detalhes referentes a datas, afinal na série de Zagor tem uma história com um pirata francês que morreu em 1823 e outras histórias na década de 1830 e Zagor tem sempre a mesma idade, pois suas histórias são mais fantásticas e não se prendem a questões fixas de datas.
    E Boselli também sempre bem humorado explicou que não poderia fazer uma história do encontro de Tex e Zagor, tendo Zagor como um idoso se seguisse rigorosamente as muitas décadas que separam os dois personagens e, e sim um Tex jovem encontrando um Zagor com aproximadamente 45 anos.
    Quanto a série Tex Willer, Boselli segue uma sequencia cronológica que não existe no Tex tradicional. mas isto não importa pois são duas propostas diferentes sobre o mesmo personagem, mantendo as principais características do mesmo; eu pessoalmente gosto das duas séries e coleciono as duas.

  3. Esse encontro Tex-Zagor até pode ser legal. Porém, para mim não acrescenta nada e soa meio “Marvel” ou DC, a adoção de uma característica que reputo como ruim dos quadrinhos americanos. Aliás, vejo com dó essa tendência na Bonelli: crossover com DC, reboot ou “realidade alternativa” do Mister No e por aí afora. Qualquer dia, precisaremos de uma enciclopédia para entender os antes tão diretos e simples quadrinhos Bonelli Aliás, a fixação de uma cronologia e de um “universo” em Tex pelo Boselli também é ruim a longo prazo: torna a compreensão das histórias mais complexa, hermética e a faz cada vez mais voltada a iniciados.

  4. Pard Juruna, realmente a cronologia que Boselli coloca na série Tex Willer pode confundir um pouco; eu sempre cito como exemplo que na série Tex tradicional Kit Willer aparece já um jovem adulto em histórias com o chefe apache Cochise que morreu em 1874, deste modo Kit Willer deveria ter nascido por volta de 1850 não podendo ser usada as datas da série Tex Willer que coloca Tex tendo nascido em 1838.
    Ao não colocar uma data de nascimento para Tex o seu criador Bonelli teve mais liberdade para fazer histórias com vários personagens reais e fatos reais independente de datas mantendo Tex e seus pards sempre com a mesma idade.

Responder a Teodoro Pereira Barros Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.