Tex Willer e Fabio Civitelli em destaque no BDJornal nº 20 de Agosto/Setembro de 2007

Capa BDJornal nº 20A revista “BD Jornal“, que como o próprio nome já indicia, é uma publicação (portuguesa) sobre banda desenhada, com periodicidade bimestral, com direcção de Jorge Machado-Dias e propriedade de Pedranocharco Publicações e cuja leitura o blogue do Tex, aconselha vivamente, dá na sua edição nº 20, que acabou de ser editada, um grande destaque (um total de seis páginas – que vos mostramos em estreia, embora em tamanho reduzido, um pouco abaixo, embora podendo ser ampliadas mais um pouco clicando nas imagens – devido às entrevistas com Fabio Civitelli e com Carlos Rico – principal responsável da organização do MOURABD2007) à personagem dos fumetti, Tex Willer e a um dos seus mais consagrados desenhadores: Fabio Civitelli.

Por isso, prezado Amigo Texiano não deixe de comprar esta edição do BDJornal, uma vez que se pode considerar um verdadeiro item de coleccionador de Tex! Para o adquirir ou para proceder à assinatura, recomendamos o contacto via e-mail (bdjornal@gmail.com) com o editor Jorge Machado-Dias.

O BDjornal surge agora em novo formato (275 x 205 mm) e com mais páginas (76) e em impressão digital – capa em cartolina de 200 grs. plastificada brilhante e com papel do miolo de 115 grs. – agora com tiragem limitada e distribuição centrada nas lojas da especialidade, apostando decididamente em reforçar o número dos assinantes.

O preço de capa é de € 6,00 e a assinatura por 1 ano (6 números) é de € 30,00.

Para saberem todo o conteúdo, eis o editorial da edição, assim como o Sumário:

EDITORIAL:
Interior 1 do BDJornal Nº  20Sai mais tarde que o costume, esta edição do BDjornal. A causa: as férias de Agosto, que desta vez nos afectaram mais que nos dois anos anteriores, parecendo que todos os nossos colaboradores decidiram gozá-las nesse mês. E também a invasão da gráfica com 5 livros para lançar no festival da Amadora. Não é grave, mas aqui ficam as nossas desculpas aos leitores.

E sai também um pouco mais gordo este jornal. Com mais quatro páginas do que a edição anterior. Isto porque matérias sobre o Salão Internacional de Banda Desenhada de Moura, sobre o programa de televisão VerBD, a evocação de Uma Balada do Mar Salgado, de Hugo Pratt, no seu quadragésimo aniversário, e outros textos a propósito da censura na banda desenhada, nos ocuparam mais espaço.

Interior 2 do BDJornal Nº  20O Salão MouraBD 2007 não foi tratado na edição anterior por não termos lá estado e porque quisemos dar destaque à entrevista com Carlos Rico nas primeiras páginas. Para compreendermos os Salões e Festivais de BD que se vão fazendo, é necessário conhecer os projectos, as opiniões e as perspectivas dos seus principais organizadores, foi o que fizemos já com Nelson Dona (Amadora), Paulo Monteiro (Beja) e agora com Carlos Rico (Moura). O próximo entrevistado será o director do GICAV, que organiza o Salão de Viseu – ver página 60 desta edição. Este Salão encontra-se próximo da morte, já no grave estado de fase terminal por absoluta falta de verbas e onde as encontrar.

Quanto ao programa VerBD, se não chegou a ser uma lufada de ar fresco na televisão portuguesa (o canal 2 da RTP não é propriamente um canal de massas), foi pelo menos uma boa iniciativa que, durante cinco domingos reuniu frente ao pequeno ecrã a maioria dos bedéfilos deste país. O que, convenhamos, rarissimamente se consegue sem ser no Festival da Amadora.

Assim, o texto que Geraldes Lino publicou no seu blogue (http://divulgandobd.blogspot.com), os excertos da discussão que se seguiu e a entrevista com Pedro Vieira Moura e Paulo Seabra, dá-nos uma perspectiva das opiniões que gerou – faltando apenas a discussão no Fórum da Central Comics, que foi importante, porque mais participada – e uma visão da importância que teve esta iniciativa.

Nem toda a gente, actualmente e sobretudo as gerações mais novas, se apercebem da importância que Una Ballata del Mare Salato (desculpem usar o título do original italiano, mas parece-nos mais poético e musical que o de todas as traduções existentes) teve na banda desenhada europeia e não só. Digamos apenas que foi o marco da passagem da banda desenhada do estado juvenil para o adulto. Foi a história, e também o conceito, dado o seu enredo e extensão, que fez começar a pensar a BD como literatura. Marcou uma mudança de estatuto, que ainda hoje provoca discussões acesas acerca do que é, ou deve ser, a banda desenhada.

Interior 3 do BDJornal Nº  20Depois falamos de CENSURA. Não só aquela que se subentende dos protestos (e exigências de castigos, ou até condenações à morte, etc…) dos muçulmanos contra caricaturas de Maomé, ou o que consideram atentados à sua religião, como toda aquela que é efectivada pelos Estados, com proibição de revistas, retirada das mesmas do mercado, prisão de autores por atentados à “moral pública”, etc… Os Estados, ou melhor, os governos – sejam ditaduras, ou ditas democracias – insistem em controlar questões do foro privado ou da expressão e discussão das ideias, em vez de se dedicarem apenas à administração da “coisa pública”, que deveria ser o seu objectivo.

Chamamos a atenção para a ERRATA, na página 60, onde se emenda um corte acidental havido na publicação do texto de David Soares, A Ilusória Invisibilidade, na edição anterior do BDj, o qual lamentamos.

Também a publicação da BD Monótonos Monólogos de um Vagabundo, de Hugo Teixeira, foi desta vez encurtada para 3 páginas, devido à falta de espaço manifesta da presente edição.

E muito mais matéria desta edição havia aqui a referir. Mas deixámos os destaques de maior importância e convidamos agora o leitor à leitura.

SUMÁRIO:
4. ENTREVISTA COM CARLOS RICO, J.Machado-Dias
8. ENTREVISTA COM CIVITELLI, José Carlos Francisco
10. VerBD – UM PROGRAMA DA RTP2, Geraldes Lino
14. ENTREVISTA COM PEDRO MOURA E PAULO SEABRA, Nuno Franco
17. TRÊS CASOS DE POLÍCIA, José Carlos Fernandes
18. A CENSURA VOLTA A ATACAR, Clara Botelho
19. NOVAS CARICATURAS DE MAOMÉ, J.Machado-Dias
20. DICIONÁRIO UNIVERSAL DE BD, Leonardo De Sá
22. OS 40 ANOS DE CORTO MALTESE
24. NOS 40 ANOS D’A BALADA DO MAR SALGADO, João Miguel Lameiras
27. VIÑETAS SOBRE O ATLANTICO, Clara Botelho
28. A SEMANA NEGRA DE GUIJÓN, Sara Figueiredo Costa
29. BD – SEXO, MENTIRAS E FOTOCÓPIAS, Álvaro
31. BD – BRK, Filipe Pina (arg.) e Filipe Andrade (des.)
42. BD – VINGADOR NOCTURNO, Álvaro
46. BD – ZOMBIE MALL
51. MONÓTONOS MONÓLOGOS…, Hugo Teixeira
54. BABINSKY, Pedro Vieira Moura
55. CRÍTICAS e SELOS & QUADRADINHOS, Pedro Cleto
56. BREVES, Clara Botelho
60. ERRATA e XV SALÃO DE VISEU, J.Machado-Dias
61. UM ANO DE BDESENHADA.COM, Nuno Pereira de Sousa
66. COMIC-CON DE SAN DIEGO: EM GRANDE, Clara Botelho
70. JAPON EXPO e MANGÁ, Clara Botelho
72. ANIMAÇÕES DE VERÃO, Luís Salvado
74. NAJI AL-ALI, O HUMOR PELA PAZ, Osvaldo Macedo de Sousa

COLABORAÇÕES – Clara Botelho, Dâmaso Afonso, Geraldes Lino, Gianni Petino, João Miguel Lameiras, José Carlos Fernandes, José Carlos Francisco, Júlio Schneider, Leonardo De Sá, Luís Salvado, Manuel Vaz (NonoImpério), Mário João Marques, Nuno Franco, Nuno Pereira de Sousa, Osvaldo Macedo de Sousa, Pedro Cleto, Pedro Vieira Moura, Sara Figueiredo Costa.

E ATENÇÃO: O BDjornal #20 só vai estar, para já em alguns pontos de venda, uma vez que estará em força no Festival da Amadora, com Campanha de Assinaturas, que poderá ser acompanhada durante a semana, em  http://kuentro.weblog.com.pt/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.